Connect with us

Agricultura

Mais de R$ 4 bilhões já foram destinados a abastecimento em regiões afetadas pela seca

Published

on

Recursos são destinados à operação carro-pipa nas áreas urbana e rural, perfuração de poços e construção de adutoras
BRASÍLIA – O Ministério da Integração Nacional já disponibilizou cerca de R$ 4,07 bilhões para garantir o abastecimento de água da população, que vive no semiárido brasileiro. Os recursos, da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), são destinados à operação carro-pipa nas áreas urbana e rural, perfuração de poços, além da construção de adutoras de engate rápido e de sistemas de abastecimento.
Estados de outras regiões que sofrem com a estiagem em alguns períodos do ano solicitaram e receberam apoio federal, como o Acre, Amazonas, Roraima, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. A zona rural das cidades atingidas é atendida desde 2012 pela operação Carro-Pipa Federal, realizada por meio de cooperação entre a Sedec e o Exército Brasileiro.
O investimento já ultrapassou os R$ 3,5 bilhões. Em média, cerca de 5,7 mil carros circulam para abastecer 3,5 mil pessoas por ano. A quantidade de municípios contemplados anualmente também varia – entre 660 e 860 – de acordo com a intensidade e a duração da seca. Os caminhões são monitorados por meio de GPS, garantindo a entrega da água nas localidades determinadas.
Centros urbanos
Os centros urbanos que sofrem com a escassez de água também têm o abastecimento emergencial garantido por carros-pipa. O Ministério da Integração Nacional repassou aos governos estaduais cerca de R$ 76,6 milhões para complementar a operação executada nos estados.
Outras ações que trazem resultados rápidos como a perfuração de poços e a recuperação de reservatórios já existentes, a construção de sistemas de abastecimento e de adutoras de engate rápido receberam, até o momento, cerca de R$ 663,1 milhões de recursos federais. A prioridade é atender a áreas com baixa disponibilidade de água para abastecimento da população e dos carros-pipa.
Situação de emergência
Para ser contemplado com recursos da Defesa Civil Nacional, é necessário que o município solicite o reconhecimento federal por situação de emergência ou calamidade pública ao Ministério da Integração Nacional.
Além de viabilizar o fornecimento de água à população por meio dos carros-pipa, a medida permite que as cidades tenham direito a outros benefícios federais, como a renegociação de dívidas no setor de agricultura junto ao Banco do Brasil. Também é possível obter a aquisição de cestas básicas no Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário e apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) para a retomada da atividade econômica nas regiões afetadas.

Comente Abaixo
Política6 minutos ago

Ataque às instituições eleitorais ofendem a Constituição, diz Fachin

Abdias Pinheiro/SECOM/TSE Edson Fachin Nesta segunda-feira (8), o presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ministro Edson Fachin, disse que os...

Nacional6 minutos ago

Em UPA de presídio, Bruno Krupp apresenta quadro estável

Divulgação Bruno Kropp está internado em UPA localizada no Complexo de Gericinó, em Bangu Transferido para a Unidade de Pronto-Atendimento...

Nacional6 minutos ago

Ampliação do Projeto Faixa Azul é liberada pelo SENATRAN

A Companhia de Engenharia de Tráfego – CET – foi autorizada pela Secretaria Nacional de Trânsito (SENATRAN) a realizar o...

Política6 minutos ago

Deputado destaca iniciativa para inclusão de PcD

Em discurso na sessão plenária desta segunda (8) o deputado Doutor Hércules (Patri) destacou a importância da contratação pelo Tribunal...

Política7 minutos ago

Eduardo Cunha usa decisão de Arthur Lira para ser candidato

Wilson Dias/ Agência Brasil Cunha teve o mandato cassado em 2016 Entre os argumentos usados para recuperar seus direitos políticos,...

Internacional7 minutos ago

Vulcão Cumbre Vieja: vegetação volta a nascer na região de La Palma

Reprodução: Redes Sociais Vegetação do Cumbre Vieja A vegetação da ilha de La Palma voltou a crescer após oito meses...

Economia7 minutos ago

STF mantém despejos e desocupações proibidos até o fim de outubro

STF / Divulgação Supremo Tribunal Federal Por nove votos a dois, o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) manteve a...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana