conecte-se conosco



Esportes

Vasco pode ter redução de receitas se quarentena passar de maio

Publicado

em

.
O presidente do Vasco, Alexandre Campello, abriu o jogo sobre o as medidas que o clube vem tomando em relação à pandemia do novo coronavírus (covid-19) e à preparação para o restante da temporada de 2020. Atletas e funcionários ganharam férias até o dia 20 de abril, porém o retorno às atividades vai depender de como estará a propagação da covid-19.

Se a paralisação entrar no mês de maio, Campello prevê dificuldades financeiras para o Gigante da Colina.

“Se o futebol voltar a partir de maio, nós temos a possibilidade de cumprir com todo o calendário do futebol até o final do ano entendendo que, em função das férias, as atividades vão avançar pelo mês de dezembro até próximo do Natal. Se, por outro lado, essa paralisação permanecer nos meses de junho ou julho, isso provavelmente trará um impacto muito grande nas competições com a possibilidade real de perda de receitas”.

O presidente do Vasco explicou quais seriam as medidas para tentar diminuir o prejuízo financeiro do clube

“Uma das possibilidades é trabalhar com a redução dos vencimentos, quer seja de atleta, quer seja da comissão técnica. Nós estamos trabalhando junto ao poder público com a suspensão de pagamentos de tributos e de obrigações. Junto às entidades bancárias pedindo a prorrogação dos prazos, renegociando uma série de compromissos e estamos tentando buscar receitas alternativas. Esse é o trabalho que tem sido feito no sentido de minimizar o efeito econômico e esportivo dessa epidemia, mas, certamente, algumas decisões só poderão ser tomadas a partir do momento em que ficar definido a volta das atividades”.

Outra medida vai mudar drasticamente o dia a dia do Vasco. O clube deixará de treinar no CT do Almirante e vai voltar a fazer as atividades em São Januário. O centro de treinamento em Vargem Pequena, na zona oeste do Rio de Janeiro, é alugado e, com isso, Alexandre Campello espera reduzir custos e investir no novo CT próprio do clube.

A expectativa de Alexandre Campello é inaugurar o novo CT entre o fim de junho e início de julho. Assim, o futebol do Vasco ficaria afastado da parte administrativa, em São Januário. Isso significa mais paz para o técnico Ramon Menezes comandar a equipe em um ano de eleições do Cruzmaltino.

Sobre a escolha do novo treinador, Alexandre Campello justificou que há incerteza em trazer alguém de fora, uma vez que, segundo o presidente, nem todo técnico estrangeiro deu certo no Brasil. Além disso, não gostaria de contratar um brasileiro que não tenha nome “de peso”. Campello elogiou Ramon, lembrou que é muito estudioso, atualizado, conhece profundamente o Vasco e vem demonstrando sua capacidade dentro do clube como auxiliar-técnico.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues


Fonte: EBC Esportes

Comentários do Facebook

Esportes

Bolívia estuda volta do futebol e jogo contra a Seleção Brasileira

Publicado

em


.

 

Os primeiros jogos das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo do Catar, em 2022, estavam marcados para março, mas tiveram de ser adiados devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19). A Conmebol ainda não definiu uma data, mas há a previsão de as eliminatórias começarem em setembro. A Seleção Brasileira vai estrear contra a Bolívia, em casa, e, se não houver mudança, o jogo será na Arena Pernambuco.

A Agência Brasil conversou com José María Carrasco, zagueiro do Blooming e da Seleção Boliviana. O jogador de 22 anos, que disputou a Copa América no Brasil no ano passado, disse que, apesar da preocupação com a saúde, está ansioso para o recomeço do futebol. Além disso, garantiu que acredita em uma nova classificação da Bolívia para o Mundial – a última participação da “La Verde” foi em 1994.

Zagueiro Carrasco confia na classificação para a Copa do Catar Zagueiro Carrasco confia na classificação para a Copa do Catar

Zagueiro Carrasco confia na classificação para a Copa do Catar – Henry Paul Ugarte

Agência Brasil: A Federação Boliviana de Futebol (FBF) vai se reunir com os clubes nesta sexta-feira (5), para discutir a volta às atividades. Como os jogadores do país estão lidando com este cenário?

Carrasco: Mais de dois meses e ainda não há planos de jogar novamente. Com os colegas de equipe, mantemos um diálogo constante, pois temos palestras e conferências quase diariamente, junto com a equipe de coaching.

Agência Brasil: Como isso pode interferir na qualidade das equipes?

Carrasco: Sem dúvida, isso prejudicará em todos os aspectos, tanto físico quanto técnico. Mas é nossa obrigação continuar treinando neste período de pandemia.

Agência Brasil: Sobre as Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Catar, existe uma previsão de começo em setembro. Mas não há uma confirmação. Isso provoca ansiedade entre os atletas?

Carrasco: Pessoalmente, estou muito ansioso de voltar a jogar, mas sei que a saúde vem em primeiro lugar. Apesar de toda essa pandemia, estamos nos preparando mentalmente para enfrentar esses tipos de jogos, que sabemos que serão muito difíceis para nós.

Agência Brasil: Como vai ser entrar em campo, provavelmente, sem a presença do torcedor na arquibancada? O futebol vai mudar muito após a covid-19?

Carrasco: A verdade é que será muito estranho e diferente, pois estamos acostumados a sempre sentir o apoio dos torcedores. Eu acho que isso mudará em todos os aspectos, será como começar do zero, mas espero que, com o passar do tempo, tudo se normalize.

Agência Brasil: Como será enfrentar o Brasil na estreia fora de casa, sabendo do número de infectados e mortos pela covid-19. Isso de alguma forma preocupa?

Carrasco: Teremos de jogar no Brasil, então que seja o mais rápido possível. Queremos jogar contra as equipes mais fortes o quanto antes. Quanto à pandemia, estamos todos um pouco assustados. Mas certamente, quando competirmos novamente, teremos as medidas de saúde necessárias.

Agência Brasil: A Seleção Boliviana está confiante para alcançar a tão sonhada vaga em uma Copa do Mundo?

Carrasco: Para ser sincero, temos uma tremenda fé nessas rodadas de classificação, estamos nos preparando há um tempo para competir em igualdade de condições com qualquer equipe. E isso foi demonstrado no pré-olímpico pela seleção sub-23. Acreditamos firmemente que podemos nos qualificar para a próxima Copa do Mundo.

Edição: Sergio du Bocage

Comentários do Facebook
Continue lendo
Tecnologia13 minutos atrás

Venda de contas roubadas do YouTube aumenta na Dark Web; entenda

Unsplash Youtubers tem suas contas invadidas e seus dados vendidos na Dark Web A oferta de contas do  YouTube roubadas...

Internacional13 minutos atrás

Idoso é internado em estado grave após ser empurrado por policiais nos EUA; veja

WBFO / Reprodução de vídeo do Twitter Homem foi empurrado e caiu no chão em Buffalo A Polícia de Nova...

Policial18 minutos atrás

10º Batalhão divulga resultados do mês de maio

. A Polícia Militar em Guarapari divulga nessa sexta-feira (05), os números obtidos durante todo o mês de maio. Apenas...

Entretenimento28 minutos atrás

Felipe Neto, Anitta e mais famosos se pronunciam sobre a morte do menino Miguel

Na última quinta-feira (4), a morte de Miguel Otávio da Silva chocou o Brasil . O garoto de cinco anos...

Regional35 minutos atrás

Jovem é morto no quintal de casa em Linhares

Na manhã desta sexta-feira (5), um rapaz de 28 anos foi morto a tiros, enquanto estava no quintal de sua...

Policial38 minutos atrás

Policia Ambiental cumpre mandados de busca e apreende pássaros silvestres e duas armas

  . Nesta quinta-feira (04), militares da 2ª CIA/BPMA e da equipe de Operações Táticas em Mata Atlântica – COTAMA/BPMA prosseguiram...

Internacional38 minutos atrás

Impedido de visitar esposa com Covid-19, homem aponta arma de fogo em hospital

    Reprodução/FoxNews Crime ocorreu em um hospital na Florida Um homem inconformado com as medidas de segurança que o...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!