conecte-se conosco



Nacional

Zimbábue arrecada R$ 10,8 milhões com a venda de 98 elefantes

Publicado

em

Planeta


Elefantes
Creative Commons/Flickr Brian Ralphs

Ministra do Turismo do Zimbábue disse que o país tem, atualmente, 85 mil elefantes

Enquanto o mundo se prepara para enfrentar a extinção dos elefantes, o Zimbábue justifica a venda de 98 exemplares da espécie por não conseguir lidar com uma população muito numerosa.

A ministra do Turismo, Prisca Mupfumira, afirmou que o país atualmente tem 85 mil elefantes
e só tem capacidade para atender a 55 mil, segundo uma reportagem da mídia local Zimbabwe Chronicle.

Leia também: Que prestativa! Baleia recupera e devolve celular que havia caído no mar

Os animais foram vendidos para diferentes parques da China
e para Dubai
, nos Emirados Árabes, ao longo dos últimos seis anos, e rendeu ao país africano cerca de R$ 10,8 milhões. Os valores unitários variaram de R$ 54 mil a R$ 165 mil, entre 2012 e 2018, segundo relatórios.

O dinheiro
das vendas será usado para apoiar os esforços de conservação, principalmente no que diz respeito aos níveis de água, que estão se esgotando nos rios dos parques nacionais.

O governo destaca ainda que a proibição do comércio de marfim
colocado pela Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies Ameaçadas de Extinção gerou uma pressão sobre o país. Além disso, aponta períodos de seca e os incidentes entre elefantes
e moradores e fazendeiros em comunidades rurais, que deixam feridos e mortos em ataques dos animais.

Leia também: Conheça o morcego gigante que pode chegar a dois metros de envergadura

Comentários do Facebook

Nacional

Justiça do Rio de Janeiro mantém proibição de abertura de templos para cultos

Publicado

em


source

Agência Brasil

fachada de uma igreja universal
Igreja Universal / Reprodução

Pedido para abertura de templos foi feito por ações civis

A Justiça do Rio manteve, nesta segunda-feira (1º), a decisão de proibir a abertura dos templos religiosos para realização de cultos presenciais no município do Rio de Janeiro. Na sexta-feira (29), a 7ª Vara de Fazenda Pública suspendeu a eficácia do Decreto Municipal nº 47.461/2020, que autorizou a atividade presencial, acolhendo as ações civis públicas ajuizadas pela Defensoria Pública e pelo Ministério Público do Estado.

Leia também: Justiça do Rio impede reabertura e suspende cultos em templos religiosos

A Procuradoria-Geral do Município havia tentado suspender, no dia 31 de maio, a decisão da 7ª Vara de Fazenda Pública durante o Plantão Judiciário. Porém, o recurso foi negado pelo desembargador José Muiños Piñeiro Filho, que considerou não haver risco de qualquer dano irreparável se a decisão fosse mantida até a análise da 2ª Câmara Cível.

Leia também: Assembleia aprova projeto que permite reabertura de igrejas no Amazonas

Na decisão de hoje, a desembargadora Maria Isabel Paes Gonçalves, da 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça entendeu ser necessária a apresentação pelo município do Rio de análise de impacto regulatório, nos parâmetros estabelecidos nos manuais da Casa Civil da Presidência da República e do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), sobre as medidas adotadas no município para enfrentamento da pandemia de covid-19.

Retomada da economia

A cidade do Rio de Janeiro inicia nesta segunda-feira (2) a retomada gradual das atividades econômicas. Segundo o prefeito Marcelo Crivella, o plano de retorno tem seis fases para a volta do funcionamento e para o que ele chamou de vida com nova normalidade após a pandemia de covid-19.

Nessa primeira fase, volta a funcionar o setor de serviços. O comércio de rua permanece fechado, com exceção de agências de automóveis, lojas de móveis e de decoração. As praias poderão ser frequentadas apenas para atividades físicas no calçadão e esportes aquáticos individuais, como o surf. Os parques também abrem somente para atividades físicas. Os voos livres individuais estarão liberados.

Leia também: Bancada evangélica sugere reabrir templos contra pandemia

As atividades religiosas serão autorizadas em igrejas e templos com protocolos específicos, sem aglomeração e mediante desinfecção dos locais, mas a determinação da Justiça mantém os templos fechados.

Posicionamento da prefeitura

A Procuradoria-Geral do Município (PGM) do Rio de Janeiro informou que vai apresentar o laudo técnico-científico solicitado pela desembargadora da 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro e pedir a reconsideração da abertura de igrejas e templos religiosos para realização de cultos presenciais no município.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Saúde3 minutos atrás

Agentes penitenciários revelam insegurança para enfrentar covid-19

. Com aproximadamente 748 mil detentos, distribuídos em 1.435 unidades, o Brasil tem a terceira maior população carcerária do mundo,...

Internacional8 minutos atrás

Mãe mata a filha deficiente de 4 anos e esconde o corpo em gaveta

Segundo policial, a mulher ‘não mostrou qualquer emoção’. Namorado dela também foi preso Estados Unidos – Uma jovem de 23...

Tecnologia8 minutos atrás

Zoom planeja criptografia mais forte apenas para usuários pagantes; entenda

Unsplash/Allie Smith Aplicativo Zoom estuda novos métodos de criptografia A plataforma de videoconferências Zoom pretende fortalecer a criptografia de suas...

São Mateus11 minutos atrás

Motorista de ônibus é assaltado em São Mateus

  Um motorista de ônibus identificado pelas iniciais E.F.D.S., de 38 anos passou por maus momentos na noite desta segunda-feira...

Policial18 minutos atrás

Polícia Militar apreende entorpecentes em Cachoeiro de Itapemirim

.  Policiais militares do 9º Batalhão apreenderam nesta segunda-feira (01), entorpecentes nos bairros Recanto e Alto União, em Cachoeiro de...

Nacional28 minutos atrás

Justiça do Rio de Janeiro mantém proibição de abertura de templos para cultos

Igreja Universal / Reprodução Pedido para abertura de templos foi feito por ações civis A Justiça do Rio manteve, nesta...

Saúde32 minutos atrás

Campo-grandenses e os aspetos que influenciam seu emagrecimento

  No ano passado, um estudo apontou Campo Grande como a 4ª cidade brasileira com maior número de obesos. Venha...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!