conecte-se conosco



Saúde

Vacinas poderão controlar a covid-19, diz diretor do Butantan

Publicado

em

 

.

As vacinas em desenvolvimento no mundo contra o novo coronavírus, oficialmente denominado SARS-CoV-2, poderão conseguir controlar a doença causada por ele, a covid-19. No entanto, nenhuma delas será capaz de acabar com a circulação do coronavírus no planeta. A declaração é do médico Ricardo Palacios, diretor de Pesquisa Clínica do Instituto Butantan, um dos centros de pesquisa do mundo que participa do desenvolvimento de vacinas contra o vírus.

“Nós queremos gerar uma expectativa correta para a população. Nós não vamos acabar com o coronavírus com uma vacina. Qualquer uma que seja a vacina. O coronavírus veio e veio para ficar. Ele vai nos acompanhar. Durante todo o tempo de nossas vidas, nós teremos coronavírus circulando”, disse hoje (2), em um debate virtual promovido pela Agência Fapesp e o Canal Butantan.

De acordo com o diretor, as vacinas que estão em desenvolvimento no mundo pretendem controlar a covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. O pesquisador faz uma analogia entre a covid-19 (causada pelo coronavírus), e a gripe, causada pelo vírus influenza. 

Pessoas vacinadas contra o vírus influenza podem chegar a desenvolver a gripe, mas, na maioria das vezes, a doença não se desenvolve de forma grave, que poderia levar à morte. Segundo ele, o mesmo deverá ocorrer com as vacinas contra o novo coronavírus. Elas serão pouco eficientes em impedir a infecção das pessoas com o novo coronavírus, mas deverão proteger as pessoas de desenvolver a covid-19 em sua forma grave.

“O vírus influenza não desapareceu e segue conosco. Seguirá, talvez, durante toda a nossa vida. Mas a gente tem uma doença [a gripe] controlável. A maior parte das pessoas vacinadas consegue controlar a doença. Se chegar a se infectar, não terá uma doença grave, não morrerá dessa doença”, explicou.

Segundo Palacios, o objetivo de todas as vacina é proteger contra a doença e não contra a infecção. “Proteger contra a infecção é uma coisa a mais que, eventualmente, pode acontecer e até pode acontecer por um tempo limitado”, disse.

O Instituto Butantan, na capital paulista, é um dos centros do mundo que participa das pesquisas de construção de uma vacina contra o novo coronavírus. O instituto firmou uma parceria, no dia 10, com o laboratório chinês Sinovac Biotech, que possuiu uma vacina em fase avançada de desenvolvimento, a Coronavac – que utiliza o coronavírus inativado para estimular uma resposta imunológica do organismo. 

Edição: Fábio Massalli


Fonte: EBC Saúde

Comentários do Facebook

Saúde

Covid-19: Brasil tem 55.891 novos casos confirmados nas últimas 24h

Publicado

em


.

Nesta sexta-feira(24), o balanço diário do Ministério da Saúde sobre os números da covid-19 trouxe 55.891 novos casos registrados nas últimas 24 horas. Ontem (23), o painel marcou 59.962 novos diagnósticos acrescidos às estatísticas e na quarta-feira(22), 67.860. No total, o Brasil chegou a 2.343.366 de pessoas infectadas notificadas desde o início da pandemia.

Já o número de novas mortes por causa da covid-19 registradas nas últimas 24 horas foi de 1.156. O total de óbitos desde o início da pandemia é de 85.238. Ainda há 3.741 óbitos em investigação.

De acordo com o Ministério da Saúde, 655.847 pacientes estão em acompanhamento. E 1.592.281 brasileiros já se recuperaram da doença.

Covid-19 nos estados

Os estados com mais registro de mortes por covid-19 são: São Paulo (21.206), Rio de Janeiro (12.654), Ceará (7.426), Pernambuco (6.237) e Pará (5.646). As Unidades da Federação com menos falecimentos pela pandemia são: Mato Grosso do Sul (281), Tocantins (334), Roraima (465), Acre (480) e Amapá (552).

Os estados com mais casos confirmados da doença são: São Paulo (452.007), Ceará (156.242), Rio de Janeiro (151.549), Pará (144.467) e Bahia (138.358). As Unidades da Federação com menos pessoas infectadas registradas são: Acre (18.393), Tocantins (19.965), (19.423), Mato Grosso do Sul (20.303), Roraima (28.874) e Rondônia (34.873).

Boletim epidemiológico covid-19Boletim epidemiológico covid-19

Boletim epidemiológico covid-19 – Ministério da Saúde

Edição: Liliane Farias

Fonte: EBC Saúde

Comentários do Facebook
Continue lendo
Nacional4 horas atrás

Previsão de retorno às aulas em SP pode não ser cumprido, diz Gabbardo

Governo do Estado de São Paulo Gabbardo afirmou que volta às aulas não é o problema, mas “o que envolve”...

Estadual4 horas atrás

Ana Júlia é a nova participante da campanha de adoção “Esperando Por Você”

. Com alegria e um sorriso contagiante, a menina cativa todos com quem convive. A campanha de adoção do Tribunal...

Estadual4 horas atrás

Desembargador do TJRJ fala sobre processo civil e pandemia para integrantes do TJES

. Capacitação acontece no dia 14 de agosto, sexta-feira. ​O Processo Civil Durante (e Pós) Pandemia é uma dos temas...

Nacional5 horas atrás

Juiz solta fundador da Qualicorp, alvo da Lava Jato por caixa 2 com Serra

Divulgação Empresário foi preso na última terça, 21, na Operação Paralelo 23 O juiz Marco Antonio Martin Vargas, da 1ª...

Saúde5 horas atrás

Covid-19: Brasil tem 55.891 novos casos confirmados nas últimas 24h

. Nesta sexta-feira(24), o balanço diário do Ministério da Saúde sobre os números da covid-19 trouxe 55.891 novos casos registrados...

Policial5 horas atrás

Nona fase da Operação Caim deteve 57 suspeitos em todo o Estado

. A nona fase da Operação Caim foi desencadeada nesta sexta-feira (24), em todo o Estado. A operação planejada pela...

Economia5 horas atrás

Dólar tem maior queda semanal em quase dois meses e fecha em R$ 5,207

iStock Dólar teve maior queda semanal desde o início de junho Num dia de volatilidade no mercado internacional, o  dólar...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!