conecte-se conosco


Nacional

Witzel discorda de federalização do caso Marielle e questiona competência da PF

Publicado

em

source
Witzel arrow-options
Nelson Perez / GovRJ
Witzel discorda de federalização do caso Marielle e questiona competência da PF

O governador Wilson Witzel reagiu nesta quarta-feira (18) ao pedido de federalização do caso Marielle. Ele disse discordar que a investigação sobre os mandantes dos assassinatos da vereadora Marielle Franco e de Anderson Gomes, que trabalhava como motorista na ocasião, fique com a Polícia Federal. Em seu último dia como procuradora da República,  Raquel Dodge pediu a federalização da investigação ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Leia também: “Profundamente desrespeitoso”, diz viúva de Marielle sobre pedido de Dodge

“Tenho respeito pelos delegados de Polícia Federal, mas sabem investigar lavagem de dinheiro, tráfico internacional, corrupção. A PF não tem expertise nenhuma na investigação de crimes de homicídio”, disse Witzel . “Será que a Polícia Federal tem mais capacidade técnica do que as polícias para investigar? A PF não tem departamento de homicídios”, acrescentou, durante evento na Academia Estadual de Polícia Sylvio Terra (Acadepol).

O diretor do Departamento Geral de Homicídios e Proteção à Pessoa (DGHPP), delegado Antônio Ricardo Nunes, declarou que a Polícia Civil do Rio chegará aos mandantes do crime .

“Tivemos um pedido de federalização, mas podemos afirmar que nós vamos chegar nos mandantes. Se tiverem, nós vamos chegar. Esses desmembramentos já geraram frutos. Temos alguns desmembramentos em andamento e em breve, nós teremos algumas respostas e pessoas serão presas”, disse o delegado Antônio Ricardo Nunes.

Caso o pedido de federalização seja aceito pelo STJ, caberá à Justiça Federal , e não mais ao Judiciário local, o julgamento do caso. No mesmo pedido de deslocamento da competência para julgamento, Dodge apresentou pedido de abertura de um novo inquérito contra suspeitos que teriam participado de uma “encenação de investigação” para conduzir a apuração a falsos mandantes e esconder a verdadeira autoria dos assassinatos.

Leia mais:  Justiça cassa mandato do governador de Sergipe, Belivaldo Chagas (PSD) e da vice

O pedido foi feito após a procuradora analisar a tentativa de obstrução das investigações. Durante o processo de análise da federalização do caso, uma cópia da investigação que estava em andamento na Justiça do Rio foi solicitada pela procuradora, mas o compartilhamento de informações foi rejeitado pelo juiz responsável pelo caso.

Leia também: Autor de violência doméstica será obrigado a ressarcir o SUS

Além da federalização e a abertura de um novo inquérito, Dodge apresentou denúncia no STJ contra o conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ) Domingos Brazão, o delegado da Polícia Federal (PF) Hélio Kristian e mais quatro pessoas. Segundo a procuradoria, todos tentaram atrapalhar as investigações. “Eles todos participaram de uma encenação, que conduziu ao desvirtuamento”, afirmou a procuradora.

Fonte: IG Nacional
Comentários do Facebook
publicidade

Nacional

Policial é acusado de ter estuprado mulher que conheceu pela internet

Publicado

em

source
policial estupra mulher arrow-options
Reprodução/New York Post
Vítima do policial teve lesões na parte interna da coxa, ombros e rosto durante estupro.

O que era para ser um primeiro encontro, acabou com uma cena de horror. Um policial veterano de Idaho, nos Estados Unidos, está sendo acusado de estuprar uma mulher que conheceu pela internet.

Erich M. Simunich, de 43 anos, se entregou à polícia na última quarta-feira (16) após ser acusado de estupro. O caso teria acontecido no domingo (12), mas a vítima só teve coragem de acionar as autoridades dias depois. 

Leia mais: Babá é presa por estupro após dar à luz bebê do garoto cuidado por ela

Os dois assistiam um filme quando a mulher foi violentada sexualmente por Eric, segundo o promotor responsável pelo caso. Ao sair da sala por alguns minutos e retornar, a mulher viu o policial sem calças, segundo informações apuradas pelo New York Post. 

O oficial virou a vítima e a estuprou, arrancando uma das unhas quando ela tentou pegar o telefone. 

Um exame de agressão sexual constatou que a vítima teve hematomas na parte interna da coxa, nos ombros e rosto. 

Leia também: Mulher sofre estupro coletivo na Baixada Fluminense; suspeitos são presos

O agressor tentou minimizar o que houve na segunda-feira (14), mandando mensagens para a vítima, mas a mulher exigiu que ele se desculpasse. 

O policial foi suspenso por conta da acusação. O próximo julgamento está previsto para acontece no dia 25 de outubro, segundo o Idaho Statesman. 

Fonte: IG Mundo
Comentários do Facebook
Leia mais:  Concurso da Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 60 milhões neste sábado
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Nacional28 minutos atrás

Policial é acusado de ter estuprado mulher que conheceu pela internet

arrow-options Reprodução/New York Post Vítima do policial teve lesões na parte interna da coxa, ombros e rosto durante estupro. O...

Agricultura29 minutos atrás

O Boletim do Leite de outubro já disponível em nosso site!

Cepea, 18/10/2019 – Nesta edição, confira:   “Preços podem se manter estáveis em outubro” Os preços do leite pagos ao...

Mulher29 minutos atrás

Porque meu filho adolescente fica trancado no quarto? Psicanalista explica

Hoje vou escrever sobre crianças um pouco maiores, tenho sido muito questionada sobre o motivo de os adolescentes estarem sempre...

Variedades1 hora atrás

Saco escrotal de homem fica do tamanho de bola de futebol e apodrece

Uma infecção parasitária teria sido a causa do inchaço incomum do escroto do homem Um homem surpreendeu médicos do Panamá...

Entretenimento1 hora atrás

Geisy Arruda compra vibrador para a mãe e é detonada por seguidores

A influenciadora digital, contudo, perdeu as estribeiras com os seguidores e rebateu as críticas Geisy Arruda perdeu a paciência com...

Mundo1 hora atrás

Idosa de 75 anos dá a luz a um bebê; pai da criança tem 80 anos

Uma mulher de 75 anos deu à luz uma menina no Hospital Kinker, em Rajasthan, na Índia. De acordo com...

Estadual1 hora atrás

Tripulantes do navio Logos Hope visitam a Unis e a UFI

Na última quarta-feira (16), doze tripulantes de diferentes nacionalidades, do Navio Logos Hope, estiveram na Unidade de Internação Socioeducativa (Unis)...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana