conecte-se conosco



Estadual

Um adolescente é morto a cada quatro dias no ES

Publicado

em

Reprodução Internet

 

Foram 193 crianças ou adolescentes mortos no estado entre 2019 e 2020. A maioria deles tinha entre 15 e 17 anos. Os dados são do Observatório da Segurança Cidadã.

O Espírito Santo registrou uma morte de criança ou adolescente a cada quatro dias nos últimos dois anos. O dado é do Observatório da Segurança Cidadã. Ao todo, entre 2019 e 2020, foram 193 crianças e adolescentes assassinados no estado.

Desses assassinatos, 169 foram de vítimas com faixa etária entre 15 a 17 anos. A maioria das mortes também foram de meninos: 182 casos.

Os municípios com mais assassinatos de adolescentes e crianças no Espírito Santo são Cariacica, Vila Velha e Serra.

Para o deputado estadual Danilo Bahiense, que preside uma comissão de proteção à criança e ao adolescente, boa parte dos casos pode ter relação com o tráfico de drogas.

“Se o estado não der nenhum recurso para que as famílias, os pais, possam cuidar dos seus filhos, o tráfico acaba adotando. Na grande maioria, essas vítimas são do sexo masculino. Os meninos geralmente são mais afoitos, e entram no tráfico intensamente. Até pela tenra idade, são valentes, usados pelos traficantes maiores para fazer justiça. Então, acabam sendo assassinados com grande facilidade”, apontou o deputado.

A Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp) explicou que a criminalidade no Espírito Santo também está ligada à faixa etária. Na visão da Sesp, as vítimas são jovens com pouco ou nenhum acesso à educação.

A situação é confirmada por um levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo o Instituto, o estado tinha, em 2019, 96 mil adolescentes com idades entre 15 e 17 anos fora da escola.

“Estamos falando de uma criminalidade juvenil, que vai de 12 a 28 anos, afastadas de conceitos familiares, religiosos e educacionais, ligados diretamente ao tráfico de entorpecentes com muita violência. Segurança Pública é dever do estado, responsabilidade de todos. Precisamos trabalhar em conjunto. Nós precisamos tratar essa criminalidade juvenil de outra forma, muito além das ações das polícias”, explicou o secretário de Segurança Pública, Alexandre Ramalho.

O Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), responsável pelo Observatório da Segurança Pública, analisa que a faixa etária de 15 a 17 anos é a mais vulnerável e mais fácil de atrair para o tráfico.

“Nessa faixa etária de 13 até 15 anos, o indivíduo quando está fora da escola passa a ter um tempo ocioso. A gente sabe que algumas comunidades têm uma dinâmica do tráfico muito grande. Esse indivíduo que não está inserido no sistema de ensino, é mais facilmente cooptado pelos agentes do tráfico de drogas ilícitas”, explicou o diretor de integração do IJSN, Pablo Lyra.

Para resolver essa situação, o especialista acredita que o foco deve ser no investimento de políticas públicas.

“É muito importante a integração de polícias preventivas, tanto para reduzir a evasão, mas também para reduzir evasão e abandono no segundo ciclo do ensino fundamental. Quanto antes as políticas de prevenção para diminuir a evasão escolar sejam implementadas nesse ciclo educacional do indivíduo, menores são as chances dele sair desse ambiente escolar”.


(*G1)

Comente Abaixo
Mulher2 horas atrás

Espinha no couro cabeludo: entenda as causas e saiba como tratar

Reprodução: Alto Astral Espinha no couro cabeludo: entenda as causas e saiba como tratar Ter espinhas no couro cabeludo pode...

Economia2 horas atrás

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 33 milhões; veja os números sorteados

O Dia Mega-Sena acumula e premio vai a R$ 33 milhões; veja os números sorteados Neste sábado (10), a  Caixa Econômica...

Mulher3 horas atrás

Proteja seu bichano! Tome os cuidados corretos com os pets no outono

Reprodução: Alto Astral Proteja seu bichano! Tome os cuidados corretos com os pets no outono O outono chegou! Desta forma,...

Mulher3 horas atrás

Sophie Charlotte e Daniel de Oliveira passeiam com filhos em shopping

Reprodução/Instagram Sophie Charlotte e Daniel de Oliveira A atriz  Sophie Charlotte e o marido, o ator Daniel de Oliveira, encantaram...

Policial3 horas atrás

Policiais Militares do 3° Batalhão receberam imunização contra o novo coronavírus

Na manhã deste sábado (10), iniciou a vacinação dos profissionais da Segurança Pública na região do Caparaó. Os policiais militares do...

Entretenimento3 horas atrás

Sem Meghan, Harry irá ao funeral do príncipe Philip

Getty Images Os príncipes Philip e Harry O príncipe Harry vai comparecer ao funeral de Philip, no dia 17 de...

Nacional3 horas atrás

Homem vai mostrar arma para mulheres e atira na própria mão por acidente

Reprodução Homem vai mostrar arma para mulheres e atira na própria mão por acidente Um homem foi mostrar uma arma...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!