conecte-se conosco


Entretenimento

Virada Cultural 2019 terá 1.200 apresentações espalhadas pela cidade

Publicado

em

A Virada Cultural é um dos festivais mais esperados pelos paulistanos e é um dia em que a cidade literalmente não dorme, já que a programação começa às 18h do sábado (18) e vai até às 18h do domingo (19).

Leia também: Secretário da Cultura de Doria fala em descentralizar virada cultural em 2017


Virada Cultural
Reprodução/Instagram

Virada Cultural

Com mais de 1.200 atrações, a Virada Cultural já é considerada uma das maiores edições do festival. O evento terá palcos espalhados por todos os cantos da cidade e com uma programação com a expectativa de atender jovens, crianças, adultos e idosos. A expectativa é atrair 5 milhões de pessoas e por isso a Prefeitura de São Paulo investiu em grandes nomes da música atual.

Ao contrário do que muitos pensam, o festival conta com shows, contações de história, espetáculos de dança, apresentações circenses, peças teatrais e festas open-air. O mais legal dessa edição é que na maioria dos shows terá um interprete de Libras.

No Diário Oficial , a Secretaria de Cultura informou pagar R$ 300 mil para Anitta se apresentar no palco do Anhangabaú, R$ 75 mil para Karol Conka e R$ 100 mil para a dupla Anavitória. Esse dinheiro geralmente é distribuído entre o artista e a equipe de cada um.

  • Festas

Essa será a primeira vez o que evento terá festas em sua programação: Santo Forte e Lunática são as novidades da 15ª edição. Ambas acontecerão no cruzamento da Avenida Paulista com a Rua Consolação, na Praça dos Arcos. O fervo clubber começa com a Santo Forte no sábado (18) às 22h. Na sequência, às 2h da madrugada do dia 19, começa a Lunática, que espera animar o público até as 6h da manhã.

  • Apresentações circenses

Essa também será a primeira edição que o Itaú Cultural fará parte da programação. No sábado, o espetáculo de Shakespeare para crianças, da Cia Vagalum Tum Tum é a primeira apresentação do espaço e segue com a performer Bárbara Francesquine, que se apresenta às 23h30 na calçada do prédio. Em seguida, ela conduz o público para dentro onde tem um grande Cabaré com números e personagens do circo.

Leia mais:  HBO celebra Halloween com maratona de “Fantasmagorias”

Durante a manhã de domingo (19), o espaço irá oferecer um café da manhã para o publico ali presente e em seguida dará início a uma série de atividades com temática circense para todos os públicos, entre peças, show e contação de história.

No Paissandú as 24h serão de apresentações circenses com Chocobrothers, Cabaré Mundo Circus, Uma Série de surpresas, Amor com Risco, Circo Jazz, Fechação: um cabaré queer, MagikaMerluza, Cabaré das Palhaças, Compilação Suno e Magia, respectivamente.

Leia também: Virada Cultural retorna mais centralizada e com ícones dos anos 90

  • Palco cristão


Priscilla Alcantara se apresenta no palco cristão da Sé
Reprodução/Instagram

Priscilla Alcantara se apresenta no palco cristão da Sé

Essa edição da Virada também terá pela primeira vez um palco inteiramente dedicado as músicas cristãs, que ficará localizado na Praça da Sé. A programação inclui nomes de destaque como Priscilla Alcântara, Laura Souguellis, Pregador Luo e banda Ao Cubo.

Priscilla Alcântar, que é um fenômeno entre os jovens cristãos, abre a programação no sábado cantando seus maiore shits  como  Gente, Me Refez, Liberdade e Espírito Santo . O rapper Pregador Luo, ex-integrante da banda Apocalipse 16, anima a madrugada com Blindadão , Bate Pesadão , Muita Treta  e Já Posso Suportar

Laura Souguellis faz show na tarde de domingo, trazendo sucessos como Amor que Enche , Filho Amado  e Em Teus Braços . Ela canta também regravações de dois clássicos da música gospel norte-americana: Santo Espírito  ( Holy Spirit ) e Mais Perto  ( Closer ).

O palco da Sé ainda conta com shows das bandas Ao Cubo e Rosa de Saron, dos veteranos Ton Carfi e Anderson Freire, entre outros nomes.

  • Palcos no centro da cidade


Roberta Miranda
Reprodução/Instagram

Roberta Miranda

Roberta Miranda é atração confirmada mais uma vez na 15ª edição do festival. A Rainha da Música Sertaneja sobe ao palco da Luz, às 01h da manhã do domingo (19). Roberta Miranda traz alguns de seus maiores sucessos como Majestade o Sabiá, Vá com Deus, Meu Dengo 
e músicas novas que promete animar o público.

Leia mais:  Criar filhos no anonimato é escolha que muitas famosas fazem e outras resistem

Anitta também é uma das atrações mais esperadas para esse fim de semana. A cantora se apresenta no domingo, às 13h30, em um dos palcos principais da Virada no Vale do Anhangabaú. Nomeado como “Plural”, o palco irá receber Palavra Cantada, Ofertório – Caetano, Moreno, Zeca e Tom Veloso, Criolo, Seun Kuti & Egypt 80 part. IZA, Aline Barros, Anitta, Anavitória e Lucas Lucco – os três últimos com interpretação de Libras.

  • Viradinha

Para as crianças o Centro de Formação Cultural da Cidade Tiradentes terá o domingo (19) repleto de programação infantil. Com brinquedos a vontade para a criançada brincar, a partir das 10h as apresentações começam com Musicriando Itinerante, Pintura de rosto, Mad Science: ciência divertida, uma oficina de percussão com  Bloco Chinelo de Dedo e finaliza a Viradinha com a apresentação do mesmo bloco.

Leia também: Anitta pode aprender algo com Tiago Iorc sobre divulgação de um álbum?

  • Centros Culturais


Negra Li se apresenta no Centro Cultural Grajaú
Reprodução/Instagram

Negra Li se apresenta no Centro Cultural Grajaú

Negra Li também é atração confirmada. A cantora divulgou “Raízes”, seu quatro álbum recentemente, e sobre ao palco do Centro Cultural Grajaú, zona sul da capital, às 14h00 de domingo. Além de Negra Li, o Centro Cultural Grajaú também contará com apresentações de nomes como Paula Mattos, Ponto de Equilíbrio e o fenômeno Baco Exu do Blues.

No Centro de Formação Cultural de Tirandentes, IZA e Emicida se apresentam. O rapper fará show a 01h da manhã de domingo (19) e IZA  finaliza a Virada Cultural  em um dos palcos da zona leste, às 17h.

Fonte: IG Gente
Comentários do Facebook
publicidade

Entretenimento

Moral em baixa! Deborah Blando, Lulu Santos e os críticos à música brasileira

Publicado

em

Da MPB ao sertanejo, do pop ao funk, a música brasileira sempre foi muito celebrada em praticamente todos os cantos do mundo. No entanto, essa diversidade não é tão apoiada no nosso País.

Leia também: Tiago Iorc reaparece e lança álbum de inéditas


Lulu Santos, Jorge Vercillo e Deborah Blando
Montagem

Lulu Santos, Jorge Vercillo e Deborah Blando


Alguns estilos da música brasileira , como o sertanejo e o funk, são muito criticados principalmente por suas letras “vazias” e “sem significado nenhum”, como dizem alguns críticos. Um bom exemplo disso é Anitta. Algumas canções da cantora, que é a maior estrela do funk nacional atualmente, já virou alvo de inúmeras críticas por conta de suas canções.

Abaixo, separamos as dez vezes em que nossa  música  foi duramente criticada por vários famosos.

  • Lulu Santos

Em 2017, Lulu Santos usou o Twitter para publicar comentários sobre as canções que fazem sucesso no Brasil.

“Caramba! É tanta bunda, polpa, bumbum granada e tabaca que a impressão que dá é que a MPB regrediu pra fase anal. Eu, hein?”, escreveu.

Posteriormente (e depois de muita discussão entre seus seguidores), o cantor se explicou, já que os internautas entenderam a mensagem como uma indireta para Anitta, que havia lançado uma música no mesmo dia.

“Que fique bastante claro que minha opinião sobre as letras escatológicas, pessoal, intransferível e soberana, nada tem a ver com Anitta, de quem gosto e a quem respeito, muito menos com as periferias onde se continua fazendo excelente arte e vida. Respeito! Grato”, explicou.

  • Deborah Blando

Na última semana, Deborah Blando virou alvo de vários comentários. Tudo isso porque a cantora também divulgou sua opinião sobre a cultura musical do país, afirmando que as músicas que fazem sucesso por aqui viraram “pornográficas” ou “de corno”, com letras “machistas e grotescas”. E, ao falar sobre seu último show no Brasil, Deborah afirmou que “trabalhar no Brasil se tornou inviável para quem tem talento”.

  • Jorge Vercillo
Leia mais:  Em luta contra o câncer, Deise Cipriano, do Fat Family, tem melhora e deixa UTI

Outro cantor que falou sobre o assunto foi Jorge Vercillo. Longe da mídia há um certo tempo, o artista criticou, em 2018, a má qualidade da música atual. “A MPB anda muito pobre, fraca, infantil, feia e sem imaginação”, apontou.

Leia também: Elza Soares vira Cidadã Honorária de Belo Horizonte e faz show na cidade

  • Joana Balaguer

Ainda no ano passado, Joana Balaguer, que fez parte do elenco de “Malhação”, entre 2005 e 2007, comentou sobre o hit Que Tiro Foi Esse? , de Jojo Todynho. “Imagina as festas infantis, todo mundo dando tiro e fingindo que tá morrendo?”, disse em seu Instagram Stories.

Depois, diante da repercussão das críticas, a atriz se explicou: “Eu não tenho nada contra a música, muito pelo contrário. Acho que a música fica, é viral, é animada, e tem aquela coisa do brasileiro de dançar. Estão me falando que é tiro de amor, tipo que ‘chegou lacrando’, só que o que me incomodou não é a música. Mas os vídeos das pessoas fingindo que estão morrendo, levando um tiro”, disse.

  • Victor Chaves

Apesar de também ser um cantor sertanejo, Victor Chaves, da dupla com Leo, se posicionou contra o rumo que a música sertaneja tomou. Durante um evento em São Paulo, em 2013, o compositor disse: “Existe uma pornografia na música atual chamada sertaneja. A maior parte das canções das duplas atuais eu não deixaria meu filho ouvir. E já falei ao Leo para que sobrinhos meus e filhos dele não ouçam”.

  • Zezé di Camargo

Zezé di Camargo, uma das maiores vozes da música caipira, comentou sobre o movimento universitário do sertanejo. “A música sertaneja piorou de uns cinco anos para cá. O espaço para a gente está melhor, porque hoje rola sertanejo até em balada, né? No nosso tempo não era assim. Mas não entendo isso, a música ficou ruim e conquistou muito público”, disse, em 2012.

  • Rita Lee
Leia mais:  Ator da série “The Walking Dead” revela redenção de vilão na 9ª temporada

Conhecida por não ter papas na língua, Rita Lee não chegou a criticar, exatamente, um estilo de música específico. Mas para bom entendedor, meia palavra basta, não é mesmo? Ao ser questionada por uma seguidora do Twitter, que disse que a irmã só escutava Luan Santana, Restart e Justin Bieber, a cantora foi categórica.

“Tranque a menina no congelador”, respondeu.

  • Lobão

Já deu para perceber que o sertanejo é um dos maiores injustiçados dessa lista, não é mesmo? Outro famoso que criticou o estilo foi o cantor Lobão que, em 2011, fez declarações polêmicas. “As pessoas não sabem mais o que é rock n’ roll. Cara, esse agrobrega, esse sertanejo ‘universiotário’ é uma demência”, declarou.

Leia também: Erasmo Carlos: “Fico assustado com esse governo, só vejo abobrinhas”

  • Supla

Durante sua temporada como jurado do “Ídolos”, programa já extinto do SBT , Supla criticou o ritmo sertanejo dos candidatos que passaram pelo programa, dizendo que não aguentava mais ouvir música caipira nas apresentações. Além disso, o artista usou o termo “sertanojo” para falar do assunto.

  • Aguinaldo Silva

Mais uma vez, a música de Jojo Todynho foi duramente criticada. Aguinaldo Silva, renomado autor de novelas, comentou sobre a canção no ano passado, nas redes sociais. “Infelizmente as mais de mil pessoas vítimas de balas perdidas no Rio de Janeiro ano passado não podem levantar de suas tumbas e sair cantando alegremente por aí: ‘ Que Tiro Foi Esse? ’”, refletiu o autor sobre a música brasileira.

Fonte: IG Gente
Comentários do Facebook
Continue lendo
Esportes9 minutos atrás

VAR em ação! Confira os melhores memes sobre árbitro de vídeo na web

O VAR, que é a sigla em inglês de “Video Assistant Referee”, ou árbitro de vídeo , no português mais...

Entretenimento10 minutos atrás

Moral em baixa! Deborah Blando, Lulu Santos e os críticos à música brasileira

Da MPB ao sertanejo, do pop ao funk, a música brasileira sempre foi muito celebrada em praticamente todos os cantos...

Regional16 minutos atrás

Caminhão tomba na BR-101 e deixa trânsito lento

SOORETAMA (ES) – Um caminhão tombou no quilômetro 121 da BR-101 em Sooretama, no Norte do Estado, e deixou o...

Mulher26 minutos atrás

Espinhas além do rosto: como evitar acne nas costas ou outras partes do corpo?

Não é só no rosto que as espinhas costumam aparecer e é comum encontrar acne nas costas, no tronco e...

Nacional27 minutos atrás

UE inicia hoje a eleição ‘mais importante da história’ para o grupo; entenda

Pietro Naj-Oleari/ European Parliament – 15.7.16 Bandeira da União Europeia a meio mastro, na sede do Parlamento Europeu na cidade...

Direto de Brasília42 minutos atrás

Moro admite derrota em decisão sobre Coaf: “Perder faz parte da democracia”

Marcelo Camargo/ABr Sérgio Moro afirmou que perdas e ganhos fazem parte da democracia e lamentou a transferência do Coaf O...

Entretenimento42 minutos atrás

Prêmio Camões para Chico Buarque adensa seu significado na literatura brasileira

Chico Buarque de Hollanda foi anunciado como o ganhador da 31ª edição do Prêmio Camões de Literatura e levará para...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana