conecte-se conosco


Direto de Brasília

Weintraub: nova Previdência pode trazer mais verbas para universidades

Publicado

em


Jair Bolsonaro e Abraham Weintraub
Andre Sousa/MEC – 25.4.19

Presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Educação, Abraham Weintraub; MEC cortou verbas de universidades

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, voltou a dizer nesta terça-feira (14) que a aprovação da reforma da Previdência resultaria na recuperação da economia do país e poderia evitar que os recursos das universidades federais permaneçam contingenciados. Nos últimos dias, foi anunciado o contingenciamento de 3,4% do orçamento total da universidade federais.

Leia também: Universidades federais convocam greve e manifestação contra corte de gastos

“A partir de setembro elas [as universidades federais] teriam que cortar mesmo se não for descontingenciado. Então, a grita que está tendo é que em setembro pode faltar o recurso se não for descontingenciado. Daqui até lá, acho que vai ser aprovada a nova Previdência, a economia vai recuperar. Não ficamos parados, estamos buscando soluções e peço para as universidades buscarem também eficiência”, disse Weintraub , em café da manhã com jornalistas.

Questionado se o Ministério da Educação está livre de novo bloqueio de recursos, caso o governo federal anuncie mais cortes de gastos do orçamento, Abraham Weintraub disse que vai conversar sobre o assunto com o ministro da Economia, Paulo Guedes. “Hoje vou falar com o Paulo Guedes, vou perguntar especificamente sobre isso e vou ter uma resposta”, disse. Diante da insistência sobre não ter a garantia de que a pasta estaria livre de novo contingenciamento , disse que “a única certeza na vida é a morte e os impostos”.

No último dia 9, o secretário especial da Fazenda, Waldery Rodrigues, disse que o governo pode anunciar novo contingenciamento  com a possibilidade de redução na projeção de crescimento do país.

Leia também: Governo corta bolsas de pesquisa oferecidas pela Capes em todo o País

Leia mais:  Bolsonaro diz que vai a Davos “apresentar Brasil diferente e livre da corrupção”

Educação básica e ensino superior

O ministro defendeu o fortalecimento da educação básica. Para ele, nos últimos anos o ensino superior foi priorizado no repasse de recursos. “A evolução do gasto total com a educação em relação ao PIB [Produto Interno Bruto] aumentou. Como? Com educação superior, principalmente nas universidades federais. Hoje o Brasil já gasta 7% do PIB com educação, vemos que foi um aumento nas universidades federais. Na educação básica, ficou de lado, o ensino profissional ficou largado e os demais gastos, que são repasses, também aumentaram pouco”, disse.

Weintraub avalia que é preciso dar atenção especial também ao ensino técnico. “O Brasil tem uma demanda muito grande pelo ensino técnico e não estamos atendendo”.

Fonte: IG Política
Comentários do Facebook
publicidade

Direto de Brasília

Tensão entre EUA e Irã permanece alta após atentado com foguete

Publicado

em


Míssil
Reprodução/ Agência Fars

Governo do Iraque afirmou que ninguém ficou ferido no ataque

Nenhum grupo assumiu até agora a autoria do lançamento de um foguete em área fortemente reforçada contra ataques em Bagdá, nesse domingo (19), mas o atentado acontece em meio à forte tensão entre os Estados Unidos (EUA) e o Irã .

Leia também: Irã formaliza suspensão de regras de acordo nuclear

O Exército do Iraque informou que um foguete atingiu a Zona Verde da capital, que é o local onde está situado o edifício da embaixada americana e prédios governamentais. Autoridades confirmaram que não houve vítimas, nem danos.

Este mês, o governo dos Estados Unidos emitiu ordem de evacuação para alguns de seus funcionários lotados no Iraque, com base em possíveis ataques por parte do Irã às forças americanas e às suas outras missões no país.

Washington também enviou uma força-tarefa de bombardeiros e um grupamento de ataque com porta-aviões para o Oriente Médio.

Leia também: Após anúncio sobre acordo nuclear, EUA impõem novas sanções ao Irã

O jornal Washington Post citou autoridades iraquianas e diplomatas europeus, dizendo que até mesmo pequenas provocações, como o lançamento de foguetes, poderia gerar forte reação dos Estados Unidos, levando a região a uma onda de mais violência e instabilidade.

Fonte: IG Política
Comentários do Facebook
Leia mais:  Só 6 dos 13 presidenciáveis registraram candidatura no TSE; prazo vai até quarta
Continue lendo
Entretenimento59 minutos atrás

Ex de Zezé Di Camargo, Zilu surge de noiva e dispara: “Me empolguei em casar”

Nesta segunda-feira (20) Zilu Godoi, ex-esposa de Zezé Di Camargo, surgiu vestida de noiva em seu perfil do Instagram . ...

Esportes1 hora atrás

Consórcio Rio Motorsports construirá autódromo do Rio de Janeiro

Divulgação Novo autódromo do Rio de Janeiro será construído em Deodoro O Rio Motorsports foi o vencedor do edital de...

Nacional1 hora atrás

Tremor de terra é sentido em cidades do interior de Minas Gerais e São Paulo

Reprodução De acordo com a UnB, o tremor começou às 16h46 e pode ser sentido em um raio de 100...

Regional2 horas atrás

Trabalhador é assassinado com tiro no rosto durante forró no Norte do ES

Iago Oliveira dos Santos, de 26 anos, é da cidade de Canavieiras, na Bahia, e estava na região para a...

Mundo2 horas atrás

Cantora de 74 anos vira ‘virgem de novo’ antes de se casar, mas acaba abandonada

A cantora peruana Juana Judith Bustos, de 74 anos, estava se preparando para se casar com o namorado, Elmer Molocho, de...

Entretenimento2 horas atrás

Após polêmica com Loreto, Marina Ruy Barbosa é “ameaçada” por Juliana Paes

Nesta segunda-feira (20) Juliana Paes brincou com Marina Ruy Barbosa por meio de um comentário postado em seu perfil nas redes...

Esportes2 horas atrás

Torcida do Flamengo se mobiliza e marca protesto no Ninho do Urubu

Alexandre Vidal / Flamengo Torcida do Flamengo marcou protestos contra Abel Braga para o Ninho do urubu Na noite desta...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana