conecte-se conosco


Meio Ambiente

Assenor promove ação na Semana do Meio Ambiente em São Mateus

Publicado

em

SÃO MATEUS (ES) – A Associação Empresarial do Litoral Norte do Espírito Santo (Assenor) lançou no último sábado (01) a nova fase do Projeto Água na Mesa, com o plantio de mudas nativas da Mata Atlântica no entorno da nascente do Forno Velho, na divisa dos bairros Carapina e Jaqueline, conhecida como Bica da Lilita, propriedade de Joselita dos Santos Nascimento. O evento marou o Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado nesta quarta-feira (5), com participação maciça de crianças, jovens e adolescentes acompanhados por familiares. Também se fez presente o 7º Grupo de Escoteiro Agenor de Souza Lé, que realizou em São Mateus o 28º Mutirão Nacional Escoteiro em Ação Ecológica (MutECO), com o tema Escotismo: uma aventura saudável.

De acordo com a Assenor o projeto tem apoio de instituições públicas e privadas como Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Corpo de Bombeiros, 7º Grupo Escoteiro Agenor de Souza Lé, Cáritas Diocesana, Projeto Araçá, Ufes, FVC, Comitê da Bacia do Rio Cricaré, Idaf, Incaper, Lions Clube de São Mateus, Sindicato Rural, Emflora, Suzano Papel e Celulose, Conselho de Segurança da Região dos Quilômetros, Conselho de Segurança de São Mateus, Polícia Ambiental, Crea, OAB, Coopbac, dentre outros.

O empresário Natanagildo Beltrame, o Natal, explicou que o Projeto Mata Água na Mesa veio a partir do Comitê de Meio Ambiente implantado pela Assenor e agora coroado com êxito, com a participação neste sábado das pessoas e entidades que se prontificaram em ajudar no evento de grande importância para a conscientização da preservação das matas e nascentes, como ocorreu na Bica da Lilita.

Natan foi mais além ao adiantar que o projeto tem por finalidade um trabalho de conscientização para a importância da preservação de mais de três mil nascentes no município de São Mateus. “Teve início na microbacia do Rio Preto, por ser uma das maiores e mais importantes”, explica, adiantando que já foram feitas visitas a 25 nascentes e seus proprietários, com a proposta de dar início a este trabalho realizado no sábado.

O presidente da Assenor adiantou ainda que para este mês já há pelo menos outros dois plantios de árvores, sendo um nesta quarta-feira (5) às 9 horas no Cerimonial Green Park, no Rio Preto, e numa propriedade rural no dia 22 ou 29.

Veja imagens do evento:

 

Leia mais:  Desmatamento na Mata Atlântica cresce quase 60% em um ano

Comentários do Facebook
publicidade

Meio Ambiente

Período de defeso do caranguejo-uçá começa no dia 10 de janeiro no ES

Publicado

em

Trata-se da fase de reprodução da espécie. Captura e comercialização ficam proibidas nestas épocas: são quatro períodos de ‘andada’ no ano.

O primeiro período de defeso da espécie Ucides cordatus, popularmente conhecido como caranguejo-uçá, começa no dia 10 de janeiro e vai até o dia 15 do mesmo mês no Espírito Santo. Com isso, está proibida a sua captura, a manutenção em cativeiro, o transporte, o beneficiamento, a industrialização, o armazenamento e a comercialização.

Também está proibida a comercialização das partes isoladas (quelas, pinças, garras ou desfiado), durante os dias de “andada”. De acordo com o calendário estabelecido pela Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Seama), há quatro períodos de defeso e o encerramento se dá no mês de abril.

“Durante o período de defeso, a comercialização só está permitida para o caranguejo em estoque e devidamente autorizado. Entende-se por manutenção em cativeiro o confinamento artificial do caranguejo vivo em qualquer ambiente no Estado do Espírito Santo”, explica o agente de desenvolvimento ambiental e recursos hídricos, Anderson Ferrari.

A “andada” é o período reprodutivo em que os caranguejos machos e fêmeas saem de suas tocas e andam pelo manguezal para acasalamento e liberação de ovos.

A fiscalização se dá em cada município, mediante constatação técnica pelo órgão municipal responsável pela gestão ambiental. No município não produtor do caranguejo-uçá, deverá ser respeitado o calendário de andada na região de origem do produto, acompanhado de guia ou documento oficial para transporte e comercialização. Os infratores às regras estão sujeitos às penalidades e às sanções previstas na Lei Federal nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998.

Confira os períodos do defeso do caranguejo-uçá em 2020:

  • 1º Período: de 10/01/2020 a 15/01/2020;
  • 2º Período: de 09/02/2020 a 14/02/2020;
  • 3º Período: de 09/03/2020 a 14/03/2020;
  • 4º Período: de 07/04/2020 a 12/04/2020.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Programa ambiental das Águas e da Paisagem avança para mais municípios do Caparaó e da Região Serrana
Continue lendo
Economia19 minutos atrás

Perfil paulistano: veja as profissões com mais oportunidades em São Paulo

arrow-options Marcelo Camargo/ABr São Paulo é a terra das oportunidades para profissionais como vendedores e analista de sistemas A cidade...

Tecnologia19 minutos atrás

Assim como futebol americano, EUA quer criar liga de Fortnite nas escolas

arrow-options Divulgação/Epic Games Fortnite se torna esporte em escolas norte-americanas A startup PlayVS fez um contrato de parceria com a...

Tecnologia2 horas atrás

LGPD passa a valer em agosto: lei irá mesmo proteger nossos dados?

arrow-options Marcello Casal Jr/Agência Brasil Maioria das empresas não tem como atender à Lei de Proteção de Dados Chegou a...

Nacional7 horas atrás

Vale distribuirá a acionistas mais que dobro do gasto com indenizações

arrow-options Lucas Hallel Ascom/Funai Indígenas Pataxó Hã-hã-hãe vivem na aldeia Naõ Xohã, às margens do rio Paraopeba, em Brumadinho Para...

Nacional7 horas atrás

Mulher é presa transportando 5 kg de dinamite na mochila do filho de 3 anos

arrow-options shutterstock PM diz que abordagem a mãe acompanhada por uma criança não é comum; contato com outro homem da...

Nacional7 horas atrás

Cerca de 9 mil pessoas estão desalojadas em Itaperuna por conta das chuvas

arrow-options reprodução / Twitter Fortes chuvas castigam a cidade de Itaperuna Cerca de 9 mil pessoas estão desalojadas na cidade...

Nacional7 horas atrás

Número de mortes por conta das chuvas em Minas Gerais chega a 30

arrow-options Telmo Ferreira/Agência O Globo Maior parte das mortes ocorreram por deslizamentos de terra O Corpo de Bombeiros e a...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana