conecte-se conosco


Direto de Brasília

Trump e impasse por muro levam governo dos EUA ao mais longo apagão da história

Publicado

em


Trump diz que construção de muro para impedir a entrada de imigrantes ilegais nos EUA é
Flavio LoScalzo/Ansa
Trump diz que construção de muro para impedir a entrada de imigrantes ilegais nos EUA é “questão humanitária”

O governo dos Estados Unidos entrou neste sábado (12) em seu 22º dia de paralisação, o chamado ‘shutdown’
. Este já é o mais longo período de interrupção de serviços da história dos EUA e resulta da falta de acordo entre congressistas e o presidente Donald Trump, que exige US$ 5,7 bilhões no orçamento federal para a construção de um muro na fronteira com o México.

Cerca de 800 mil funcionários públicos ficaram ser receber o salário que deveria ser pago nessa sexta-feira (11), o que motivou protestos na capital Washington. Sindicatos de servidores acusam o governo federal dos EUA
de violar as leis trabalhistas ao solicitar que funcionários considerados “essenciais” continuem trabalhando sem salário.

O aeroporto de Miami deverá fechar parcialmente durante o fim de semana por falta de funcionários. A agência Standard & Poors calcula que o ‘ shutdown
‘ já tenha dado um prejuízo de US$ 3,6 bilhões, média de US$ 1,2 bilhão por semana.  Se durar
mais
14 dias, o apagão custará mais que os US$ 5,7 bilhões solicitados por Trump ao Congresso para a construção do muro na fronteira com o México.



Entrada proibida: imigrações desafiam o mundo a recobrar noções de solidariedade

O apagão foi iniciado em 22 de dezembro por conta da não aprovação do orçamento para 2019. O texto que incluía a previsão de recursos para o muro chegou a ser aprovado pela Câmara Baixa do país, mas emperrou ao ir à análise conjunta no Congresso. Trump
decidiu levar adiante a tentativa de cumprir sua promessa de campanha (o muro para impedir a entrada de imigrantes ilegais) em 2018 devido ao fato de que o partido Democrata passou a ter o controle da Câmara na legislatura que começa neste mês.

Leia mais:  Dia dos professores: profissão é sonho de apenas 3,3% dos estudantes brasileiros

Nessa semana, Trump e representantes da oposição democrata marcaram reunião para buscar encerrar a paralisação do governo, mas o presidente americano abandonou as tratativas
. Em seu Twitter, o republicano alegou que a reunião foi “total perda de tempo”.

Trump diz ter poderes para declarar estado de emergência nacional e, assim,  tomar medidas extremas para conseguir a verba desejada para a construção do muro mesmo sem a autorização do Congresso. O presidente insiste em alegar que há uma crise na fronteira sul do país.

Na quarta-feira, o presidente dos EUA
fez  pronunciamento em rede nacional de televisão
para reforçar seus argumentos e cobrar apoio da população em sua jornada por recursos para o muro. Segundo Trump, a adoção da medida é uma “questão humanitária”. “Meus compatriotas americanos, esta noite estou falando com vocês porque há uma crescente crise humanitária e de segurança em nossa fronteira sul”, afirmou. “Todos os americanos são feridos pela imigração ilegal descontrolada”, disse o republicano.

*Com informações da Ansa

Comentários do Facebook
publicidade

Direto de Brasília

Forte terremoto atinge fronteira do Panamá com a Costa Rica

Publicado

em

Terremoto Costa Rica e Panamá
Reprodução/USGS
Epicentro do terremoto foi próximo da cidade de David, no Panamá

Um terremoto, de magnitude 6,2 na escala Richter, foi registrado na fronteira entre o Panamá e a Costa Rica no início da madrugada desta quarta-feira (26). Segundo informações do Serviço Geológico dos EUA (USGS), não há relatos de mortos e feridos até o momento.

Leia também: Piloto dorme durante voo e acorda 78 km depois do ponto de pouso, na Austrália

O epicentro do terremoto foi a 44 km da cidada de David, no Panamá, a uma profundidade estimada de 14 km. Os tremores foram tão intensos que acabaram sendo sentidos em diversas cidades da região.

A Rede Nacional de Sismologia da Costa Rica  informou que diversos moradores da região sul do país tiveram que deixar suas casas pelo temor de novas movimentações.

Nas redes sociais, o presidente costarriquenho, Carlos Alvarado , afirmou que diversos pontos do país estão enfrentando problemas com a falta de energia, mas ressaltou que não existe qualquer risco de possíveis tsunamis na região após o terremoto .

Leia também: Menina fica presa em máquina de brinquedos ao tentar “capturar” Pikachu

Fonte: IG Política
Comentários do Facebook
Leia mais:  Lava Jato prende dez deputados estaduais do Rio acusados de receber ‘mensalinho’
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Entretenimento18 minutos atrás

Pisão de Ferrugem em fã vira meme na internet

Reprodução/Internet meme ferrugem A polêmica do Ferrugem dando um pisão no braço de fã, durante um show na Bahia, ainda...

Entretenimento18 minutos atrás

Príncipe William diz que não teria problema caso seus filhos fossem homossexuais

Nesta quarta-feira (26), o Príncipe William visitou a sede de uma organização LGBT, a “Albert Kennedy Trust (AKT)”, que se...

Entretenimento18 minutos atrás

Conheça o maquiador que conquistou a confiança da ex-Spice Girl Melanie C

Com mais de 15 anos na área da beleza, Vinícius Santarelli Rossetti é um case. Seus “cílios alongados e bem...

Nacional18 minutos atrás

Carlos Bolsonaro discute com vereadores sobre prisão de sargento com cocaína

Renan Olaz/CMRJ Carlos Bolsonaro (PSC) discutiu com Tarcísio Motta (PSOL) no plenário Os vereadores Carlos Bolsonaro (PSC) e Tarcísio Motta...

Nacional18 minutos atrás

ONU cita Bolsonaro como exemplo de “fracasso de liderança governamental”

Marcos Corrêa/PR – 21.6.19 Presidente Jair Bolsonaro tem enfrentado dificuldades na articulação política com o Congresso O relator especial da...

Economia19 minutos atrás

Relator diz que não vai suavizar regras para policiais federais e professores

Marcelo Camargo/Agência Brasil – 13.6.19 “Acho muito difícil [fazer] mais esforços do que já foram feitos”, disse o relator da...

Nacional1 hora atrás

Bolsonaro pede “punição severa” a militar preso com cocaína em voo

Alan Santos/PR Militar que foi preso com 39 kg de cocaína em bagagem estava na comitiva oficial de Bolsonaro ao...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana