conecte-se conosco


Meio Ambiente

Alunos de Conceição da Barra aprendem sobre educação ambiental com o BPMA

Publicado

em

Nesta quinta-feira (16), a equipe de educação ambiental da 3ª Companhia do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), realizou palestra e exposição para um grupo de 46 estudantes da Escola Polo Municipal de Ensino Fundamental Antônio Brunelli, em Conceição da Barra.

A ação foi realizada em conjunto com a ONG “Ekobé” na base administrativa da Floresta Nacional do Rio Preto (Flona do Rio Preto), unidade de conservação de Conceição da Barra.

Foram expostos 16 animais empalhados da fauna silvestre brasileira que são encontrados na região. Os militares explicaram suas funções e a importância para a qualidade de vida dos seres humanos.

Os alunos participaram de um passeio ecológico por uma trilha no interior da unidade de conservação e tiveram contato com a natureza, aprendendo sobre a importância das florestas e dos amimais que nela habitam.

A administração da Flona do Rio Preto destruiu 554 gaiolas e viveiros que foram apreendidos pela 3ª Companhia Ambiental durante as operações realizadas no 1º trimestre de 2019. Os pássaros encontrados nas gaiolas foram encaminhados à Flona para a reabilitação e posterior soltura na natureza.

O comandante da 3ª Companhia Ambiental, capitão Fabrício Pereira Rocha, informa que a subunidade está aberta às solicitações por parte de ONGs, projetos sociais e instituições de ensino para realizar palestras e exposições de educação ambiental. O agendamento pode ser feito através do e-mail: [email protected] ou pelo telefone: (27) 3767-7611.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Seis pessoas detidas por escavação irregular e desmate em Conceição da Barra
publicidade

Meio Ambiente

Brasil aparece em 116º lugar no ranking de países com maior risco de faltar água

Publicado

em

A ferramenta usa uma metodologia sólida, com base em revisão de pares e dados de acesso à água e estresse hídrico do mundo todo

Uma nova ferramenta divulgada na terça-feira (6) permite identificar quais as regiões com maior risco de faltar água no Brasil e no mundo.

O Aqueduct Water Risk Atlas, produzido pelo World Resources Institute (WRI), avalia o estresse hídrico, riscos de seca e enchentes em cidades e regiões de 189 países.

A ferramenta usa uma metodologia sólida, com base em revisão de pares e dados de acesso à água e estresse hídrico do mundo todo. Ela avalia a demanda por água em regiões, incluindo para abastecimento doméstico, uso industrial, irrigação e consumo da pecuária, criando um importante panorama da segurança hídrica no planeta. Os dados vão da década de 1960 até 2014.

Segundo os dados, os países com maior problema de falta de água no mundo estão concentrados principalmente no Oriente Médio:

1. Catar

2. Israel

3. Líbano

4. Irã

5. Jordânia

Mas a crise hídrica e os riscos de falta de abastecimento por secas também chamam a atenção em outras regiões do mundo, como na Índia, o 13º na lista, Chile (18º), Bélgica (23º) ou Portugal (44º).

Falta d’água no Brasil

O Brasil é o país com maior reserva de água doce do mundo, graças aos rios amazônicos e os rios voadores, que geram chuva para o Centro-Oeste e Sudeste do país, abastecendo nossa agricultura. Assim, no ranking de países, o Brasil não aparece entre os mais críticos – é apenas o 116º. Ainda assim, quando olhamos para regiões ou cidades específicas, vemos que crises hídricas são um fato.

Faltou água nas principais cidades do país: em São Paulo e no Rio de Janeiro (2014-15) e no Distrito Federal (2017-18). No Nordeste, a população enfrentou recentemente uma sequência de 5 anos de seca extrema, agravadas pelas mudanças climáticas.

O ranking do Aqueduct identifica essas áreas principais. Ele mostra que, no Brasil, regiões da Bahia, Piauí, Ceará e Rio Grande do Norte sofrem com níveis “extremamente altos” de risco de crise hídrica, um nível semelhante ao dos países do Oriente Médio. As regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Campinas, Ribeirão Preto e Vitória aparecem com risco “alto”, assim como outras regiões. O mapa abaixo mostra a situação. Quanto mais escuro o tom de vermelho, maior o risco.

Como as florestas podem ser uma solução

O ranking do Aqueduct mostra as informações mais recentes sobre onde, no mundo, há risco para o abastecimento de água. Mas outros projetos do WRI apontam para soluções às frequentes crises de falta d’água que cidades e países enfrentam no mundo. Uma dessas linhas de estudo indica que a solução para esses problemas pode estar na natureza.

Trata-se dos investimentos em infraestrutura natural. São soluções inovadoras baseadas na natureza, como a conservação de áreas de mata nativa, a restauração florestal e a gestão sustentável das paisagens.

Estudo do WRI mostra que a infraestrutura natural pode contribuir para abastecimento de água limpa e regular nas grandes cidades, além de proteger contra enchentes e secas. No Brasil, o WRI Brasil analisou o papel da infraestrutura natural em duas regiões, São Paulo e Rio de Janeiro. Os resultados mostram que a restauração de áreas degradadas contribui para a melhora da qualidade da água nas grandes cidades e reduzem gastos das empresas de saneamento.

Com conhecimento adquirido em soluções baseadas na natureza e investimentos em infraestrutura natural, as cidades brasileiras podem se preparar para garantir abastecimento de água de qualidade para os seus cidadãos, se protegendo de secas e das mudanças climáticas.


(*WRI Brasil)

Comentários do Facebook
Leia mais:  Companhia do BPMA é homenageada na Câmara de Vereadores de São Mateus
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
São Mateus8 minutos atrás

Casagrande visita fábrica da Marcopolo São Mateus nesta quarta-feira (18)

Nesta quarta-feira (18), o governador do Estado, Renato Casagrande, fará uma visita a unidade de São Mateus da empresa Marcopolo...

Tecnologia53 minutos atrás

Assim como iPhone, novo iPad Pro pode ter três câmeras

arrow-options Reprodução Novo iPad Pro pode ter três câmeras. A Apple parece estar preparando novos  iPad Pro com um sistema...

Tecnologia53 minutos atrás

Cuidado! Novo golpe do FGTS no WhatsApp promete pagamento retroativo

arrow-options Reprodução Ao acessar no link do golpe do FGTS, o usuário é levado a um site que simula ser...

Tecnologia53 minutos atrás

Dados pessoais de todos os equatorianos vazam online

arrow-options Agência Brasil Equatorianos viram seus dados pessoais serem vazados. Possivelmente todos os 16,6 milhões de equatorianos tiveram seus dados...

Economia53 minutos atrás

Mais de 580 mil trabalhadores não querem sacar os R$ 500 do FGTS

Cerca de 588 mil trabalhadores não querem sacar os R$ 500, por conta vinculada, e solicitaram o desfazimento do crédito...

Mundo54 minutos atrás

Queimadas na Amazônia estão ligadas a crime organizado e milícias, diz relatório

arrow-options Fernando Frazão/ABr Queimadas na Amazônia subiram 82% neste ano Um relatório da ONG Human Rights Watch (HRW), divulgado nesta...

Mundo54 minutos atrás

Jogadores do PSG estão evitando Icardi por causa de Wanda Nara, sua mulher

arrow-options Fábio Rodrigues Pozzebom/ABr Senadores votarão mudanças nas regras eleitorais nesta terça-feira Os senadores se reúnem no Plenário do Senado...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana