conecte-se conosco


Destaque

Marido é assassinado e mulher dorme ao lado do corpo por três dias

Publicado

em

Suspeita de matar o próprio marido, dona de casa ficou com o corpo de Washington Mantovanelli dentro de casa

GUARAPARI (ES) – O estoquista de uma loja de eletrodomésticos foi encontrado morto na tarde de ontem, em Guarapari. O corpo de Washington Mantovanelli Gonçalves, 54 anos, estava dentro do banheiro da casa onde ele morava com a mulher, uma dona de casa de 49 anos.

Ela disse aos policiais que dormiu por três dias ao lado do homem, que foi morto com um golpe de faca. A mulher foi encaminhada para a 5ª Delegacia Regional de Guarapari, onde prestou depoimento. Ela é suspeita do assassinato, mas não terá o nome publicado pois, até o fechamento desta edição, não havia sido indiciada.

A polícia chegou até o local depois que colegas de trabalho de Washington passaram a procurar por ele, já que o estoquista não aparecia na empresa desde a última sexta-feira.

Antes, os colegas foram até a casa de Washington e Jurema, no bairro Itapebussu, e foram recebidos pela mulher, que disse calmamente que o marido estava morto no banheiro da casa.

Desesperados, os amigos avisaram a família de Washington e acionaram a Polícia Militar. Os policiais precisaram arrombar a porta para entrar. Dentro da residência, eles encontraram a mulher abraçada ao corpo do marido, no chão do banheiro.

A aposentada Maria do Carmo Mantovanelli, de 68 anos, tia da vítima, esteve no local e disse que desde quinta-feira, a família já estava preocupada com o desaparecimento de Washington. Mas como ele teria voltado a frequentar bares, eles não estranharam o fato.

“Ele chegou a ficar sóbrio por nove anos. Depois, voltou a beber. Os dois gostam de beber e bebiam até cair. Não sei o que aconteceu, temos que esperar a perícia. E ela sempre foi meio perturbada mesmo”, contou a tia da vítima.

A perícia da Polícia Civil constatou que Washington morreu por causa de uma perfuração no ombro esquerdo provocado por uma arma branca.

De acordo com a avaliação inicial dos peritos, o estoquista estava morto no chão do banheiro há pelo menos três dias. Havia sinais de luta corporal no local.

O casal estava junto há mais de quatro anos. De acordo com os policiais, a mulher estava visivelmente transtornada e gritando muito, falando coisas sem sentido para os militares e precisou ser algemada.

O corpo de Washington foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória.


(*Com informações do Tribuna on line).

Comentários do Facebook
Leia mais:  STF determina bloqueio de R$ 1,7 milhão em bens de Aécio Neves
publicidade

Destaque

Menina revela ter sido estuprada pelo pai após se queixar de ‘dor na barriga’

Publicado

em

De acordo com a mãe da vítima, criança relatou que o pai a violentou dentro do banheiro da residência. Caso é investigado pela Delegacia da Mulher de Guarujá.

A Polícia Civil investiga um caso de estupro de uma menina de 10 anos em Guarujá, no litoral de São Paulo. Segundo depoimento da mãe aos policiais, a violência sexual contra a filha foi cometida em casa pelo pai da criança, de 30 anos, enquanto ela acompanhava um familiar hospitalizado. O suspeito ainda não foi localizado.

O crime ocorreu na residência em que a vítima vive com os pais e irmãos, localizada no bairro Aldeia, no Distrito de Vicente de Carvalho. Conforme relatado pela mãe da criança no boletim de ocorrência registrado pelos policiais, ela mantinha uma união estável com o homem, com quem tem quatro filhos.

A mãe relatou que, no início da tarde, saiu de casa para ficar como acompanhante de um familiar no hospital, deixando os filhos com o marido. De acordo com ela, por volta das 19h30 retornou à sua residência.

Ao chegar em casa, ela foi alertada pelo filho de 4 anos que o pai teria violentado a irmã. Ao conversar com a filha, a menina relatou que, durante a tarde, o pai, no banheiro da casa, havia tirado as suas roupas e a estuprado. A criança também se queixou de estar com dores na barriga devido a violência sexual.

A mãe afirmou aos policiais que levou a filha às pressas ao Pronto Socorro de Vicente de Carvalho e depois da criança ser atendida foi direto a delegacia, acompanhada de uma conselheira tutelar. Após relatar o caso, a vítima foi encaminhada para exame de corpo de delito.

O boletim de ocorrência foi registrado como estupro de vulnerável na Delegacia Sede de Guarujá. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o caso está sob segredo de Justiça e agora é investigado por meio de inquérito policial pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) da cidade.


(*G1)

Comentários do Facebook
Leia mais:  Acidente entre ônibus e carro deixa duas pessoas mortas na BR 101 Norte
Continue lendo
Entretenimento10 minutos atrás

Cotada para a Cultura, Regina Duarte recebe quase R$ 7 mil de pensão militar

A atriz Regina Duarte, convidada para assumir a Secretaria Especial de Cultura, pelo presidente Jair Bolsonaro, recebe R$ 6.843,34 mensais...

Agricultura10 minutos atrás

Brasil e Índia firmam cooperação técnica em produção animal

Os governos do Brasil e da Índia firmaram neste sábado (25) declaração conjunta para cooperação na área de produção animal. O...

Economia10 minutos atrás

Operadoras fixam valores competitivos para planos de celular no litoral paulista

Consumidores do litoral paulista podem até ter menos opções do que aqueles que moram na região metropolitana ou mesmo no...

Internacional23 minutos atrás

Número de infectados por novo coronavírus chega a quase 1.300 na China

Autoridades do setor de saúde da China afirmam que o número de mortos por um novo tipo de coronavírus aumentou...

Nacional44 minutos atrás

Vale considerava 7 barragens mais críticas que a de Brumadinho

arrow-options Divulgação/Prefeitura de Brumadinho Rompimento da barragem deixou centenas de mortos e desaparecidos em Brumadinho A barragem I da Mina...

São Mateus1 hora atrás

Casagrande: “Porto da PetroCity é estratégico para o Estado

Ao participar de uma solenidade em Jaguaré, no Norte do Estado, quando assinou, nesta sexta-feira (24), a ordem de serviço...

Nacional1 hora atrás

Mortes em decorrência das chuvas em Belo Horizonte e região chegam a 14

arrow-options Telmo Ferreira/Agência O Globo Maior parte das mortes ocorreram por deslizamentos de terra O Corpo de Bombeiros e a...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana