conecte-se conosco


Regional

Tragédia em Linhares: MPES entra com recurso para Juliana Sales ir a júri popular

Publicado

em

Ministério Público alega que a mãe de Joaquim e Kauã foi omissa em relação aos crimes atribuídos ao marido dela, Georgeval Alves, acusado de matá-los

O Ministério Público do Espírito Santo (MPES) ingressou com um recurso de apelação contra a decisão da Justiça de não levar a júri popular Juliana Sales, mãe dos irmãos Kauã Sales Butkovsky, de 6 anos, e Joaquim Alves, de 3 anos, mortos carbonizados no dia 21 de abril do ano passado, em Linhares.

O MPES alega que Juliana foi omissa em relação aos crimes atribuídos ao marido dela, Georgeval Alves, pai de Joaquim e padrasto de Kauã, acusado de estuprar, espancar e atear fogo nas duas crianças enquanto elas ainda estavam vivas. O Ministério Público pede que ela responda pelos mesmos crimes que Georgeval, que irá a júri popular.

Em suas alegações, o MPES reforça que Juliana sabia dos riscos de deixar os filhos sob os cuidados de Georgeval, em razão do comportamento apresentado pelo suspeito dias antes do ocorrido. Um dia antes da morte de Joaquim e Kauã, Juliana havia viajado para o município de Tófilo Otoni, em Minas Gerais, e deixado as duas crianças com Georgeval em Linhares.

As alegações do Ministério Público são baseadas em depoimentos prestados durante o inquérito policial que apurou os fatos e em conversas que Juliana e Georgeval tiveram por meio de aplicativos de mensagens. Segundo o MPES, mesmo diante das evidências de que o marido teria matado seus dois filhos, Juliana nunca o questionou sobre o que de fato ocorreu e sempre procurou encobri-lo de qualquer acusação.

Decisão

No último dia 2 de maio, o juiz André Bijos Dadalto, da 1ª Vara Criminal de Linhares, decidiu que Juliana deveria ser impronunciada dos crimes, na forma omissiva, de homicídio duplamente qualificado e estupro de vulneráveis. Ela também foi absolvida do crime de fraude processual.

Segundo o magistrado, Juliana Sales não estava em Linhares na madrugada do dia 21 de abril do ano passado, quando aconteceu o incêndio na residência onde a família morava. Além disso, ainda na decisão, o juiz diz que não consta nos autos do processo provas cabais para convencer o magistrado de que a mãe dos irmãos tenha sido omissa.

Já Georgeval Alves será submetido a júri popular. Ele responderá pelo crime de duplo homicídio qualificado, estupro de vulnerável e tortura. O acusado, no entanto, foi absolvido do crime de fraude processual. O juiz também negou a revogação da prisão preventiva, não permitindo que Georgeval recorra da decisão de pronúncia em liberdade.


(*MPES e Folha Vitória)

Comentários do Facebook
Leia mais:  Homem desaparece após bater ponto em indústria de Linhares
publicidade

Regional

Pais livram a filha de 12 anos de ser estuprada no interior de Conceição da Barra

Publicado

em

CONCEIÇÃO DA BARRA (ES) – O caso aconteceu no Distrito de Braço do Rio, em Conceição da Barra e tudo começou através das redes sociais. Mas, para a menina de 12 anos que escapou de ser estuprada, ficou a lição: não se deixar levar por conversas romântica através das redes sociais.

De acordo com informações passadas pelos policiais militares que atender a ocorrência a menina conheceu o rapaz de 18 anos de iniciais W.S.S., através do WhatsApp e na noite deste domingo, depois que os pais tomaram ciência do que estava acontecendo, orientaram a filha a marcar o encontro.

Desde que teve os primeiros contatos com a menina o rapaz mandava mensagens para ela com vídeos da prática de atos sexuais e dizia que queria fazer o mesmo com ela. Esses detalhes revoltaram os pais da menina que foi orientada marcar o encontro com o adolescente.

E no horário marcado, perto do Mercado Municipal de Braço do Rio, quando a menina se aproximou o rapaz já começou a agir como forma de leva-la para a casa de um avô mas acabou sendo dominado. Foram os próprios pais da menina que imobilizaram o rapaz e chamaram a polícia.

Diante das circunstâncias do caso, o rapaz e os pais com a filha foram levados para a Delegacia de Plantão de São Mateus para que as providências fossem adotadas, apesar de não ter se configurado o crime da prática de ato sexual contra a criança.

De acordo com o relato dos policiais o rapaz mandava vídeos eróticos de pessoas desconhecidas e dava detalhes do que iria fazer com a menor, visando manter conjunção carnal bem como penetração anal. Os pais da menor tiveram acesso ao conteúdo da conversa e diante de tamanha indignação, falaram para filha marcar o encontro. 

Comentários do Facebook
Leia mais:  Filho é preso suspeito de matar a própria mãe com requintes de crueldade no ES
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Nacional18 minutos atrás

PMs são alvos de operação contra quadrilha de sequestradores no Rio

Reprodução/TV Globo Para a polícia, PMs envolvidos se organizam como uma verdadeira “empresa do crime de sequestro” Um PM foi...

Nacional18 minutos atrás

Fugitivo sofre roubo, procura polícia e acaba preso com ladrão no interior de SP

Divulgação/Polícia Civil Ao consultar os antecedentes criminais da vítima de roubo, policiais constataram que se tratava de um fugitivo Ladrão...

Nacional18 minutos atrás

Universidades vão ajudar na recuperação da bacia do Rio Doce

Fred Loureiro/Secom/ES – Arquivo Imagem aérea mostra a lama no Rio Doce, na cidade de Resplendor, Minas Gerais Universidades de...

Nacional18 minutos atrás

Uso de simulador para obtenção de CNH passa a ser facultativo

Divulgação/Ministério das Cidades Aulas em simuladores deixarão de ser obrigatórias para a obtenção da carteira de motorista Resolução do Conselho...

Nacional18 minutos atrás

Motorista de aplicativo morre atingido por bloco de concreto arremessado no Rio

Reprodução Delegacia de Homicídios apura o caso; bloco de concreto atingiu motorista em cheio no peito Era madrugada de sexta...

Nacional18 minutos atrás

Vaticano propõe que homens casados possam ser padres na Amazônia

Agência Ansa Papa Francisco O Vaticano divulgou nesta segunda-feira (17) o documento preparatório para o Sínodo dos Bispos sobre a...

Economia1 hora atrás

Após demissão de Levy e embates entre Maia e Guedes, dólar opera instável

O dólar comercial voltou a operar de forma instável nesta segunda-feira (17). A moeda americana abriu os negócios em alta,...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana