conecte-se conosco


São Mateus

Petrocity apresenta ferrovia para lideranças de Minas Gerais

Publicado

em

SÃO MATEUS (ES) – Mais de 400 pessoas estão sendo esperadas no seminário que a Petrocity Portos S.A. apresentará nesta terça-feira (16 de abril), em Governador Valadares, para apresentar tanto o projeto do Centro Portuário de São Mateus, a ser construído em Urussuquara, quanto a nova Estrada de Ferro Minas –Espírito Santo, que ligará Sete Lagoas (MG), ao Norte de Belo Horizonte, ao novo porto, o único da região Sudeste dentro da área de incentivos da Sudene. O evento será realizado às 18 horas, no Parque de Exposições da cidade mineira, no portão 14.

Há duas semanas, o presidente da Petrocity Portos, José Roberto Barbosa da Silva, foi a Brasília protocolar, junto ao Ministério da Infraestrutura, o pedido de concessão da nova ferrovia, em traçado a ser definido pela companhia, oferecendo uma nova opção de logística para escoamento da produção da região Central do País, bem como para a interiorização de produtos de importação.

“Pedimos a concessão enquanto aguardamos o Congresso votar a PEC do senador José Serra estabelecendo novo regime no setor ferroviário. Se a PEC passar, empreendedores interessados em construir ferrovias precisarão apenas de uma autorização. Isso significa que a ferrovia autorizada será de propriedade privada e não do Governo. É nisso também que estamos apostando, mas temos que nos antecipar no regime atual e por isso solicitamos a concessão”, disse José Roberto.

A iniciativa de apresentar os dois projetos em Governador Valadares, com o apoio da prefeitura municipal, decorrer do grande interesse que passou a ser demonstrado pelas lideranças mineiras desde que uma representação de cerca de 30 líderes, entre deputados estaduais, federais, prefeitos, vereadores e empresários, participou da solenidade de assinatura de contratos para construção do porto, em janeiro, no Palácio Anchieta – sede do Executivo do Espírito Santo.

Na ocasião, o governador Renato Casagrande (PSB) também assinou um documento de entendimento com a Petrocity e manifestou seu apoio ao projeto, ressaltando sua vantagem competitiva e sua importância para o desenvolvimento não apenas do Norte-Noroeste capixaba, mas também com forte impacto sobre o Sul da Bahia e Leste de Minas Gerais.

“O projeto do Centro Portuário de São Mateus foi desenvolvido dentro de conceitos inteligentes de movimentação, integração e transbordo de cargas, objetivando redução de custos, segurança e dinâmica no transporte de cargas. A Estrada de Ferro Minas-Espírito Santo será uma ferrovia moderna, com um traçado alternativo que interligará Sete Lagoas a São Mateus. Essa plataforma logística, que unes os dois projetos com unidades de transbordo (UTACs) ao longo do trecho, garantirá a integração dos modais rodoviário e ferroviário de transporte, com o transbordo marítimo, de curto e longo percurso”, disse José Roberto.

O início da construção do porto, segundo o CEO da Petrocity, depende apenas da finalização do processo de licenciamento ambiental, que tramita no Instituto de Meio  Ambiente do Espírito Santo (IEMA). “Esta semana terminamos de entregar todas as informações complementares solicitadas pelo IEMA. Agora, não há mais nenhuma pendência de informação e aguardamos, ansiosos, a licença ambiental para que também seja expedida a licença de instalação”, disse José Roberto.

O assunto Petrocity, de acordo com Barbosa, tem monopolizado a região, como tem sido demonstrado pelos prefeitos e lideranças empresariais não apenas de São Mateus, mas também dos arredores. Na região Noroeste, a expectativa é, não apenas pelo porto, mas também pela ferrovia, para escoamento da produção de granito (o Espírito Santo hoje responde com mais de 50% da produção nacional de rochas ornamentais).

Nesta quinta-feira (11), José Roberto foi o ministrante de uma aula especial para alunos de todos os cursos de Engenharia do Centro Universitário do Norte do Espírito Santo (Ceunes), vinculado à Universidade Federal do Espírito Santo e sediado em São Mateus.


(*Série de reportagens produzidas pelo jornalista José Caldas da Costa sobre os impactos dos projetos da Petrocity na economia do Norte e Noroeste do Espírito Santo)

Comentários do Facebook
Leia mais:  Semana começa com mais de 800 vagas de emprego no ES
publicidade

São Mateus

Motociclista arremessado em canteiro após colisão com ônibus deve ser indenizado em São Mateus

Publicado

em

Além de ser atingido pelo transporte, o autor teve sua motocicleta totalmente danificada.

SÃO MATEUS (ES) – Uma empresa de transportes e um segundo requerido foram condenados a indenizar, a título de dano material, um motoqueiro que alegou ter sido atingido por um ônibus da 1° requerida. Segundo os autos, o transporte rodoviário teria passado à frente do autor, sendo ele arremessado para um canteiro e sua moto para debaixo das rodas do ônibus. A ação foi julgada pelo 1° Juizado Especial Cível, Criminal e da Fazenda Pública do município de São Mateus.

Após a colisão, o autor narra que seu veículo ficou totalmente danificado e, por isso, ingressou com a ação no intuito de ser indenizado por dano material e moral.

A primeira ré do processo, empresa de transportes, argumenta que o requerente não apresentou prova de que o ônibus teria causado o acidente, devendo sua pretensão ser julgada como improcedente. Não houve contestação do segundo réu.

Na decisão, o juiz entendeu que as partes requeridas do processo devem indenizar o autor em R$7.990,00, por dano material. Quanto ao dano moral pleiteado, o magistrado observou que o pedido não é procedente. “Compulsando detalhadamente este caderno processual, verifico que não restou comprovado qualquer prejuízo de cunho moral suportado pelo autor. De fato, eventuais dissabores fazem parte de percalço da vida comum, ou seja, mero dissabor suscetível de ocorrer nas relações humanas e contratuais no seu dia a dia”, concluiu, dando parcial provimento aos pedidos propostos pelo requerente. Processo nº 0001586-39.2017.8.08.0047

Comentários do Facebook
Leia mais:  Depois de quase duas horas fechada, bombeiros liberam acesso à Terceira Ponte
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Economia42 minutos atrás

Airbnb agora aluga castelos medievais, ilhas paradisíacas e vilas inteiras

Divulgação/Airbnb Chateau d’Estoublon, Fontvieille, França: disponível no Airbnb Luxe, castelo tem dez quartos e acomoda até 20 hóspedes O Airbnb...

Economia42 minutos atrás

Taxa de conveniência: Conveniência para quem?

Bradley Pjohnson/Creative Commons Cobrança de taxa de conveniência pela compra de ingressos pela internet rendeu disputa jurídica Taxa de conveniência,...

Nacional2 horas atrás

Alexandre de Moraes revoga autorização que senador preso passe férias no Caribe

Rosinei Coutinho/SCO/STF Ministro pediu que CNJ analise conduta do procurador e do juiz que atuaram no caso O Supremo Tribunal...

Nacional2 horas atrás

Projeto que dificulta aborto é criticado e Fernando Holiday já admite mudanças

Fábio Rodrigues Pozzebom/ABr Projeto de Fernando Holiday coloca obstáculos para a realização do aborto legal em São Paulo O vereador...

Nacional2 horas atrás

Céu nublado predomina ao longo do dia nesta quinta, em São Paulo

shutterstock Previsão do tempo para São Paulo indica tempo nublado ao longo do dia As temperaturas continuam amenas nesta quinta (27),...

Entretenimento2 horas atrás

Determinado a dar o golpe, Régis pede Maria em casamento em “A Dona do Pedaço”

Régis (Reinaldo Gianecchini) está cada vez mais perto de alcançar o objetivo de seu golpe em “A Dona do Pedaço”....

Entretenimento2 horas atrás

Além de Paulinho Vilhena, relembre famosos que foram censurados pelo Instagram

Em tempos sombrios do Instagram, Paulinho Vilhena decidiu desafiar a rede social ao publicar um vídeo totalmente nu. Transmitindo um...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana