conecte-se conosco



Tecnologia

Uber lança recurso que permite usuários reclamarem gravando um áudio

Publicado

em

source

Olhar Digital

Uber  lançou, nesta segunda-feira (10), a ferramenta U-Áudio para que usuários e motoristas possam gravar áudios durante as corridas a fim de reportarem quaisquer acontecimentos infelizes e desagradáveis. Cidades como Salvador , Uberlândia , São Luís , Sorocaba e Campo Grande já possuem acesso ao novo recurso.

Uber é banida na Colômbia e deve encerrar atividades em fevereiro

Para utilizar a função, basta acessar os itens de segurança que ficam disponíveis durante cada viagem realizada na plataforma da Uber . Tanto o usuário quanto o motorista poderão relatar incidentes por meio de um áudio que deverá ser anexado no encerramento da corrida ou nas viagens que podem ser buscadas no histórico do aplicativo.

Segundo o aplicativo, o arquivo contendo a gravação será criptografado e armazenado diretamente no dispositivo do remetente, ficando disponível apenas para o usuário/motorista. A equipe da Uber só terá acesso se o remetente decidir compartilhar o áudio como parte do relato.

Uber arrow-options
Reprodução

Uber


Assim que o arquivo for enviado aos agentes de atendimento ao cliente da Uber , a gravação será utilizada para entendimento do incidente e, consequentemente, para que a empresa tome as medidas necessárias. 

Privacidade

O relato pode, inclusive, ser compartilhado com as autoridades se necessário. Contudo, segundo a Uber , “a proteção da privacidade dos envolvidos é levada muito a sério em todo o processo” e só a empresa tem a chave para descriptografar os anexos e isto somente pode ser feito após a denúncia, com o envio do áudio. A gravação não pode ser ouvida no dispositivo do usuário ou motorista, nem compartilhada com terceiros, apenas com a Uber.

De acordo com a Uber , o arquivo de áudio poderá ser relevante na decisão de desativação de um motorista ou usuário da plataforma.

Uber introduz gravação de áudio durante viagem

A ferramenta já havia sido divulgada durante o evento Uber Destino , realizado no ano passado, mas só agora se tornou disponível. Durante o período do piloto, a ferramenta está sendo configurada para apagar os arquivos de áudio automaticamente após uma semana. 

Comentários do Facebook

Tecnologia

Ensino à distância: plataformas e instituições ajudam professores

Publicado

em

source

Agência Brasil

plataformas arrow-options
Divulgação/Allisson Roberto

Plataformas online ajudam no ensino


Com a pandemia do novo coronavírus e a impossibilidade de reunir diversos alunos em salas de aula, algumas instituições de ensino optaram por manter suas atividades de forma remota.

Mas, como nem todas elas estavam preparadas para a chamada  educação à distância , diversas plataformas digitais vêm disponibilizando ferramentas e firmando parcerias para o emprego deste tipo de recurso.

O Facebook e a ONG Nova Escola atuarão em conjunto em um curso voltado a professores visando capacitá-los no uso de ferramentas que podem ser adotadas para possibilitar aulas e atividades de aprendizagem. Além de redes sociais da empresa, como o próprio Facebook e o WhatsApp , serão repassadas explicações sobre outras aplicações, como Youtube , Google Meeting e Zoom .

Leia também: Coronavírus fecha escolas: como o Google pode ajudar no ensino à distância?

“Teremos lives [vídeos ao vivo pelo Facebook] semanais explicando as ferramentas e entrevistas com professores que tiveram experiências com ferramentas. Além disso, queremos criar rede de apoio entre os professores”, explica a gerente de políticas públicas do Facebook, Andrea Leal.

A gerente pedagógica da Nova Escola, Ana Lígia, explicou que nestes cursos haverá a participação de mediadores. “A gente vai ter experiências de pessoas que já utilizam tecnologia. Premissa de que nossos cursos sejam voltados para a prática, soluções de professores para professores”, disse.

As aulas serão transmitidas às quintas-feiras no Facebook  pelo  perfil da ONG Nova Escola . Os vídeos ficarão gravados e poderão ser acessados a qualquer momento por professores. Também serão disponibilizados planos de aula com sugestões para o uso de recursos tecnológicos .

A Microsoft também disponibilizou programas gratuitamente que podem ser utilizados em atividades educacionais. Um deles é a de gestão de equipes, chamada ” Teams “. Desde 10 de março, algumas funcionalidades antes reservadas aos planos pagos foram colocadas para uso sem pagamento. É o caso da realização e gravação de videoconferências , além do fim do limite de participantes nessas reuniões virtuais.

Leia também: Crianças em casa: Conheça 7 aplicativos educativos para usar no isolamento

Além das ferramentas, a empresa oferece cursos na área de tecnologia sobre assuntos diversos, como inteligência artificial , Internet das Coisas e outras temáticas envolvendo as áreas de atuação da empresa.

Iniciativas do Google

O Google também disponibilizou recursos tecnológicos voltados a facilitar aulas e outras iniciativas educacionais. Uma lista de aplicativos úteis foi criada como sugestão de soluções técnicas de apoio a professores e gestores.

Um  site específico foi criado para reunir programas e conteúdos úteis às pessoas que estão em casa. Entre as informações estão dicas direcionadas a professores e alunos, incluindo seminários transmitidos pela internet , os chamados  webinars .

Leia também: Robô ajuda crianças com autismo a desenvolverem habilidades sociais

A suíte de aplicações corporativas da empresa, chamada G Suite , tem uma versão voltada à educação. O grupo também já possuía uma plataforma específica para aulas, o Google Classroom , onde professores podem organizar aulas online .

“Com o avanço da pandemia de covid-19, muitos estudantes, professores, famílias, empreendedores e profissionais passaram a ficar em casa. Neste momento de isolamento, é importante que todos sejam capazes de manter uma rotina conectada, produtiva e saudável”, diz Valdir Leme, chefe de marketing do Google no Brasil.

Facilidades e desafios

O professor universitário do curso de publicidade da instituição de ensino superior IESB Carlos Leonardo é um entusiasta dos métodos de educação a distância . Ele trabalha com esse formato há pelo menos oito anos na faculdade. O docente acredita que nesse ambiente alunos são convidados a participar mais .

Mas nesse cenário em que todos precisam participar das aulas a distância, ele demonstra preocupação com o acesso pelos alunos devido à grande demanda de tráfego para cursar as aulas. “Com meus alunos, o que mais está dificultando é pacote de dados deles. Essa é a sensibilidade deles”, relata.

Comentários do Facebook
Continue lendo
São Mateus10 minutos atrás

Caixa fecha agências de São Mateus e Linhares

Uma agência de São Mateus e outra de Linhares, tiveram os atendimentos suspensos para realização de higienização de todo o...

Nacional15 minutos atrás

Governo vai capacitar profissionais da saúde para combate ao Covid-19

arrow-options Pixabay/Creative Commons Inscrição no programa é obrigatória para os profissionais de saúde do país. O Ministério da Saúde vai...

Entretenimento15 minutos atrás

Após racismo, ex-Band Rodrigo Branco chama Bella Falconi de autista em vídeo

Desta vez Bella Falconi foi a vítima do ex-diretor da Band , Rodrigo Branco , que no início da semana...

Política28 minutos atrás

Paschoal diz que militares derrubarão Bolsonaro caso ele siga contra isolamento

Nesta quinta-feira (02), em resposta a uma postagem do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no Twitter, a deputada estadual Janaína...

Entretenimento34 minutos atrás

Ex-marido de Juju Salimeni faz live com musa fitness só de calcinha e sutiã: ‘Avaliação física online’

Os dois fizeram uma brincadeira onde quem perdesse teria que tirar uma peça de roupa Parece que Felipe Franco, ex-marido...

Variedades39 minutos atrás

Caminhão cata véio” alerta para que idosos fiquem em casa; vídeo

A iniciativa partiu de um morador da região que pensou em uma forma divertida para alertar os idosos sobre os...

Nacional41 minutos atrás

São Paulo usará dados anônimos de celular para controle de novo coronavírus

arrow-options Redes Sociais Companhia telefônica fornecerá dados anônimos para controle de Covid-19 O estado de São Paulo terá a tecnologia...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana