conecte-se conosco


Nacional

Trinta toneladas de óleo são recolhidas em praias de Pernambuco

Publicado

em

óleo na praia
Foto: Felipe Brasil/Instituto do Meio Ambiente de Alagoas
Vazamentos atingiram praias de outras localidades do nordeste, como a de Alagoas.

Em Pernambuco , cerca de 600 pessoas, incluindo voluntários e funcionários do estado, participaram de um mutirão para recolher o óleo que atingiu o litoral. Ao todo, trinta toneladas foram retiradas por três dias consecutivos, da quinta-feira até este sábado (19). Na manhã deste domingo um sobrevoo está programado para monitorar possíveis aparecimentos de novas manchas.

Uma mancha localizada em alto-mar foi localizada a partir de um sobrevoo feito pelo litoral pernambucano durante a tarde do sábado (19). Ao G1, o diretor de Proteção Ambiental do Ibama, major Olivaldi Azevedo, disse que a mancha foi localizada próximo à praia de Muro Alto.

Barreiras de contenção também foram utilizadas para impedir que óleos alcancem a foz dos rios Maracaípe, Mamucabas, Una e Persinunga. Fragmentos do petróleo também foram encontrados nas praias de Reduto, em Rio Formoso; Boca da Barra, em Tamandaré; Barra de Sirinhaém, em Sirinhaém; Mamucabinhas, em Barreiros; Pontal de Maracaípe, em Ipojuca; Cupe, em Ipojuca; Muro Alto, em Ipojuca. As manchas de óleo também foram encontradas em estuários de rios em localizados em Tamandaré, Barreiros e Ipojuca.

Apesar do empenho para retirar os resíduos das praias, é necessário uma análise química da água e da areia para que as autoridades tenham certeza de que as áreas atingidas estão próprias para banhistas.

O governo estadual de Pernambuco informou ao G1 que um dos problemas para enfrentar a situação é a falta de orientações do governo federal.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Aneel anuncia bandeira tarifária vermelha para novembro
publicidade

Nacional

Criança de 4 anos é estuprada pelo bisavô: “Se queixava de dores”

Publicado

em

Crime ocorreu em Belo Horizonte (MG). Polícia Civil investiga o caso. Até o momento, bisavô não foi preso

Um menino de apenas 4 anos foi estuprado pelo bisavô, de 71, em Belo Horizonte (MG). O crime foi descoberto pela mãe da criança, na noite dessa segunda-feira (18/11/2019), após o filho relatar dores no ânus e descrever, detalhadamente, o abuso sexual que teria sofrido.

Há cerca de dois meses, o menino fica na casa do bisavô no período da tarde, quando a mãe sai para trabalhar. De acordo com o boletim de ocorrência, o menino chegou em casa e começou a contar, espontaneamente, que o bisavô, Geraldo Ferreira Lima, o teria beijado na boca.

“A vítima, de forma espontânea, disse que ‘Ladim’ [,como o suspeito é chamado pela criança,] havia lhe pedido um beijo na boca. A mãe indagou, e a criança disse que após o beijo o bisavô colocou o pênis na boca dela e penetrou o órgão genital no ânus do menino”, detalha o boletim.

A mãe gravou todo o relato do filho. A criança, inclusive, reclamava de dores do ânus. As imagens foram analisadas pelos policiais militares. No vídeo, o menino demonstra que o bisavô “pediu para tirar a roupa, virar de costas e abrir as nádegas”. Neste momento, a criança aponta para o ânus.

O último contato do menino com “Ladim” foi na quinta-feira (14/11/2019). Aos policiais, a mãe contou que o filho estava tendo um comportamento estranho. O menino estava tocando os órgãos genitais do irmão, que tem apenas 1 ano e 3 meses.

A criança foi encaminhada ao hospital Odilon Beres, na capital mineira. A médica pediatra disse que o menino confirmou o abuso sexual. “Após análise, aparentemente não havia lesão interna, mas a criança ficou no hospital para outros exames”, completa o boletim.

O caso, registrado como estupro de vulnerável, foi encaminhado para a Delegacia Especializada de Combate à Violência Sexual. Geraldo Ferreira Lima não foi preso até o fechamento desta reportagem.

Procurada, A Polícia Civil de Minas Gerais informou que instaurou inquérito para apurar a denúncia. “Os envolvidos serão chamados, nos próximos dias, à delegacia para prestar esclarecimentos, inclusive a criança, que passará por escuta qualificada com profissionais de psicologia”, informou.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Após quatro dias preso na PF do Rio, Temer volta para casa, na capital paulista
Continue lendo
Política24 minutos atrás

Fux libera novamente caso de Deltan para julgamento no Conselho do MP

arrow-options NELSON JR /STF Essa é a segunda vez que o ministro Luiz Fux muda de posição O ministro Luiz...

Estadual1 hora atrás

Homem que adquiriu forno industrial sem peças necessárias para funcionamento será indenizado

“Na espécie, como já consignado, o requerente teve vários percalços ao tentar resolver um simples problema de produto com defeito,...

Estadual1 hora atrás

Negada indenização a aluna que alegou ter sido suspensa de escola por não ter material didático do ano

O magistrado verificou que a requerente não apresentou nenhum indício de prova dos fatos alegados e limitou-se a argumentar genericamente....

Estadual1 hora atrás

TJES nega pedido de Rio Novo do Sul para liberar área com risco de deslizamento de rochas

Segundo município, há divergência entre os laudos de vistoria. Para relator do processo, é mais prudente a manutenção da medida...

Estadual1 hora atrás

9º Encontro dos Juízes Criminais e de Execuções Penais acontece na próxima segunda-feira, 25

A Lei de Abuso de Autoridade será o tema da palestra de abertura do encontro, com a participação do promotor...

Tecnologia4 horas atrás

Google promove eleição dos melhores apps de 2019; DAZN e Dollify são finalistas

O Google promove uma eleição em sua playstore (loja de aplicativos) para escolher os melhores de 2019. Há diversas categorias...

Saúde6 horas atrás

Brasil reforça vacinação em 16 municípios de fronteira

O Ministério da Saúde deu início à segunda fase da campanha Movimento Vacina Brasil nas Fronteiras. Até o dia 30...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana