conecte-se conosco



Saúde

Vacina de Oxford pode ser distribuída este ano, diz Astrazeneca

Publicado

em


.

A vacina contra o covid-19, desenvolvida pela Universidade de Oxford, na Inglaterra, com testes no Brasil, poderá ficar disponível à população ainda este ano. A afirmação foi feita por Maria Augusta Bernardini, diretora-médica do grupo farmacêutico Astrazeneca. O grupo anglo-sueco participa das pesquisas da universidade inglesa em parceria com Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

“Esperamos ter dados preliminares quanto a eficácia real já disponíveis em torno de outubro, novembro”, disse Bernardini. Segundo ela, apesar de os voluntários serem acompanhados por um ano, existe a possibilidade de distribuir a vacina à população antes desse período.

“Vamos sim analisar, em conjunto com as entidades regulatórias mundiais, se podemos ter uma autorização de registro em caráter de exceção, um registro condicionado, para que a gente possa disponibilizar à população antes de ter uma finalização completa dos estudos”, acrescentou, destacando que os prazos podem mudar de acordo com a evolução dos estudos.

Segundo ela, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) tem se mostrado disposta a colaborar. A vacina está atualmente na fase três de testes. Isso significa, de acordo a Unifesp, que a vacina se encontra entre os estágios mais avançados de desenvolvimento. O Brasil é o primeiro país fora do Reino Unido a iniciar testes com a vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e um dos motivos que levaram à escolha foi o fato de a pandemia estar em ascensão no país.

“O Brasil é um grande foco de crescimento, de mortalidade, o que nos coloca como ambiente propício para demonstrar o potencial efeito de uma vacina. Para isso precisamos ter o vírus circulante na população e esse é o cenário que estamos vivendo”, disse Bernardini. Ela participou, hoje (29), de uma conversa, transmitida ao vivo pela internet, com o embaixador do Reino Unido no Brasil, Vijay Rangarajan.

A diretora-médica da Astrazeneca também destacou que a atuação de pesquisadores brasileiros em Oxford e sua reputação foi outro fator influenciador para trazer a pesquisa para o Brasil. “Isso fortaleceu a imagem a reputação científica do Brasil, além de facilitar, trazer com agilidade o estudo em termos de execução”.

Vantagens da vacina de Oxford

Segundo ela, a vacina de Oxford tem vantagem sobre outras em desenvolvimento no mundo pois, além de usar uma plataforma já conhecida e testada em vírus como Mers e Ebola, funcionaria com uma dose única. “Estamos desenvolvendo uma vacina em dose única. É um diferencial. […] Outro diferencial que temos é que sabemos que potencial da geração de anticorpos é muito forte, muito positivo”.

Edição: Liliane Farias

Fonte: EBC Saúde

Comente Abaixo
Entretenimento31 minutos atrás

Mayana Neiva conta que sofre preconceito por ser nordestina

Reprodução/Instagram Aposentado que ameaçou matar Mayana Neiva é condenado Mayana Neiva revelou já ter sofrido preconceito  por ser nordestina e...

Entretenimento31 minutos atrás

‘BBB 21’: Relembre os barracos que marcaram a história reality

Reprodução/Montagem iG Barracos do ‘BBB’ O ‘BBB 21’ começa na próxima segunda-feira (25), mas o iG Gente já está aquecendo os...

Economia56 minutos atrás

Auxílio: 3,5 milhões podem sacar última parcela nesta quarta-feira; confira

Fenae Último pagamento para este grupo foi feito no final de dezembro, mas dinheiro não podia ser sacado Os 3,5 milhões...

Mulher56 minutos atrás

Horóscopo do dia: previsões para 20 de janeiro de 2021

Marcelo Dalla O horóscopo do dia te auxilia a levar a vida de forma mais leve ÁRIES Fase ideal para...

Internacional56 minutos atrás

Posse de Biden terá segurança reforçada e cuidados com pandemia; saiba como será

Gage Skidmore/Creative Commons Joe Biden, o novo presidente dos Estados Unidos O presidente eleito dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden...

Nacional2 horas atrás

Sol entre nuvens e chuva nesta quarta em São Paulo

Reprodução/CreativeCommons/Spraf Previsão do tempo desta quarta (20) é de sol entre nuvens e pancadas de chuva ao entardecer Sol entre...

Economia6 horas atrás

Por 500 milhões de euros, Ibéria compra Air Europa

Guilherme Dotto Por 500 milhões de euros, Ibéria compra Air Europa Na noite desta terça-feira (19), a Iberia e o...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!