conecte-se conosco



Variedades

VÍDEO | Mulher vibra jogando cinzas do marido morto no lixo: ‘Bastardo nojento’

Publicado

em

Ela alega que isso foi por toda a dor que ele causou em seus filhos e nela

Uma mulher filmou um vídeo jogando as cinzas do falecido marido em uma lata de lixo. De acordo ela, o homem era lixeiro, e que então ela iria mandá-lo pra onde ele sempre esteve.
Ainda de acordo com a mulher, isso foi por toda a dor que ele causou em seus filhos e nela. Ela então começa a jogar de pouquinho em pouquinho as cinzas enumerando motivos.
Na primeira porção, ela afirma: “isso é por todas as vezes que ele chutou a minha cabeça”. Então ela comenta que ele é fedido, partes dele caem na grama e ela diz que não queria ele ali, e então começa a pisar na porção derramada na grama.
Mas então ela desiste de uma longa enumeração e joga tudo de uma vez dizendo: “adios, amigos!”. O vídeo, entitulado “Último adeus pra esse BASTARDO NOJENTO” chegou a 163.000 visualizações até o momento devido à extrema bizarrice do ocorrido.
A mulher, chamada Marsha, até ganhou apoio nos comentários. Mas não se sabe sobre a veracidade de suas acusações, mas, no geral, se sabe bem os danos que uma pessoa má pode fazer na vida de alguém.


(*O Dia)

Comentários do Facebook

Variedades

Estudo confirma: O dinheiro pode mesmo comprar a felicidade

Publicado

em

Estes são os resultados de um novo estudo publicado na revista científica Emotion.

Afinal, o dinheiro pode comprar a felicidade. Esta é a conclusão de um novo estudo, publicado na revista científica Emotion, e divulgado pelo New York Post. 

Entre as décadas de 1970 e 2010, “a correlação positiva entre status socioeconômico” – incluindo rendimentos, educação e prestígio ocupacional – e a felicidade aumentaram, conforme constataram as descobertas.

“O vínculo felicidade-dinheiro ficou cada vez mais forte ao longo das décadas – a felicidade está mais fortemente relacionada aos rendimentos agora do que nas décadas de 1970 e 1980”, disse à Fox o principal autor do artigo, Jean Twenge, professor de psicologia da Universidade de San Diego. “Então, o dinheiro compra mais a felicidade agora do que no passado.”

O estudo utilizou dados do General Social Survey, que identifica mudanças na sociedade americana e é uma das pesquisas mais representativas de adultos americanos, com 44.198 participantes analisados entre 1972 e 2016.

Comentários do Facebook
Continue lendo

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!