Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
conecte-se conosco


Estadual

Tragédia em Linhares: Após liberdade de pastora, defesa vai entrar com pedido de Habeas Corpus para pastor George

Publicado

em

Juliana e Georgeval foram acusados pelo Ministério Público do Espírito Santo (MPES) de duplo homicídio, duplo estupro e fraude processual

LINHARES (ES) – Após a Justiça conceder liberdade provisória para Juliana Pereira Sales Alves, esposa de Georgeval Alves e mãe dos irmãos mortos carbonizados Joaquim Alves, de 3 anos, e Kauã Salles Butkovsky, de 6 anos, a defesa do casal afirmou que vai pedir o Habeas Corpus para Georgeval.

Juliana e Georgeval foram acusados pelo Ministério Público do Espírito Santo (MPES) de duplo homicídio, duplo estupro e fraude processual, por alterar a cena do crime. George ainda é acusado de tortura. 

O pedido de revogação da prisão de Juliana foi feito pela defesa durante audiência realizada no dia 23 de outubro, em Linhares, com base nos depoimentos e nas provas produzidas. A decisão foi proferida nesta quarta-feira (07), pelo juiz responsável pelo caso, André Bijos Dadalto, da 1ª Vara Criminal de Linhares. 

De acordo com informações apurada pelo Folha Vitória, o alvará de soltura já foi expedido e Juliana pode sair a qualquer momento do Centro Prisional Feminino de Cariacica (CPFC), onde permanece detida, segundo a Secretaria Estadual de Justiça (Sejus).

Confira a nota completa da defesa do casal:  

“A defesa de Juliana está imensamente feliz e grata à Deus pela justiça feita hoje pelas mãos do sábio julgador Dr. André Bijos que deferiu o pedido de relaxamento de prisão da mesma diante o excesso de prazo para instrução processual, bem como pela produção das provas apresentadas até agora que reforça relatório policial que dizia que Juliana nada tinha a ver com a morte de seus filhos, ela é mais uma vítima de toda a tragédia ocorrida em 21 de abril desse ano. A vitória não foi completa vez que a revogação em face a Georgeval não fora deferida, mesmo estando ele preso a mais tempo que Juliana. A defesa pretende interpor Habeas Corpus em favor do mesmo”. 


(*Folha Vitória)

Leia mais:  Renovação de contratos do Fies termina nesta quarta (31)
publicidade
1 comentário

1 comentário

  1. erliana souza

    8 de novembro de 2018 a 10:13

    Um absurdo…Meu Deus tem misericórdia de nós. . ..Mesmo que a justiça da terra não seja feita. a justiça de Deus será. ….Deus não deixa nada como oculto a verdade aparecerá. ..
    Luto. …Kauã & Joaquin…

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estadual

Banco erra e coloca R$ 2 milhões na conta de comerciante no Espírito Santo

Publicado

em

A sobrinha da comerciante, Paula Beatriz de Souza, que percebeu o erro

VITÓRIA (ES) – Uma comerciante ficou milionária por um dia no Espírito Santo, devido a um erro bancário. Vanilda Bruni de Souza teve uma surpresa ao ver o seu saldo e ver que estava com R$ 2 milhões e 57 mil de saldo. 

A sobrinha da comerciante, Paula Beatriz de Souza, que percebeu o erro e comunicou. “Eu falei ‘tia, tem dinheiro demais na conta, é muito dinheiro e eu não sei de onde veio, tem alguma coisa errada'”, contou.

Antes do erro, Vanilda tinha cerca de R$ 1.500 de saldo. Depois disso, ligou para o banco e falou com o gerente. “Quando ele abriu, ele se assustou e falou que a sua conta está milionária”, falou a comerciante.

Pouco tempo tempo o erro foi reparado e Vanilda diz que nunca pensou em se aproveitar do dinheiro, apesar das muitas dívidas que diz ter.

As informações são do G1.

Leia mais:  Fé e vontade de viver ajudaram professora a vencer Câncer de Mama
Continue lendo

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana