conecte-se conosco



Carros e Motos

Veja 5 coisas que esperamos da próxima geração do Honda City

Publicado

em

source

Talvez o Honda City tenha sido o primeiro sedã compacto dos “novos tempos”. Enquanto todas as outras marcas contavam apenas com opções de entrada abaixo dos modelos médios, o sedã da Honda era mais refinado e se aproximava bastante do Civic .

LEIA MAIS: Novo Peugeot 208 terá recursos inéditos entre compactos do Brasil

O modelo, entretanto, está bem defasado na comparação com Virtus, Onix Plus e Cronos, e precisa urgentemente de uma renovação complexa. Isso deverá acontecer no começo do ano que vem, quando o modelo começar a ser fabricado por aqui em sua nova geração. Partindo disso, a reportagem do iG Carros aponta cinco coisas que esperamos do novo Honda City

1 – Controle de estabilidade e tração

Honda City arrow-options
Divulgação

O novo Honda City, apresentado na Tailândia no ano passado; modelo nacional poderá ser diferente

Em sua versão mais bem equipada, a EXL, o Honda City conta com seis airbags (frontais, laterais e de cortina), sistema Isofix para ancoragem de cadeirinhas de bebê e encosto de cabeça para todos os ocupantes. O modelo, entretanto, não conta com controle de estabilidade e tração, item que se faz presente no irmão Fit, que é montado sobre a mesma plataforma.

Como a obrigatoriedade desse sistema de segurança já começou a vigorar para novos projetos lançados no Brasil e para os todos os modelos feitos no País a partir de 2022, a Honda não vai escorregar. A tendência é que o novo City seja ainda mais moderno, adequando-se aos novos paradigmas ditados pelo Onix Plus.

2 – Nova família de motores

Honda City arrow-options
Divulgação

O motor 1.5 do Honda City atual já está datado; novo propulsor 1.0 turbo faria mais sentido

O motor 1.5 aspirado do City já está bem datado. Ele entrega apenas 116 cv de potência a 6.000 rpm e 15,3 kgfm de torque a 4.800 rpm, e precisa girar alto para entregar toda sua força. O bom câmbio CVT colabora para o conforto, mas não para o desempenho. 

Na próxima geração do City, esperamos uma família completamente nova de motores, mais dinâmicos e econômicos. O modelo apresentado na Tailândia tem motor 1.0 turbo na casa dos 120 cv, com a capacidade de aferir até 22 km/l na estrada com gasolina. Seria um bom substituto para melhorar desempenho e consumo.

3 – Muitos equipamentos de segurança e conforto

Honda City arrow-options
Divulgação

Detalhes do interior do Honda City tailandês, com rebatimento dos bancos e Isofix para fixação de cadeirinhas

Além do controle de estabilidade e tração (que será obrigatório), esperamos que o Honda City apareça com muitos outros equipamentos de segurança. Entre eles, podemos enumerar sensor de ponto-cego, controle de cruzeiro adaptativo, assistente de partida em rampa, alerta de saída de faixa e sensor de fadiga. 

LEIA MAIS: Veja detalhes do novo Nissan Versa, que será importado ainda em 2020

4 – Central multimídia mais moderna

Honda City arrow-options
Divulgação

Detalhe da nova central multimídia do Honda City tailandês, com pareamento Apple CarPlay

A central multimídia do City atual integra as funções de pareamento Apple CarPlay e Android Auto, mas sua interface não é das mais modernas e intuitivas e a resposta ao toque não condiz com a categoria. Dessa forma, esperamos que o City surja com novo sistema multimídia; maior, sem botões e com qualidade superior. No cluster , também seria bacana se o sedã da Honda contasse com computador de bordo mais moderno e novo layout .

5 – Acabamento de categoria superior

Honda City arrow-options
Divulgação

O interior do Honda City deverá ficar ainda mais refinado na nova geração

LEIA MAIS: Chevrolet Onix Plus fica mais caro em todas as versões; veja mais detalhes

O acabamento do Honda City tem layout interessante, mas poderia ser melhor. Na próxima geração, seria interessante se a Honda revelasse um habitáculo mais requintado, feito de plásticos de boa qualidade e abusando de texturas diferenciadas. No lugar a imensidão de cinza e preto da geração atual, esperamos peças plásticas que imitem aço escovado e variação de cores.

Fonte: IG CARROS

Comentários do Facebook

Carros e Motos

Carregamento sem fio deve ser o futuro dos carros elétricos

Publicado

em

source

Olhar Digital

carregamento arrow-options
Divulgação

O carregamento sem fio pode ser uma realidade para o setor de carros elétricos

Assim como já é possível o carregamento sem fio para alguns modelos de celular, com a linha de carros elétricos da BMW pode não ser diferente. A empresa alemã está desenvolvendo um carregador sem fio para seus veículos elétricos, o que pode configurar o começo de um novo futuro.

Leia também:Fiat Palio é o veículo mais roubado durante o Carnaval

Carregar um veículo com um cabo apresenta diversas dificuldades. A primeira e principal delas é encontrar uma estação de carregamento com o conector certo para seu carro. É quase como abastecer apenas em um posto de gasolina que tenha o mesmo país de origem do veículo.

A falta de padronização de estações de carregamento é um dos grandes desafios para montadoras, gerentes de infraestrutura e proprietários de veículos, até mesmo em países onde os carros elétricos já são realidade. E mesmo que encontre um bom lugar para abastecer, isso demanda tempo. Recuperar a energia de um carro elétrico demora muito mais do que encher o tanque de gasolina.

O carregamento sem fio pode transformar todas essas dificuldades enquanto o veículo estiver estacionado. Sem filas, sem conectores confusos, apenas parado e desligado.

O padrão de carregamento sem fio da Society of Automotive Engineers (SAE J2954) está quase em sua versão final e pode criar confiança em montadoras, gerentes de infraestrutura e proprietários de veículos para adotarem essa tecnologia. Essa facilidade pode também reduzir a necessidade de instalação de um carregador caro em casa, baixando o custo total de um carro elétrico. O lançamento comercial do padrão de carregamento sem fio baseado em J2954 é esperado ainda para este ano.

Outro ponto a favor desse tipo de carregamento é a autonomia da bateria. Os carros elétricos produzidos atualmente saem de fábrica com um alcance muito alto e dificilmente usado. A distância média percorrida de carro nos EUA é de dez quilômetros ou menos, mas os consumidores compram veículos como se fossem atravessar o país todos os dias, porque o carregamento ainda é algo incerto, e as montadoras entendem que o alcance da bateria deve ser equivalente à capacidade do tanque.

A BMW vem testando a tecnologia do SAE J2954 em alguns modelos 530e plug-in híbridos equipados com a tecnologia wireless WiTricity. A Hyundai aproveitou os testes para usá-lo também como assistente de estacionamento autônomo. Outras montadoras, como GM, Nissan e Honda, também são parceiras no desenvolvimento da tecnologia.

Atualmente, a maioria das instalações de carregamento sem fio estão em residências, principalmente na Europa. Mas a Research and Markets estima que, até 2027, esse mercado crescerá de US$ 16 milhões para US$ 234 milhões.

Entretanto, o crescimento não é tão simples assim. Para que essa mudança aconteça, as montadoras devem massificar o uso do SAE J2954. O carregamento sem fio não vai dominar o mercado de uma hora para outra, se é que vai de fato ser o líder em algum momento. Isso desenha um futuro em que as fabricantes precisarão criar veículos com duas interfaces de carregamento, uma com fio e outra wireless, por muitos anos.

A instalação de placas de carregamento em muitos lugares exigirá muitos projetos de engenharia, permissões, fornecimento de serviços públicos e arrendamentos – algo que também aconteceria com a expansão da infraestrutura comum.

Leia também: Peugeot apresenta Landtrek, a picape média que chega ao Brasil em 2021

A ausência da Tesla neste investimento também deve ser levada em conta. A empresa, que hoje é a maior da indústria de carros elétricos , prefere apostar em baterias grandes e superchargers. 

Via: Roadshow

Fonte: IG CARROS

Comentários do Facebook
Continue lendo
Política5 minutos atrás

Cid Gomes recebe alta do hospital após quatro dias internado

arrow-options reprodução/tv senado Cid Gomes foi baleado duas vezes na última quarta-feira O senador Cid Gomes (PDT-CE) recebeu alta do...

Entretenimento17 minutos atrás

Confira os blocos de rua do Rio de Janeiro no domingo de Carnaval

Começam neste domingo (23) os desfiles das escolas de samba do Grupo Especial do carnaval carioca. Mas a folia para...

Entretenimento18 minutos atrás

Blocos de rua começam agitar SP com homenagem a Maria Bethânia

arrow-options Reprodução/ Instagram @blocoexplodecoracao Bloco Explode Coração canta músicas de Maria Bethânia e desfila neste domingo (23) A folia espalhada...

Internacional18 minutos atrás

Cientistas descartam que coronavírus tenha origem em mercado em Wuhan

Pesquisadores na China afirmam que estudos genéticos mostram que o novo coronavírus não teve origem em um mercado de frutos...

Internacional18 minutos atrás

Terremoto atinge regiões da Turquia e do Irã

Pelo menos sete pessoas morreram hoje (23) e outras cinco ficaram feridas no leste da Turquia devido a um sismo...

Nacional31 minutos atrás

Ônibus de turismo perde o controle, sai da estrada e bate na BR-040

arrow-options Divulgação/Corpo de Bombeiros Motorista do ônibus alega ter sido fechado por caminhão Leia também: Em sábado de Carnaval, carro...

Entretenimento1 hora atrás

Harry e Meghan reclamam de tratamento diferente de membros da Família Real

A declaração feita pelo príncipe Harry e por Meghan Markle, considerada por alguns como “petulante”, segue tendo desdobramentos. No texto,...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana