conecte-se conosco



Política

Youtube remove live de Bolsonaro com mentira que associou Aids à vacina

Publicado

em


source
null
Alan Santos/ PR

undefined


Após a repercussão negativa da live em que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) associou a Aids à vacina contra a Covid-19, o Youtube decidiu remover a transmissão ao vivo da plataforma. A decisão foi tomada no início da noite desta segunda-feira (25), mas o vídeo estava no ar desde a noite da última quinta (21).

A mentira de Bolsonaro , de que relatórios oficiais do Reino Unido teriam sugerido que pessoas totalmente vacinadas estariam desenvolvendo Aids “muito mais rápido do que o previsto”, foi feita durante a live semanal que ele transmite nas redes sociais. Com a repercussão, a declaração foi criticada pela comunidade científicapela classe política e esteve entre os assuntos mais comentados nas redes sociais hoje. Isso impulsionou a decisão do Youtube.

“Removemos um vídeo do canal de Jair Bolsonaro por violar as nossas diretrizes de desinformação médica sobre a Covid-19 ao alegar que as vacinas não reduzem o risco de contrair a doença e que causam outras doenças infecciosas. As nossas diretrizes estão de acordo com a orientação das autoridades de saúde locais e globais, e atualizamos as nossas políticas à medida que a orientação muda. Aplicamos as nossas políticas de forma consistente em toda a plataforma, independentemente de quem for o criador ou qual a sua opinião política”, diz o comunicado divulgado pela plataforma, segundo o G1.

Como Bolsonaro já havia recebido um alerta do Youtube em julho por descumprir essa mesma regra, ele ficará impedido de fazer transmissões e enviar vídeos durante uma semana. Se voltar a violar as diretrizes da plataforma no período de 90 dias, ele será penalizado com duas semanas sem publicar. Se receber três avisos de infração nesse mesmo período, o canal será removido permanentemente.

Leia Também


Mais cedo, o Facebook já havia aplicado a mesma punição a Bolsonaro: excluiu o vídeo . Já o Twitter fez uma sinalização no texto, mas decidiu manter o link no ar.

Repercussão política

Em meio às críticas de opositores à postura de Bolsonaro em relação ao combate à pandemia, novos pedidos de investigação foram registrados contra ele. De acordo com a publicação, o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), enviou um  pedido apresentado por parlamentares do PT, PSOL e PDT à Procuradoria-Geral da República (PGR). Como Bolsonaro tem foro privilegiado na Corte, é responsabilidade da PGR avaliar se há elementos para instauração de um inquérito contra ele.

Comente Abaixo
Polícia Federal14 minutos atrás

PF e BPFRON realizam apreensão de grande quantidade de drogas e cigarros asiáticos

Guaíra/PR – Na segunda-feira (29/11), durante patrulhamento nas margens do Lago de Itaipu, equipe policial visualizou movimentação suspeita em plena...

Polícia Federal14 minutos atrás

Polícia Federal realiza operação contra desvio de verbas públicas na saúde no Município de Serrinha/BA

Salvador/BA – A Polícia Federal, em ação conjunta com a Controladoria Geral da União (CGU), deflagrou nesta terça-feira (30/11) a...

Polícia Federal14 minutos atrás

PF deflagra segunda fase da Operação Frenesi

Fortaleza/CE- A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (30/11) a Operação Frenesi 2, com o objetivo desmantelar esquema de lavagem de...

Mulher14 minutos atrás

Mercúrio vai reger 2022: como ele influenciará o seu signo?

Redação João Bidu Mercúrio vai reger 2022: como ele influenciará o seu signo? Todo ano um planeta tem as energias...

Polícia Federal14 minutos atrás

Operação BARBA combate o tráfico de drogas na região de Guaíra/PR

Guaíra/PR – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira, 30/11, a Operação Barba, para combater o tráfico de drogas na região...

Polícia Federal14 minutos atrás

PF combate crimes ambientais no norte capixaba

Vila Velha/ES – A Polícia Federal, em conjunto com o IBAMA do Espírito Santo, deflagrou nesta terça-feira, 30/11, a Operação...

Polícia Federal14 minutos atrás

Operação Passa a Régua combate fraude em recursos do INSS

Goiânia/GO – A Polícia Federal, em conjunto com a Força-Tarefa Previdenciária, deflagrou nesta terça-feira (30/11) a Operação PASSA A RÉGUA,...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!