conecte-se conosco


Carros e Motos

Veja vídeo de 5 carros híbridos e elétricos  do Salão do Automóvel 2018

Publicado

em

Eletrificação. Essa é a palavra chave do Salão do Automóvel 2018 que estará aberto no São Paulo Expo até o próximo dia 18. As fabricantes envolvidas elevaram o debate à uma questão quase filosófica para ilustrar o futuro aos visitantes que ainda não estão convictos de que, um dia, serão proprietários de um carro híbrido ou elétrico. Mesmo as fabricantes que ainda não têm planos de integrar veículos eletrificados no portfólio brasileiro acabaram mostrando um modelo ou outro por lá.

LEIA MAIS: Conheça o conceito da Hyundai que antecipa a próxima geração do HB20

Este é o caso da Caoa Chery, que tem quatro carros elétricos em seu catálogo na China. A Kia Motors também optou por mostrar versões eletrificadas de Soul, Niro e Optima que fazem bastante sucesso na Ásia. No meio de tantos veículos na categoria, dá para se perder no pavilhão. Para dar uma forcinha na sua experiência, a reportagem do iG Carros elege os cinco carros híbridos e elétricos mais legais do Salão do Automóvel 2018
. Apesar de todos os modelos da lista estarem confirmados no Brasil, alguns ainda não têm preço.

1 – Chevrolet Bolt EV – R$ 175 mil


Chevrolet Bolt é destaque da marca no Salão do Automóvel 2018, junto do facelift do Camaro
Caue Lira/iG
Chevrolet Bolt é destaque da marca no Salão do Automóvel 2018, junto do facelift do Camaro

O estande da GM está colado na entrada do São Paulo Expo e provavelmente será um dos primeiros que você irá visitar. Depois de apreciar como as linhas do Camaro 2019 ficaram harmoniosas e agressivas, não deixe de entrar no Chevrolet Bolt EV. O modelo totalmente elétrico da GM chegará às concessionárias em 2019 por R$ 175 mil. De acordo com a fabricante, o objetivo é democratizar sua categoria.

Leia mais:  Jeep Renegade Limited:  quando o máximo nem sempre é o melhor

LEIA MAIS: Chevrolet Bolt EV: andamos no eletrificado da GM que será vendido no Brasil

O Bolt tem 383 km de autonomia com carga completa. Conforme divulgado pela marca, apenas uma hora de recarga em uma tomada doméstica proporciona 40 km de autonomia. Carregadores de eletropostos espalhados por algumas capitais do Brasil são mais eficientes, bastando 30 minutos para rodar mais 145 km. Já tivemos a oportunidade de trazer a primeira unidade do Chevrolet Bolt EV
emplacada no Brasil para a nossa redação no começo do ano. Portanto, não deixe de conferir as impressões sobre o seu uso em São Paulo clicando no link acima.

2 – VW e-Golf – preço não anunciado


Volkswagen e-Golf: sem preço anunciado, modelo já está no Salão do Automóvel 2018
Divulgação
Volkswagen e-Golf: sem preço anunciado, modelo já está no Salão do Automóvel 2018

A Volkswagen já confirmou que teremos duas novas versões do Golf em um futuro não muito distante. Tanto o modelo GTE (híbrido) quando e-Golf
(elétrico) estarão expostos no estande da marca alemã no São Paulo Expo. Preços ainda não foram revelados, mas a versão totalmente elétrica custa 39 mil euros na Europa (algo em torno de R$ 170 mil com uma conversão simples).

LEIA MAIS: Jeep no Salão do Automóvel: Novo Wrangler e versões do Renegade

A demanda global do modelo elétrico é tão grande que a Volkswagen praticamente dobrou sua produção na fábrica de Wolfsburg (Alemanha) no início do ano. Passou de 35 para 70 unidades por dia, representando 2.100 modelos produzidos por mês. O e-Golf é equipado com um conjunto de baterias de 35,8 kWh, proporcionando autonomia de 200 km. De acordo com a Volkswagen, o modelo tem despertado muito interesse em países desenvolvidos, como Alemanha, Noruega e Holanda.

Leia mais:  Lewis Hamilton estreia em comercial do Mercedes AMG GT 4-Door, da pista às ruas

3 – Nissan Leaf – R$ 178.400


O Salão do Automóvel 2018 marca a estreia do Nissan Leaf entre os carros elétricos brasileiros
Caue Lira/iG
O Salão do Automóvel 2018 marca a estreia do Nissan Leaf entre os carros elétricos brasileiros

Quando a Nissan apresentou a primeira geração de seu modelo 100% elétrico em 2010, a concorrência condenou a atitude. Oito anos depois, todas tiveram que correr atrás do prejuízo com novos carros híbridos e elétricos. O Leaf
é o modelo mais vendido da categoria, ostentando incríveis 365 mil unidades emplacadas em todo o planeta. Ele será oferecido por R$ 178.400, contando com garantia de oito anos para seu conjunto de baterias.

LEIA MAIS: Mitsubishi Pajero Sport chega para brigar com SW4 e Trailblazer

O Leaf entrega 150 cv de potência e 32,6 kgfm de torque. De acordo com a Nissan, uma recarga total em tomada doméstica leva em torno de oito horas. Com “tanque cheio”, o modelo é capaz de percorrer até 240 km. Aproveite que você estará no estande da Nissan e dê uma olhada no X-Trail híbrido. O modelo está passando por avaliação no mercado brasileiro e poderá ser vendido por aqui se os resultados forem satisfatórios.

4 – Renault Zoe – R$ 149 mil


Renault Zoe é atração principal no estande da marca no Salão do Automóvel 2018
Caue Lira/iG
Renault Zoe é atração principal no estande da marca no Salão do Automóvel 2018

O Zoe
é um sonho antigo da Renault do Brasil. A marca sempre esteve envolvida na “cena” dos carros elétricos, chegando a fornecer uma frota do compacto Twizy para seguradoras nas grandes cidades. Quem esteve no Salão do Veículo Elétrico em setembro teve a oportunidade de conhecer o Zoe de perto, e até mesmo dirigir o veículo em um trajeto curto. Por R$ 149 mil, será o modelo mais barato da categoria.

Leia mais:  Chevrolet Onix Joy 2019: versão mais em conta é modesta, mas eficiente

Tal como o Kwid, a Renault também iniciou as vendas do Zoe pela internet. A versão que será emplacada no Brasil já foi homologada pelo Inmetro, e será oferecida com motor de 110 cv de potência e 22,9 kgfm de torque. De acordo com a marca, a autonomia pode ser superior a 300 km.

5 – Mini Countryman híbrido – R$ 199.990


Mini Countryman híbrido do Salão do Automóvel 2018 é versão plug-in. Ou seja, pode ser carregado na tomada
Divulgação
Mini Countryman híbrido do Salão do Automóvel 2018 é versão plug-in. Ou seja, pode ser carregado na tomada

A BMW tem uma abordagem sólida não apenas no lançamento de carros híbridos e elétricos, mas também na capacitação de estrutura. Em parceria com a EDP, a marca alemã inaugurou a Eletrovia entre São Paulo e Rio de Janeiro. Ao longo dos 430 quilômetros que separam as capitais, será possível fazer a recarga rápida nos Postos Ipiranga ,da Dutra. Para o Salão do Automóvel, a nova atração da categoria é o Mini Countryman híbrido.

LEIA MAIS: Renault Zoe chega ao Brasil por R$ 149 mil

Na mecânica, o Mini Countryman híbrido plug-in une 136 cv do motor 1.5 turbo, de 3 cilindros, a gasolina, com os 88 cv do elétrico, totalizando 224 cv de potência combinada. O modelo conta ainda com tração integral, autonomia em modo elétrico de 42 km e alcança os 100 km/h em apenas 6,8 segundos. Conforme divulgado no Salão do Automóvel 2018
, o carregamento total leva aproximadamente três horas em uma tomada doméstica.

Comentários do Facebook
publicidade

Carros e Motos

Veja 5 maneiras de gastar menos com a manutenção e o seguro do seu carro

Publicado

em

source

O dinheiro continua curto neste País em crise. Num cenário em que o emprego informal está cada vez mais em alta, muitas pessoas acabam recorrendo aos aplicativos de corrida para complementar a renda do mês. Gastar pouco se torna uma estratégia, tanto para profissionais quanto quem usa o carro apenas para passear ou ir ao trabalho. A reportagem do iG carros sugere como gastar menos com seguro e serviços de manutenção do seu carro.  

LEIA MAIS: Veja 5 surpresas que vão te dar prejuízo na manutenção do seu veículo

1 – Funilaria e pintura express

Reparos arrow-options
Divulgação
Algumas empresas já oferecem os novos “reparos express”, que podem ser acionados em qualquer lugar

Batidas e arranhões podem acontecer até mesmo com os motoristas mais experientes. Mas ficar sem o carro por um dia apenas para arrumar esses detalhes está fora de cogitação, principalmente se você dirige para aplicativos de corrida. Deixar o veículo na oficina requer tempo, por isso, muitas empresas se especializam no reparo rápido .

A DiskReparo tem um “box móvel” e faz serviços rápidos em domicílio. Basta contratar por telefone ou site, receber o orçamento na hora e aguardar a chegada do especialista. O serviço conta com ajuste de cores (são mais de 50 mil tonalidades), e fica pronto em poucos instantes.

2 – Pneus de marcas secundárias

Troca de pneus arrow-options
Divulgação
Acha que Michelin e Pirelli são marcas caras? Aposte nas fabricantes secundárias de boa qualidade

Pneus remoldados e sem procedência representam perigo para o motorista, passageiros e pedestres. Por isso, recomendamos que você fique longe dos modelos mais baratos e de menor qualidade. Em uma busca rápida, foi possível encontrar unidades remoldadas (185/55R 15) de até R$ 178,56, mas o barato pode sair – muito – caro.

Leia mais:  Honda Civic Type R de Lego em escala real  tem peças que funcionam. Veja vídeo

Se quer economizar, aposte na “segunda linha” das grandes marcas de pneus. Fabricantes como Firestone, Goodyear, Pirelli, Michelin e Continental já contam com linhas secundárias que podem caber no orçamento de qualquer um. Recomendamos marcas como Tigar (da Michelin), Formula (da Pirelli), Seiberling (da Bridgestone) e Kelly (Goodyear), que são confiáveis e mais em conta.  No caso da medida 175/64R 14, um modelo da Pirelli sai por R$ 250 e o Formula por R$ 190, ou seja, 25% mais em conta.

3 – Seguro mais em conta

Seguro de carro arrow-options
Divulgação
Seguradoras oferecem condições para quem pretende economizar. Busque pelo melhor pacote

Se a grana estiver muito curta, recomendamos os planos de seguro de baixo custo. A Ituran oferece cobertura de roubo, furto e assistência 24 horas. O cliente também poderá adicionar outros serviços, como prevenção de alagamento, colisão e vidros. 

LEIA MAIS: Conheça os 5 compactos mais baratos e fáceis de consertar, conforme o CESVI

A Suhai trabalha com os veículos mais roubados, oferecendo plano de proteção contra sinistralidade mais em conta. Enfim, basta pesquisar e contratar o serviço que corresponda ao seu perfil. A diferença entre as seguradoras mais em conta fica por conta da retirada de algumas coberturas extras e serviços, como carro reserva. 

Para citar um exemplo, o seguro de um VW Gol 1.0 2017, de acordo com a SUSEP (Superintendência de Seguros Privados), pela Azul Seguros, sai por R$ 1.266 enquanto que pela Porto Seguros, o mesmo carro fica por R$ 1.816, ou cerca de 30% a menos. Vale lembrar que o perfil utilizado é de um homem de 30 anos, casado, sem filhos. 

4 – Peças paralelas

Carro batido arrow-options
Divulgação
Bateu? Saiba que peças paralelas são mais baratas que as originais vendidas nas concessionárias

Encomendar peças na concessionária exige tempo e dinheiro. Se a sua cidade conta com um grande distribuidor como o MercadoCar, vale apostar em componentes paralelos que são praticamente idênticos aos que são oferecidos nas lojas oficiais. As coisas ficam ainda mais fáceis se o seu carro teve um bom volume de vendas ao longo dos anos. 

Leia mais:  Fiat Toro lidera lista dos carros que mais depreciaram no 1º semestre

Um farol de Chevrolet Prisma/Onix original sai por volta de R$ 300 e um do mercado paralelo em torno de R$ 180, segundo pesquisamos, ou seja uma diferença de aproximadamente 40%. A diferença é que a peça original tem aval da fabricante do veículo, o que implica em todas as condições para manter a garantia do carro. 

5 – Manutenção preventiva

Mecânicos arrow-options
Divulgação
Deixar o carro em ordem pode te livrar de gastar uma boa quantidade de dinheiro no futuro

Pode parecer obviedade, mas fazer a manutenção preventiva do seu veículo reduz as chances de abrir a carteira no futuro. Trocar o óleo, conferir se o reservatório de água está cheio e se atentar ao estado das pastilhas de freio são gastos pequenos quando comparados a danos maiores que podem ocorrer com a má conservação.

LEIA MAIS: Veja os sedãs médios com o valor de seguro mais em conta do Brasil

Neste tópico, vale lembrar que a manutenção em oficina secundária é muito mais barata que na concessionária, mas você corre o risco de perder a garantia. Mas se o prazo já tiver esgotado e você conhecer um mecânico de confiança, não há motivos para retornar à loja.

Fonte: IG Carros
Comentários do Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana