conecte-se conosco


Nacional

Universidades vão ajudar na recuperação da bacia do Rio Doce

Publicado

em

Agência Brasil

Imagem aérea do Rio Doce contaminado por lama e rejeitos
Fred Loureiro/Secom/ES – Arquivo
Imagem aérea mostra a lama no Rio Doce, na cidade de Resplendor, Minas Gerais

Universidades de Minas Gerais e do Espírito Santo vão participar de pesquisas para identificar formas de recuperação das áreas da bacia do Rio Doce, impactadas pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, em 5 de novembro de 2015. A intenção dos estudos é monitorar e gerar soluções inovadoras para as ações de reparação.

Leia também: Vale diz que chance de rompimento da barragem em Barão de Cocais diminuiu

Os 15 projetos selecionados, entre as 40 propostas recebidas, foram divulgados pela Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig), que desenvolve o trabalho em parceria com a Fundação Renova e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo (Fapes). No total, as propostas receberão R$ 5,6 milhões de apoio aos projetos de pesquisa de recuperação do Rio Doce que têm duração de até dois anos.

Há projetos voltados para o desenvolvimento sustentável como o da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop), que propõe a utilização do rejeito de barragem de minério para fabricação artesanal de tijolos que serão usados na construção de moradias.

Já a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) vai desenvolver o projeto de uso do rejeito sedimentado da bacia do Rio Doce no desenvolvimento de componentes para a construção civil.

Leia também: Governo federal quer reduzir 60 áreas ambientais protegidas

Para a educação e a cultura, a Universidade Federal de Viçosa (UFV) propõe a implantação de uma rede de conhecimento e cooperação entre pesquisadores, alunos e moradores da bacia do Rio Doce. Na área ambiental, da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) pretende desenvolver meios para o monitoramento do ecossistema em áreas com influência da foz.

Leia mais:  Operação da Polícia Civil prende onze acusados de tráfico em três estados

Na visão do líder das ações de Economia e Inovação da Fundação Renova , Paulo Rocha, é importante apoiar o desenvolvimento de pesquisas que tragam soluções conjuntas para os problemas enfrentados no processo de reparação na bacia. “Existe uma fronteira do conhecimento em vários temas e áreas em que a pesquisa científica é fundamental na busca por soluções. Entendemos que essa chamada vai nos dar a oportunidade de encontrar respostas que, seguramente, contribuirão para esse processo”, disse.

A escolha dos projetos ocorreu por meio de um edital e faz parte de um Acordo de Cooperação Técnica, celebrado em maio de 2017. Nele, estão previstas as parcerias entre as instituições para o fomento e financiamento de estudos com foco na recuperação das áreas impactadas pelo rompimento da barragem de Fundão.

A Fundação Renova foi criada em março de 2016 com a assinatura do Termo de Transação e Ajustamento de Conduta (TTAC) entre a Samarco, empresa responsável pela barragem, suas acionistas, os governos federal e dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, além de autarquias, fundações e institutos ligados ao meio ambiente.

Leia também: Concentração de microplásticos no Rio de Janeiro é uma das maiores do mundo

O objetivo da Renova é gerir e executar, com autonomia técnica, administrativa e financeira, os programas e ações de reparação e compensação socioeconômica e socioambiental para recuperar, remediar e reparar os impactos causados na bacia do Rio Doce e nas comunidades pelo rompimento da barragem de Fundão.

Fonte: IG Mundo
Comentários do Facebook
publicidade

Nacional

ASSALTO A BANCO: Bandidos morrem em confronto com a polícia no Sul da Bahia

Publicado

em

Vários suspeitos de terem participado das explosões contra um caixa eletrônico do Bradesco e da agência dos Correios de Jucuruçu, na madrugada desta quarta-feira, (17/07), morreram numa troca de tiros com policiais militares do município e das especializadas Cipe-Mata Atlântica e Rondesp Sul.

A troca de tiros aconteceu durante a fuga dos assaltantes numa estrada vicinal distante cerca de 70 quilômetros de Itabela. A viatura do Pelotão da PM de Jucuruçu, que é vinculado à 43ª Companha Independente de Itamaraju (CIPM), foi atingida pelos disparos, mas os policiais não se feriram.

Os corpos dos homens mortos na ação policial foram encaminhados ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Eunápolis e ainda não foram identificados. As forças policiais continuam mobilizadas, pois há suspeita que os outros oito criminosos ainda estejam na região.

Informações dão conta que a polícia já recuperou uma caminhonete Fiat Toro, de cor branca, usada no crime e uma Toyota Hilux que teria sido tomada de assalto pelo bando durante a fuga.

O assalto

Na madrugada desta quarta-feira, dia 17 de julho, os moradores da pequena cidade de Jucuruçu acordaram com rajadas de tiros e explosões de dinamites e granadas. A ação criminosa teria contado com a participação de pelo dez homens fortemente armados, que explodiram o caixa eletrônico do Banco Bradesco, instalado próximo à agência dos Correios da cidade, que também teria sido alvo dos ladrões.

Nas explosões o cofre do terminal de autoatendimento foi aberto e o imóvel onde fica o caixa eletrônico sofreu vários danos. Os bandidos atiraram num dos pneus de uma viatura da Polícia Militar e de outros veículos que estavam estacionados, mas apesar dos diversos disparos, ninguém ficou ferido.

O Banco Bradesco ainda não informou os possíveis valores levados pelo bando criminoso.


(*Teixeira Hoje)

Comentários do Facebook
Leia mais:  “Vamos com tudo até conseguir a liberdade do nosso país”, discursa Guaidó
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Polícia Federal16 minutos atrás

PF combate concussão e lavagem de dinheiro em Vila Velha/ES

Vila Velha/ES – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (19/7) a Operação Endosso, com o objetivo de desarticular suposto esquema...

Polícia Federal16 minutos atrás

Operação Vertex combate crimes de corrupção passiva, lavagem de capitais e organização criminosa

Manaus/AM – A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã de hoje (19/7) a Operação Vertex, uma nova fase da Operação...

Nacional1 hora atrás

ASSALTO A BANCO: Bandidos morrem em confronto com a polícia no Sul da Bahia

Vários suspeitos de terem participado das explosões contra um caixa eletrônico do Bradesco e da agência dos Correios de Jucuruçu,...

Agricultura1 hora atrás

Recadastramento de pescadores deve começar em cerca de 30 dias

O novo Registro Geral de Pesca (RGP) está pronto, anunciou nesta sexta-feira (19) o secretário de Aquicultura e Pesca do...

Economia1 hora atrás

Ministro da Infraestrutura recebe caminhoneiros na semana que vem

arrow-options Agência Brasil/Wilson Dias Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas se encontrará com caminhoneiros na próxima semana para falar sobre...

Economia1 hora atrás

Economia já propôs fim da multa de 40% do FGTS a Bolsonaro

arrow-options Antonio Cruz/Agência Brasil  Após participar de um evento da igreja Sara Nossa Terra, presidente Jair Bolsonaro comentou sobre a...

Economia1 hora atrás

Contrata-se: quais setores estão gerando empregos no Brasil

arrow-options MARCO ANKOSQUI/Isto É DESENVOLVEDOR DE MOBILE Caio Granda, contratado pela Alt.Bank: “Me sinto privilegiado por ter sido empregado em uma...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana