conecte-se conosco



Destaque

Universitária filha de PM é estuprada e tem cabelos cortados a faca no Pontal

Publicado

em

Ela estava na companhia de um amigo que também foi rendido e agredido.
LINHARES – Uma jovem universitária de 22 anos, filha de um PM, foi estuprada e teve os cabelos cortados a faca. O crime foi registrado pela Polícia Militar registrou na madrugada de domingo (26), em Pontal do Ipiranga. Ela estava com um amigo, que também foi rendido e agredido. Depois do assalto um dos criminosos, que estava armado com uma faca, violentou a jovem.
O pai da vítima veio de outra cidade para reforçar a segurança no balneário. De acordo com o boletim policial, a jovem e o amigo foram rendidos por dois homens perto de um banheiro próximo ao palco principal de shows. Os criminosos levaram as vítimas para a praia e lá depois da série de agressões e da violência sexual tiveram as roupas cortadas deixando-os nus e roubaram todos os pertences pessoais.
Ainda segundo as vítimas, um dos bandidos teria dito que mataria o rapaz e enterraria o corpo dele na areia, mas desistiu. Os jovens procuraram ajuda em uma cabana e conseguiram roupas. A PM foi chamada. A jovem foi levada para o Hospital Geral de Linhares (HGL) e, depois, à 16ª Delegacia Regional de Linhares. O caso foi atendido pelo delegado de plantão e deve ser investigado pela Delegacia da Mulher de Linhares.

  • Com informações do site de linhares

Comentários do Facebook

Destaque

Menina revela ter sido estuprada pelo pai após se queixar de ‘dor na barriga’

Publicado

em

De acordo com a mãe da vítima, criança relatou que o pai a violentou dentro do banheiro da residência. Caso é investigado pela Delegacia da Mulher de Guarujá.

A Polícia Civil investiga um caso de estupro de uma menina de 10 anos em Guarujá, no litoral de São Paulo. Segundo depoimento da mãe aos policiais, a violência sexual contra a filha foi cometida em casa pelo pai da criança, de 30 anos, enquanto ela acompanhava um familiar hospitalizado. O suspeito ainda não foi localizado.

O crime ocorreu na residência em que a vítima vive com os pais e irmãos, localizada no bairro Aldeia, no Distrito de Vicente de Carvalho. Conforme relatado pela mãe da criança no boletim de ocorrência registrado pelos policiais, ela mantinha uma união estável com o homem, com quem tem quatro filhos.

A mãe relatou que, no início da tarde, saiu de casa para ficar como acompanhante de um familiar no hospital, deixando os filhos com o marido. De acordo com ela, por volta das 19h30 retornou à sua residência.

Ao chegar em casa, ela foi alertada pelo filho de 4 anos que o pai teria violentado a irmã. Ao conversar com a filha, a menina relatou que, durante a tarde, o pai, no banheiro da casa, havia tirado as suas roupas e a estuprado. A criança também se queixou de estar com dores na barriga devido a violência sexual.

A mãe afirmou aos policiais que levou a filha às pressas ao Pronto Socorro de Vicente de Carvalho e depois da criança ser atendida foi direto a delegacia, acompanhada de uma conselheira tutelar. Após relatar o caso, a vítima foi encaminhada para exame de corpo de delito.

O boletim de ocorrência foi registrado como estupro de vulnerável na Delegacia Sede de Guarujá. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o caso está sob segredo de Justiça e agora é investigado por meio de inquérito policial pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) da cidade.


(*G1)

Comentários do Facebook
Continue lendo

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!