conecte-se conosco


Política

TSE aprova contas da campanha de Bolsonaro e rejeita ação petista

Publicado

em


TSE aprova com ressalvas contas da campanha eleitoral de Bolsonaro, diplomação será no próximo dia 10
Divulgação/ Flickr Governo de Transição

TSE aprova com ressalvas contas da campanha eleitoral de Bolsonaro, diplomação será no próximo dia 10

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou com ressalvas, na terça-feira (4), a prestação de contas da campanha eleitoral do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) e do vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão (PRTB). Essa foi a última formalidade pela qual o presidente eleito passou, antes de ser diplomado, na próxima segunda-feira (10).

O relator do caso, Luís Roberto Barroso, afirmou que, segundo a área técnica do tribunal, grande parte das “inconsistências” na prestação de contas foi sanada após a defesa de Bolsonaro retificar a prestação.

Leia também: Após encontro com Bolsonaro, líder do MDB diz que partido não fará indicações

Em novembro, os analistas e técnicos do TSE avaliaram como uma das irregularidades a devolução de depósitos feitos na conta bancária da campanha. O financiamento coletivo por meio de uma empresa sem registro prévio na Justiça Eleitoral também foi objeto de impropriedade pelos analistas.

No entanto, a assessoria técnica não identificou prejuízo ao controle social das doações, pois a plataforma usada para arrecadação dos valores e a empresa subcontratada para o arranjo dos pagamentos foram previamente cadastradas no TSE.

Segundo a prestação entregue pelos advogados de Bolsonaro na tarde desta terça-feira (4), a campanha arrecadou R$ 4,3 milhões e gastou R$ 2,8 milhões. As “inconsistências”, segundo Barroso, correspondem à não comprovação de despesas que somam R$ 58.333,32. “As irregularidades, em seu conjunto, correspondem a 1,33% [do total arrecadado], esse valor de pequena expressão não acarreta a reprovação das contas”, afirmou relator do caso, Luís Roberto Barroso.

Leia também: Bolsonaro foi eleito para colocar militares no comando, diz filho do presidente

Leia mais:  Ratinho Júnior (PSD) é eleito governador do Paraná com 60,05% dos votos

Por fim, Barroso determinou o recolhimento do valor de R$ 5,2 mil ao Tesouro Nacional, relativos ao recebimento de doações de fontes vedadas e de R$ 3 mil relativos ao recebimento de recursos de origem não identificadas. “Os números envolvidos na presente prestação demonstram ser possível participar das eleições mediante mobilização da cidadania e não do capital sem fazer do processo eleitoral sem fazer do processo eleitoral um derramamento de dinheiros escusos”, concluiu o ministro.

TSE rejeita ação do PT contra Bolsonaro


TSE rejeita ação do PT para cassar a candidatura do presidente eleito Jair Bolsonaro
Carlos Moura/SCO/STF – 6/4/2017

TSE rejeita ação do PT para cassar a candidatura do presidente eleito Jair Bolsonaro

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) formou também na terça-feira (4) maioria de cinco votos para rejeitar o pedido protocolado pelo PT para cassar a candidatura do presidente eleito Jair Bolsonaro . Apesar do placar, um pedido de vista do ministro Edson Fachin suspendeu o julgamento.

Até o momento, votaram os ministros Jorge Mussi, relator do caso, e os ministros Og Fernandes, Admar Gonzaga, Tarcísio Vieira e Luís Roberto Barroso. Faltam os votos de Fachin e da presidente, Rosa Weber. Não há data para a retomada do julgamento.

Na ação, a campanha eleitoral do PT acusou Bolsonaro e seu vice, general Hamilton Mourão, de abuso de poder econômico durante as eleições deste ano.

Leia também: Lewandowski quer cumprimento de autorização para Lula dar entrevistas

O partido alegou que os candidatos se beneficiaram do suposto constrangimento provocado pelo empresário Luciano Hang, dono das lojas Havan. Segundo as alegações da chapa petista, em vídeo divulgado na internet, Hang teria constrangido seus funcionários a votarem em Bolsonaro “sob ameaças de fechamento de lojas e dispensa”.

Leia mais:  Conta de luz deve continuar sem custo extra em fevereiro, prevê ONS

Durante o julgamento, a defesa da coligação de Bolsonaro afirmou que o PT busca a cassação do registro do presidente eleito, mas não apresenta provas concretas.

Segundo o advogado Tiago Aires, a afirmação de Luciano Hang sobre o eventual fechamento de lojas foi feita em sua rede social pessoal e não tem relação com o presidente eleito.

“Em que essa declaração teria comprometido a normalidade das eleições? Onde estaria o corte da anomalia? Houve uma diferença de mais de 10 milhões de votos entre o candidato eleito e o segundo colocado”, disse.

Comentários do Facebook
publicidade

Política

Polícia Militar apreende drogas e menor em Nova Venécia

Publicado

em

O infrator tem envolvimento com o tráfico de drogas e outros atos infracionais na cidade, disse o Comandante do 2º Batalhão.

NOVA VENÉCIA (ES) – Policiais Militares apreenderam na noite desta sexta-feira (15) em Nova Venécia, um adolescente de 17 anos, acusado de ato infracional de tráfico de drogas. Com o infrator foram apreendidas 72 pedras de crack, R$ 360,00 em dinheiro proveniente da venda de drogas, além de dois celulares.

Segundo o Comandante do 2º Batalhão, Tenente-Coronel Mario Marcelo Dal Col, a ação policial aconteceu no Bairro Bela Vista e foi realizada pelos Militares da Força Tática de Unidade, durante o patrulhamento tático motorizado.

JVLS, 17 anos, estava saindo de uma casa abandonada, quando foi abordado e apreendido pelos Militares. Durante a abordagem o suspeito tentou se evadir, mas não obteve sucesso. Ao revista-lo os Militares encontraram o dinheiro e um celular. Dando continuidade as buscas, foram encontradas mais 72 pedras de crack e outro celular no quintal da casa abandonada.

O menor infrator e os materiais apreendidos foram encaminhados ao DPJ de São Mateus, onde foi realizado o flagrante.

De acordo com o Tenente-coronel Dal Col, o adolescente já é um velho conhecido da Polícia suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas e outros atos infracionais na cidade.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Conta de luz deve continuar sem custo extra em fevereiro, prevê ONS
Continue lendo

Votação

O eleitor mateense tem até 07 de março de 2019, a chance de indicar espontaneamente, o que pode ser no futuro o PREFEITO do Município. Escolha entre esses candidatos apresentados:

Esportes2 horas atrás

Ver o futebol brasileiro virou motivo para castigo e tortura

– Filho, você está de castigo . Quem mandou tacar fogo no lixo. Isso não se faz. E outra coisa:...

Entretenimento3 horas atrás

Realeza negra? Meghan Markle aparece como rainha em vídeo de Beyoncé

Aconteceu nesta quarta-feira (20) o prêmio Brit Awards, em Londres. Beyoncé e Jay-Z não puderam comparecer ao evento, porém, foram...

Esportes5 horas atrás

Corinthians vira sobre o Avenida-RS e se classifica na Copa do Brasil

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians Timão sofreu, mas conseguiu virar nos últimos minutos, contra o Avenida-RS e vencer por...

Esportes5 horas atrás

Em jogo de viradas, City vence o Schalke; Atlético faz 2 a 0 na Juventus

Reprodução Sterling marcou o último gol contra o Schalke 04, sem auxílio do VAR Na rodada das oitavas de final...

Nacional7 horas atrás

Mega-Sena acumula de novo e prêmio pode chegar a R$ 37 milhões no sábado

Divulgação/ Wilson Dias/ Agência Brasil Aposta mínima da Mega-Sena (seis números) custa R$ 3,50 e pode ser feita em qualquer...

Nacional7 horas atrás

Em telefonema “acidental”, presidente pede que Onyx faça acordo com Bebianno

Divulgação/Governo de Transição Bolsonaro demonstra preocupação com o pagamento por ações judiciais em que Gustavo Bebianno atuou como advogado O...

Nacional7 horas atrás

STF determina prisão de mandante da morte da missionária Dorothy Stang

Divulgação Dorothy Stang foi assassinada em 2005 A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) determinou a prisão do fazendeiro...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana