conecte-se conosco



Política

Usando tornozeleira eletrônica, Pezão diz que vive com a aposentadoria da esposa

Publicado

em

source
Luiz Fernando Pezão arrow-options
Tomaz Silva/Agência Brasil

Ex-governador do Rio, Luiz Fernando Pezão responde processo por corrupção


Cercado de cuidados para evitar expor sua tornozeleira eletrônica, o ex-governador Luiz Fernando  Pezão , solto no último dia 11 de dezembro da Unidade Prisional da Polícia Militar, em Niterói, falou ao GLOBO sobre sua decepção e frustração com o ex-aliado Sérgio Cabral – já na 14ª condenação pelo megaesquema de corrupção desbaratado pela Lava-Jato. “Ele decidiu se voltar pra mim na 14ª condenação. Fiquei indignado”, disse Pezão, em sua casa em Piraí.

Escoltado pela mulher, Maria Lucia, que não permitia fotos da piscina ou de imagens espalhadas pela casa – como o famoso “São Pidão”, que levava em suas incursões a Brasília como governador para pedir verbas ao Rio e que agora está na cabeceira da cama.

Leia também: Réu na Lava Jato, Pezão é flagrado em bar bebendo cerveja em Piraí

Ele afirma que chegou a alertar o então governador, quando era vice, do excesso de ostentação que nutria em sua vida pessoal. Garante que vive da aposentadoria da mulher. E que paga uma quantia de 4 mil reais a seu advogado, preço bem abaixo do mercado. E que o ex-ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo advoga de graça para ele em Brasília.

Comentários do Facebook

Política

Câmara aprova liberação de medicamentos sem registro em pandemia

Publicado

em

source

Agência Brasil

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (1º) projeto de lei que estabelece o prazo de 72 horas para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizar a distribuição e importação de materiais, medicamentos, equipamentos e insumos da área de saúde registrados por autoridade sanitária estrangeira e autorizados à distribuição comercial em seus respectivos países. 

Câmara dos Deputados arrow-options
Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

A matéria segue para o Senado e terá validade enquanto durar a emergência em saúde provocada pela pandemia da Covid-19

Os produtos devem estar relacionados ao combate ao novo coronavírus e devem ser validados por autoridades estrangeiras. A matéria segue para o Senado e terá validade enquanto durar a emergência em saúde provocada pela pandemia da Covid-19.

O relator da proposta, deputado Hiran Gonçalves (PP-RR), incluiu a obrigação do médico instruir o paciente sobre o uso do medicamento. Pelo texto, o profissional deve informar que o produto ainda não tem aprovação da Anvisa e foi liberado por ter sido registrado por autoridade sanitária estrangeira.

“Neste momento em que inúmeras instituições de todo o mundo trabalham no desenvolvimento de novos medicamentos, testes, exames, aparelhos respiradouros e outros produtos e equipamentos para o combate efetivo da pandemia de covid-19, precisamos que a liberação desses produtos tenha a velocidade que a gravidade da situação requer”, argumentou o relator.

A regra não inclui as autorizações voltadas meramente à exportação. Segundo o texto, os produtos sem registro na agência brasileira poderão ser usados por brasileiros desde que validados por uma das seguintes agências: Food and Droug Administration, dos Estados Unidos; European Medicine Agency, da Europa; Pharmaceuticals and Medical Devices Agency, do Japão; National Medical Products Administration, da China.

Novas Medidas

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) voltou a pedir medidas para setores impactados pelas restrições em virtude do coronavírus e que ainda não foram contempladas em ações do governo federal. 

“Como não há um pacote completo, os setores se sentem não atendidos e procuram pelos seus representantes para apresentar soluções específicas. Isso fazia sentido lá atrás, quando se começou a fechar o shopping, bares, companhias aéreas. É óbvio que o melhor caminho é que nós tivéssemos recebido um pacote único onde todas as frentes fossem representadas. Não foi assim”, afirmou.

Maia apontou o setor aéreo, shopping centers e bares e restaurantes como áreas que, até o momento, não foram beneficiadas por nenhum tipo de política pública e têm sido prejudicados com as medidas de isolamento social que restringem a circulação de pessoas em todo país. Para o deputado, há um atraso por parte do governo na edição de medidas provisórias que assegurem o socorro econômico a esses setores e à parte da população que também não foi incluída em outras ações.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Polícia Federal5 minutos atrás

PF, em ação conjunta, prende em Goiás acusado de integrar cúpula do PCC no RN

. Natal/RN – A Força-Tarefa de Combate às Facções Criminosas em Mossoró/RN, coordenada pela PF e composta por policiais federais,...

Economia5 minutos atrás

Governo publica MP do Emprego, adiamento do IR e decreto que zera IOF do crédito

arrow-options Marcos Corrêa/PR – 27.3.20 Governo de Jair Bolsonaro formalizou novas medidas econômicas no combate ao novo coronavírus O governo...

Entretenimento5 minutos atrás

Luana Piovani comenta sexo virtual com namorado: “Foi péssimo”

Devido ao distanciamento social exigido pela OMS para tentar evitar a propagação do novo coronavírus , as pessoas têm usado...

Internacional26 minutos atrás

Tóquio registra recorde diário de 97 infecções pelo coronavírus

. Autoridades do governo metropolitano de Tóquio afirmam que mais 97 pessoas foram confirmadas infectadas pelo novo coronavírus na capital...

Internacional26 minutos atrás

Coronavírus: Estados Unidos têm mais de 5 mil mortes e 210 mil casos

. Os Estados Unidos (EUA) registraram nessa quarta-feira (1º) novo recorde diário de mortes. Pelo menos 884 pessoas morreram e houve...

Entretenimento39 minutos atrás

Geisy Arruda dá dica para driblar tédio na quarentena: “Vem gozar”

Geisy Arruda tem usado as redes sociais nesses últimos dias para tentar driblar o tédio durante a quarentena. Nesta quarta-feira...

Internacional1 hora atrás

EUA podem cancelar voos para cidades mais afetadas por covid-19

. O presidente Donald Trump disse que está considerando um plano para interromper voos para locais nos Estados Unidos mais...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana