Connect with us

Variedades

No date, no namoro e no casamento, preservativo garante sexo seguro

Published

on

Reprodução: Internet

Muitas vezes, ao levar uma relação amorosa ou sexual a outro nível, no qual existem acordos de exclusividade e confiança mútua, os parceiros costumam abrir mão do uso do preservativo e investir em outros métodos contraceptivos quando não há o desejo de ter filhos.

LEIA MAIS: Médicos reforçam importância de fazer mamografia após os 40 anos de idade

No entanto, a camisinha, apesar de ser um dos métodos mais eficazes na contracepção, é também uma importante aliada no que diz respeito à prevenção de infecções sexualmente transmissíveis (ISTs).

A maioria dos especialistas em saúde e o Ministério da Saúde reforçam a importância da camisinha. Quando há o desejo de ter filhos, existem alguns exames recomendados para garantir a saúde do casal — chamados de pré-nupciais.

LEIA MAIS: Homem se revolta ao encontrar mensagens ‘inadequadas’ do chefe no celular da esposa

Em um mundo moderno e com diferentes tipos de relacionamento, os profissionais da saúde buscam uma abordagem mais realista ao entender que não são apenas os casais que tentam a gravidez que abandonam o preservativo. Eles recomendam que os chamados pré-nupciais sejam feitos não somente antes do casamento, mas em todo tipo de relação.

É importante reafirmar e ressaltar que não existe uma recomendação da saúde em substituir o preservativo pelos exames que podem detectar ISTs, mas quando o indivíduo já optou por abandonar a camisinha, é extremamente importante que faça um checape.

“Fazer esses exames antes de manter relações sem preservativo é importante, principalmente para evitar o contato com infecções sexualmente transmissíveis, que podem ser assintomáticas. Sabemos que não é somente após um casamento tradicional que as pessoas deixam de usar o preservativo”, diz a ginecologista, ultrassonografista e especialista em saúde da mulher Ana Glauce Carvalho, do Exame Medicina Diagnóstica/Dasa.

A médica explica ainda que, mesmo quando se mantém o uso do preservativo, não se deve descuidar da saúde sexual, uma vez que a camisinha pode estourar e falhar. “O ideal é que os exames sejam feitos uma vez por ano. Se alterados, existe uma indicação específica para cada caso. A pessoa deverá seguir a orientação do médico responsável”, completa.

EXAMES PRÉ-NUPCIAIS

– Como muitas pessoas podem ser portadoras da infecção, mesmo sem manifestar as doenças, a investigação é importante para garantir a saúde.

– Os principais exames incluídos nos pacotes chamados de pré-nupciais por alguns laboratórios são exames de sangue para a detecção da sorologia de ISTs, entre elas, o HIV e a sífilis.

– Outras infecções que fazem parte dessa investigação são a herpes simples, tipo I e tipo II, a labial e a genital. No caso da herpes, por exemplo, a transmissão pode ocorrer com contato físico que não seja necessariamente uma relação sexual.

– As hepatites B e C também estão no pacote. Vale lembrar que, para a primeira, existe vacina disponível no Sistema Único de Saúde.

– Infecções pelos vírus do HPV e HTLV, chamado também de vírus linfotrópico da célula humana, da mesma família do HIV e com efeito semelhante no organismo, são detectadas por meio dos exames de sangue.

– Exames de urina, responsáveis por identificar bactérias, fungos e parasitas, são importantes para evitar doenças que também podem ser transmitidas por meio do contato sexual. A tricomoníase, por exemplo, é uma IST causada por um protozoário.

ANTES DE ENGRAVIDAR

– Quando o abandono da camisinha é motivado pelo desejo de engravidar, outros exames também são recomendados, para garantir a saúde fértil do casal.

– O mais comum para os homens é o espermograma, que avalia a quantidade, a força, a mobilidade e a forma dos espermatozoides. Uma avaliação urológica completa, para verificar alterações no órgão sexual masculino, também pode ajudar a verificar a fertilidade.

– No caso das mulheres, além do tradicional papanicolau, exame citológico capaz de identificar infecções vaginais, infecções sexualmente transmissíveis, bem como alterações que podem indicar a presença de câncer, a ginecologista Ana Glauce Carvalho recomenda a colposcopia, exame ginecológico que avalia a vulva, a vagina e o colo do útero de forma mais detalhada. Ele pode indicar sinais de inflamação, câncer e HPV.

– Para avaliar a fertilidade, exames como a ultrassonografia pélvica abdominal também podem ser recomendados.

– Na mulher, por meio desse exame de imagem, é possível avaliar os órgãos do sistema reprodutor feminino e doenças que podem interferir na fertilidade da mulher, como é o caso da endometriose — doença crônica que pode acometer os ovários, a bexiga e também o intestino.

– Nos homens, a ultrassonografia pélvica abdominal avalia a saúde da próstata, das vesículas seminais e também da bexiga. O procedimento não é invasivo, além de não ter radiação e não apresentar efeitos colaterais.

PALAVRA DO ESPECIALISTA

Para quais outras infecções é importante estar atento em relações afetivas?

A doença do beijo, muito comum entre jovens, não é sexualmente transmissível, mas é muito comum em adolescentes. A ausência de vida sexual ativa pode fazer fazer com que os jovens entendam que estão completamente livres de qualquer infecção e não tomam tantos cuidados. Isso vale também para a herpes, que pode ser transmitida de outras maneiras. No caso dos mais jovens, é importante que exista um diálogo entre pais e filhos e que eles sejam levados pelos responsáveis para fazer esses exames básicos quando começa a surgir o interesse em relações amorosas. Não é necessário o contato sexual para algumas transmissões e, por isso, é importante tanto a vacina quanto o checape dos adolescentes.

Entre o público que costuma buscar esses exames, existe uma grande diferença de gênero e idade?

Com certeza. A maioria das pessoas são mulheres, tanto por terem mais atenção com a saúde básica quanto pelos pedidos médicos dos ginecologistas, que envolvem todos esses testes. O homem vai pouco ao médico e, quando busca um infectologista, costuma ser porque já apresenta algum problema. Recentemente, vimos um aumento muito grande no número de idosos buscando o checape de ISTs. Em novas relações e sem abandonar a vida sexual, eles têm experiência de vida e sabem a importância de estar de olho na saúde. O aumento no número de casos de sífilis e HIV entre pessoas acima de 60 anos também assustou e incentivou esse cuidado. 

Curtiu? Siga o FA NOTÍCIAS no Twitter e  Instagram.
Fique bem informado, faça parte do nosso grupo no WhatsApp e Telegram.


(*Correio Braziliense)

Comente Abaixo
Entretenimento12 minutos ago

Anitta defende Vitão de ataques por uso de maquiagem

Reprodução/Instagram – 03.07.2022 Anitta defende Vitão após críticas Anitta usou as redes sociais para fazer um comentário de apoio a...

Nacional12 minutos ago

Dom e Bruno: parentes de suspeito aguardam fim das investigações

TV Brasil – 16/06/2022 Avião da Polícia Federal (PF) com restos mortais de Bruno e Dom no Aeroporto de Brasília...

Economia42 minutos ago

Ao menos 18 estados e o DF reduzem ICMS sobre combustíveis

FreePik Os combustíveis têm parcela significativa de seu preço composto por impostos federais e estaduais, como o ICMS Até amanhã...

Entretenimento42 minutos ago

Criança invade palco em show de Juliette no São João de Caruaru; veja

Reprodução/YouTube – 03.07.2022 Juliette com criança no show de São João de Caruaru Nova rainha dos baixinhos na área? Neste...

Saúde1 hora ago

SP vacina contra covid-19 e gripe em parques e na Avenida Paulista

Para ampliar a cobertura vacinal da população da cidade, a prefeitura de São Paulo disponibiliza hoje (3) seis locais para a vacinação:...

Entretenimento1 hora ago

Ricky Martin recebe ordem de restrição por violência doméstica

Reprodução/Instagram – 03.07.2022 Cantor Ricky Martin Ricky Martin se tornou alvo de uma ordem de restrição após ser acusado de...

Sem categoria1 hora ago

Mirella resolve fazer topless na sacada de sua casa e é flagrada: “OnlyFans grátis”

Se você realmente chegou a cogitar que Mirella não iria dar o que falar em seu Instagram na madrugada deste sábado (02),...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana