conecte-se conosco


Direto de Brasília

Votação de destaques da MP da Reforma Administrativa acontece nesta quinta

Publicado

em


Sessão Câmara
Luis Macedo/Câmara dos Deputados – 22.5.19
Plenário da Câmara dos Deputados durante sessão para votar reforma administrativa

A conclusão da votação dos destaques da Medida Provisória (MP) 870/19, que trata da  reforma administrativa
do governo do presidente Jair Bolsonaro que reduziu o número de ministérios de 29 para 22, acontece nesta quinta-feira(23).

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), encerrou a sessão desta quarta por volta das 22h devido a polêmicas na votação do destaque que retirava do texto da reforma administrativa
a restrição de auditores fiscais investigarem crimes que não sejam de ordem fiscal.

Leia também: Senado aprova criminalização da homofobia, mas deixa igrejas fora da regra

O texto da MP
tem que ser votado nos plenários da Câmara
e do Senado
até o dia 3 de junho ou perderá a validade. Maia
convocou nova sessão para a manhã desta quinta para votar os destaques. Ele também convocou uma sessão para a parte da tarde para tentar votar as outras medidas provisórias
que trancam a pauta.

Além do destaque que trata dos auditores da receita, também deverá ser votado um destaque que trata da Financiadora de Estudos e Projetos ( Finep
), empresa pública brasileira de fomento à ciência, tecnologia e inovação em empresas, universidades, institutos tecnológicos e outras instituições públicas ou privadas. A empresa é vinculada ao Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação.

O destaque quer evitar a transferência do controle do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico ( FNDCT
) da Finep para a secretaria-executiva do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

Antes, no início da noite desta quarta, o plenário aprovou o texto-base
da MP 870/19. Os deputados aprovaram o texto da comissão mista que analisou a matéria e que devolve para o Ministério da Economia o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf)
. O governo havia transferido o órgão para o Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Leia mais:  Polícia Civil e MP realizam operação contra 81 traficantes de droga em Niterói

O texto também transferiu novamente para o Ministério da Justiça e Segurança Pública a Fundação Nacional do Índio ( Funai
), que também ficará responsável pela demarcação de terras indígenas. Antes o órgão estava subordinado ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e a demarcação era uma atribuição do Ministério da Agricultura.

Leia também: CCJ do Senado aprova projeto que inclui mulheres trans na Lei Maria da Penha

Os deputados firmaram um acordo para evitar uma das polêmicas, a recriação de dois ministérios fundidos (Cidades e Integração Nacional). Pelo acordo, os deputados aprovaram a manutenção dos dois no Ministério do Desenvolvimento Regional, revertendo a mudança proposta pelo projeto de lei de conversão do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE).


Na sequência, os deputados começaram a votar os destaques,que alteram trechos do texto aprovado. Dois destaques foram rejeitados em votação simbólica: a recriação dos ministérios do Trabalho e da Cultura.

Em seguida foi colocado em votação o destaque que pretendia devolver o Coaf para o Ministério da Justiça e Segurança Pública. Por 228 contra 210 o destaque foi rejeitado. O líder do governo, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), minimizou a derrota da posição do governo.

“Nós fizemos aqui todo esforço, queria agradecer ao apoio de vários partidos, mais de 200 parlamentares votando a favor do governo, do Coaf para que ficasse junto do Ministério da Justiça. Fomos derrotados, mas essa é a democracia”, disse Vitor Hugo.

Auditores fiscais

O destaque que restringe a atuação dos auditores fiscais não chegou a ser votado. Ele retira do texto a limitação ao compartilhamento de informações bancárias e fiscais com órgãos como o Ministério Público. A mudança foi incluída por meio de uma emenda.

Nesta semana, os auditores fizeram atos públicos contra o texto da MP. Segundo os auditores fiscais, o compartilhamento de dados, pela emenda, só seria permitido com autorização judicial, o que inviabiliza a investigação de crimes conexos à sonegação, privando o Ministério Público Federal e a Polícia Federal de informações fornecidas pela Receita Federal a respeito de atividades financeiras suspeitas.

Leia também: Deputado quer discutir decreto com Bolsonaro: “Doido entende outro doido”

Fonte: IG Política
Comentários do Facebook
publicidade

Direto de Brasília

Tribunal autoriza que Gleisi Hoffmann atue como advogada de Lula

Publicado

em

source
Gleisi Hoffmann enxuga Lula arrow-options
Edilson Santos/Agência O Globo
Gleisi Hoffmann está autorizada a atuar como advogada de Lula


O desembargador federal João Pedro Gebran Neto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), deferiu na última segunda-feira (12) liminar em mandado de segurança autorizando a deputada federal Gleisi Hoffmann a atuar como advogada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Leia também: Nova delação de Palocci implica Lula, Dilma, Gleisi, Lindbergh e outros petistas

A parlamentar recorreu ao Tribunal após ter o pedido de acesso pessoal a Lula na qualidade de advogada negado pela 12ª Vara Federal de Curitiba. Segundo Gleisi , ela teria sido instituída advogada por Lula para ajuizar ação indenizatória em face das ofensas proferidas contra ele nas redes sociais na ocasião do falecimento de seu neto.

Gebran frisou que é uma garantia fundamental ao preso a assistência por advogados, não sendo razoável limitar-se tal direito. “A incompatibilidade (proibição total) limita-se aos parlamentares que integrem a mesa diretora do Poder Executivo, o que não é o caso”, analisou o magistrado.

O desembargador, entretanto, salientou que  Gleisi Hoffmann deverá cumprir o regramento de visitação estipulado pela Superintendência da Polícia Federal de Curitiba.

Fonte: IG Política
Comentários do Facebook
Leia mais:  Bombeiros localizam mais dois corpos em Brumadinho na madrugada deste domingo
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Nacional41 minutos atrás

Pastor dopado, roubo de dinheiro e Flordelis mentora: filho faz novas revelações

arrow-options Reprodução/Facebook Deputada resolveu exonerar a mulher de um dos filhos adotivos, o também deputado Misael Em depoimento a policiais...

Nacional41 minutos atrás

Policial do Bope tem mal súbito durante exercício de Crossfit e morre

arrow-options Reprodução Leonardo Garces, de 28 anos, passou mal durante realização de exercício de Crossfit O policial militar Leonardo Garces...

Nacional41 minutos atrás

Sequestrador de ônibus contou a parentes que ouvia ‘vozes dentro da cabeça’

arrow-options Reprodução Willian dizia estar em depressão e “sofrendo muito”, além de ter passado a beber demais No início deste...

Entretenimento42 minutos atrás

Em “Órfãos da Terra”, Dalila é atingida por tiro

A vida de Robson (Alex Morenno) em “Órfãos da Terra” virou de cabeça pra baixo depois que o rapaz começou...

Entretenimento42 minutos atrás

Régis se revolta contra Jô após ser baleado em “A Dona do Pedaço”

A casa caiu para Régis (Reynaldo Gianechinni) e Jô (Agatha Moreira) em “A Dona do Pedaço”. Depois de terem sido...

Entretenimento42 minutos atrás

Caso de Paloma e Marcos renderá polêmicas em “Bom Sucesso”

Nesta quarta-feira (21) vai ao ar mais um capítulo de “Bom Sucesso”, novela da  Globo  escrita por  Rosane Svartman e Paulo Halm. ...

Nacional3 horas atrás

Quarta-feira começa com garoa, mas sol aparece durante a tarde, em São Paulo

arrow-options Roberto Casimiro/Fotoarena/Agência O Globo – 4.8.19 Céu nublado em São Paulo As temperaturas continuam baixas em São Paulo , nesta...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana