conecte-se conosco


Meio Ambiente

BPMA realiza palestra e exposição de Animais Taxidermizados na zona rural de São Mateus

Publicado

em

Nesta sexta (24) e sábado (25), a equipe de Educação Ambiental da Terceira Companhia do Batalhão de Polícia Militar Ambiental realizou palestras e exposição de animais taxidermizados na Escola Municipal Córrego do Milanez, Comunidade do Quilômetro 28 da Rodovia São Mateus – Nova Venécia, Zona Rural do município de São Mateus, para discentes do 6º ao 9º anos.

Durante os trabalhos, foram expostos 16 animais taxidermizados da fauna silvestre brasileira típicos daquela região para 200 discentes, assim como lhes foi explicitado suas funções e a importância de cada um deles para a qualidade de vida dos seres humanos.

Paralelamente, foi realizada palestra de educação ambiental, em que foram exibidos exemplos dos crimes ambientais mais comuns e os prejuízos correlacionados aos mesmos. Foi exemplificado, ainda, que o crime ambiental, diferente de muitos crimes comuns, influenciam negativamente na vida de todos, inclusive na dos que ainda irão nascer.

O comandante da Terceira Companhia de Polícia Ambiental, capitão Fabrício Pereira Rocha, explica que esse tipo de ação, particularmente na zona rural, onde os moradores se deparam com animais silvestres no seu dia a dia, são de extrema importância, pois, gera conhecimento que será aplicado na prevenção de possíveis crimes ambientais.

No norte do Espírito Santo, a 3ª Companhia do Batalhão de Policia Militar Ambiental está aberta às solicitações de agendamento para ONG´s, Projetos Sociais e Instituições de Ensino, durante todo o decorrer do ano, para realização de palestras e exposições de educação ambiental, que devem ser solicitadas através do correio eletrônico [email protected] ou pelo telefone (27) 3767-7611.

Denuncias de crimes ambientais devem ser feitas através do Disque Denuncia, no telefone: 181 ou www.disquedenuncia181.es.gov.br.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Drones são usados em fiscalização e licenciamento ambiental no ES
publicidade

Meio Ambiente

Gincana retira mais de 215 mil tampinhas plásticas do meio ambiente

Publicado

em

A ação é realizada desde 2017 pelo Sindiplast-ES com o objetivo de estimular a consciência ambiental entre estudantes da rede Sesi-Senai

Mais de 1,5 toneladas de tampinhas plásticas foram recolhidas do meio ambiente durante a gincana Tampinha Legal, promovida pelo Sindicato da Indústria de Material Plástico do Estado do Espírito Santo (Sindiplast-ES), em parceria com a Findes e a rede escolar Sesi-Senai. A quantidade equivale a 215.555 unidades do produto. As tampinhas serão negociadas com uma empresa de reciclagem e o valor doado para o Instituto Goiamum, que atua na recuperação e preservação do meio ambiente, além de difundir a educação ambiental com a sociedade.  

Os vencedores da competição foram o Centro de Educação Básica e Profissional Henrique Meyerfreund, do Sesi Civit, que arrecadou 227,8 kg do material, e o Centro de Educação Profissional Helcio Rezende Dias, o Senai Araçás, que recolheu 116.820 kg. Eles foram anunciados no dia 28 de outubro, na solenidade de abertura da 12ª Semana do Plástico, na Findes.

O Tampinha Legal é o maior programa socioambiental de caráter educativo do segmento do plástico da América Latina. Foi lançado nacionalmente em 2016, e trazido para o Estado pelo Sindiplast-ES como gincana, em 2017. Em três anos, já foram recolhidas mais de 4 milhões de tampinhas pelos participantes da competição. A iniciativa deu tão certo, que já faz parte das ações pedagógicas das unidades da rede de ensino Sesi-Senai, com a coleta de tampinhas sendo realizada durante todo o ano pelos alunos.

“Cada turma ficou responsável por coletar as tampinhas e divulgar para a comunidade escolar a importância do projeto que vai além da reciclagem. A competição saudável entre os estudantes contribui de maneira significativa para a conscientização de que o plástico não é um inimigo da sociedade, e que seu uso consciente e sua reutilização fazem toda diferença para a sociedade”, destaca o diretor do Centro de Educação Profissional Helcio Rezende Dias, o Senai Araçás, Gilberto Menezes.

A gerente regional responsável pelo Sesi Civit, Poline Fernandes Fialho, ressalta que os alunos contaram com o apoio da comunidade do entorno. “Eles se organizaram por conta própria e distribuíram informações no comércio da região para fazerem a coleta das tampinhas”, comenta.

Tampinhas recolhidas formam montanha plástica na Escola Senai do Plástico

O produto arrecadado durante a gincana Tampinha Legal está concentrado na Escola Senai do Plástico. Quem passa pelo local, já observa a montanha de plásticos que se formou e que agora será novamente matéria-prima para a indústria do setor após a reciclagem.

O presidente do Sindiplast-ES, Jackley Maifredo, destaca que no Espírito Santo, as indústrias de Transformados Plásticos que praticam a economia circular são capazes de retirar toneladas de resíduos plásticos por ano do meio ambiente, reinserindo o material na cadeia produtiva em forma de novos produtos.

“O incentivo à prática da economia circular e o consumo consciente são pautas defendidas e trabalhadas pelo Sindiplast-ES no Espírito Santo. Acreditamos que o caminho para o desenvolvimento sustentável não está imagem do plástico como vilão, mas sim na educação ambiental e no incentivo à indústria de reciclagem”, afirma.

Jackley Maifredo acrescenta que a parceria do Sindiplast-ES com o Instituto Goiamum, por meio da doação do valor arrecadado com a venda das tampinhas recolhidas na gincana, visa impulsionar o trabalho da Organização Não Governamental (ONG) nos processos de educação ambiental e de gestão de recursos naturais. 

Segundo o fundador e ambientalista do Instituto Goiamum, Iberê Sassi, a organização foi a primeira ONG do Estado a defender a questão do descarte correto do plástico. “Vamos continuar trabalhando na questão da limpeza dos mares, mas também promover ações de educação ambiental para que o plástico seja destinado aos locais corretos”, finaliza.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Captura e comercialização de caranguejo estão proibidos em todo ES
Continue lendo
Estadual37 minutos atrás

Coordenadoria do TJES participa de Caminhada pelo Fim da Violência contra as Mulheres

A ação aconteceu no último domingo (08/12), na praia de Camburi. Cidadãos de Vitória vestiram laranja e foram para a...

Estadual37 minutos atrás

Tribunal de Justiça do Espírito Santo assina termo de adesão ao pacto nacional da primeira infância

O evento aconteceu em São Paulo e contou com palestra sobre justiça restaurativa apresentada pela Coordenadora das Varas da Infância...

Estadual37 minutos atrás

Presidente do TJES inaugura nesta terça nova sede da 2ª Vara da Infância e da Juventude de Serra

Nova sede da 2ª Vara da Infância e da Juventude será ao lado do Fórum Cível de Serra. O presidente...

Estadual37 minutos atrás

Convênio para reforma do complexo do Fórum de Vitória é assinado pelo TJES e Governo do Estado

Assinatura aconteceu nesta segunda-feira (09), no Gabinete da Presidência do Tribunal de Justiça. A iniciativa vai otimizar a prestação jurisdicional...

Estadual37 minutos atrás

Desembargador Ronaldo Gonçalves de Sousa assume dia 12 a Presidência do TJES

Também tomam posse o vice-presidente do TJES, além do novo corregedor-geral da Justiça e o novo vice-corregedor. O Presidente do...

Esportes37 minutos atrás

Flamengo domina premiação do Campeonato Brasileiro

No final da noite desta segunda (9), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) promoveu, na região portuária do Rio de...

Estadual1 hora atrás

Mulher é encontrada morta em frente a boate após baile funk em Vila Velha

O corpo de Amanda França de Almeida, 24, foi localizado na manhã de domingo (08), na areia da Praia de...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana