conecte-se conosco


Meio Ambiente

Espírito Santo terá a primeira usina de energia limpa

Publicado

em

O Espírito Santo será pioneiro no que diz respeito a uso de energia limpa no país. O estado contará com uma usina de geração de energia através do biogás a partir do lixo das cidades. O começo do projeto está previsto para o segundo semestre deste ano e será encabeçado por uma empresa chamada Marca Ambiental.

A matéria-prima usada na usina será de mais de 1 tonelada de resíduos sólidos, que são recolhidos geralmente por dia pelas empresas que tomam conta da limpeza dos municípios de Vitória, Cariacica e Serra. De acordo com o Sindicato Estadual das Empresas de Limpeza Urbana do Espírito Santo, o projeto irá beneficiar os municípios e a população.

Primeira Usina

A expectativa para a primeira usina de biogás começar a funcionar é que atinja 5 megawatts de energia, valor que seria capaz de abastecer cerca de 20 mil moradias. A unidade será dividida em três etapas: a de captação, por uma tubulação adequada, uma usina que irá purificar o biogás e a geração de energia será por motogeradores que serão colocados no interior de contêiners, para minimizar qualquer tipo de barulho.

Para a economia do Espírito Santo, a usina irás gerar receita, imposto e claro, irá empregar várias pessoas, de forma direta ou indireta. As vantagens para essas empresas com esse tipo de usina é que a utilização do biogás é utilizar uma energia barata e limpa, consequentemente mais sustentável.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Dupla de bicicleta volta a assaltar em São Mateus
publicidade

Meio Ambiente

Plástico e resto de cigarro são mais de 90% dos resíduos vistos no mar

Publicado

em

Plástico nas praias
Fernando Frazão/Agência Brasil
Segundo dados da Abrelpe, ambos correspondem a 52,4% e 40,4%, respectivamente, do número de objetos coletados

Materiais de plástico e restos de cigarro representam mais de 90% dos resíduos encontrados no ambiente marinho brasileiro, segundo diagnóstico divulgado nesta quinta-feira (4) pela Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe). Ambos correspondem a 52,4% e 40,4%, respectivamente, do número de objetos coletados.

Dados internacionais mostram que, no exterior, os materiais de plástico também são os mais recolhidos em ambientes marinhos (45,5%), seguidos das bitucas e filtros de cigarro (28%).

O estudo aponta ainda que as áreas de ocupação irregular, os sistemas de drenagem e a orla das praias são as principais fontes de vazamento de lixo para o mar . Para o presidente da Abrelpe , Carlos Silva Filho, a partir do diagnóstico, é preciso desenvolver ações para evitar a poluição do mar.

“O primeiro ponto que a gente percebe é que muitos desses resíduos vêm das áreas de ocupação irregular, então esse seria o ponto de atenção prioritária que deve ser verificado no sentido de disponibilizar melhor infraestrutura de coleta desses materiais nessas áreas e engajar a população para que realmente esses resíduos não sejam lançados no mar”, disse.

Coleta nas praias

Ele ressalta que é necessário disponibilizar também melhor infraestrutura de coleta nas praias, para que usuários não lancem resíduos na areia.

A entidade apresentou indicadores internacionais mostrando que 80% do lixo marinho têm origem no ambiente terrestre. Diante disso, a Abrelpe abriu edital para selecionar e trabalhar em parceria com quatro municípios da costa brasileira visando evitar a poluição do mar.

O edital faz parte do projeto de prevenção e combate à poluição marinha , coordenado pela Abrelpe, fruto de um acordo de cooperação com a ISWA (Associação Internacional de Resíduos Sólidos), com apoio da Agência de Proteção Ambiental da Suécia.

O objetivo é, além de identificar as fontes de vazamento do lixo e tipos de resíduos encontrados nos oceanos , dar assistência técnica aos municípios para o aprimoramento da gestão de resíduos sólidos em terra, como forma de prevenir o lixo no mar.

“Esse projeto só funciona em parceria com os municípios, essa é uma premissa fundamental, porque é o município que tem que disponibilizar essa infraestrutura tanto nas áre“as de ocupação como nas praias, e o município tem que ser o agente de fomento dessa conscientização e desse engajamento da população. Isso é fundamental”, disse Silva Filho.

“Nossa ideia é fornecer todos os elementos para a cidade, capacitar as cidades e depois que eles possam desenvolver esse programa de maneira independente”, afirmou.

No Brasil , são 274 municípios costeiros que podem ser fonte de poluição marinha.

Poluição no mar

“Há um grande volume de resíduos que diariamente sem destinação adequada no Brasil, e acabam sendo abandonados nas vias públicas, depositados em lixões, em áreas de preservação, e terminam no mar, causando todo tipo de contaminação”, disse Silva Filho.

Cerca de 2 milhões de toneladas de resíduos no país vão parar nos oceanos todos os anos, segundo levantamento da Abrelpe a partir dos dados do Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil 2017.

Esse volume equivale a cobrir 7 mil campos de futebol ou encher 30 estádios do Maracanã da base até o topo.

Fonte: IG Política
Comentários do Facebook
Leia mais:  Polícia Ambiental realiza fiscalização contra pesca predatória no Norte do ES
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Entretenimento8 minutos atrás

Ana Maria sobre parceria com Louro José: “O que eu não puder falar, ele fala”

Na última quinta-feira (18)  Ana Maria Braga foi a convidada de Tatá Werneck no programa “Lady Night”, exibido no Multishow...

Esportes8 minutos atrás

Argélia derrota Senegal por 1 a 0 e conquista Copa Africana de Nações

arrow-options AFC/DIVULGAÇÃO Riyad Mahrez, astro da Argélia Com um gol logo no começo da partida, a seleção da Argélia bateu...

Esportes8 minutos atrás

Goleiro Bruno deixa prisão em Varginha e cumprirá regime semiaberto

arrow-options Reprodução/EPTV Goleiro Bruno Após obter o direito à progressão ao regime semiaberto , o goleiro Bruno Fernandes deixou o...

Nacional9 minutos atrás

Bolsonaro em vazamento: “Dos governadores de ‘paraíba’, o pior é o do Maranhão”

arrow-options Marcos Corrêa/PR Bolsonaro chamou Nordeste de “Paraíba” Captada por microfones, uma declaração do presidente Jair Bolsonaro nesta sexta-feira (19) provocou reações...

Nacional9 minutos atrás

Ministro do Turismo tira licença para tratar de “assuntos particulares”

arrow-options Isac Nóbrega/PR – 30.5.19 Ministro do Turismo pediu licença do cargo O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio — assim como fez...

Versão Impressa31 minutos atrás

FA 1108 / 20 DE JULHO DE 2019

Comentários do Facebook Leia mais:  Dupla de bicicleta volta a assaltar em São Mateus

Polícia Federal1 hora atrás

PF combate concussão e lavagem de dinheiro em Vila Velha/ES

Vila Velha/ES – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (19/7) a Operação Endosso, com o objetivo de desarticular suposto esquema...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana