conecte-se conosco



Economia

Trabalhadores em situação análoga à escravidão são resgatados de carvoaria

Publicado

em


source
A mina de onde os trabalhadores foram resgatados
Reprodução / Ministério Público do Trabalho

A mina de onde os trabalhadores foram resgatados


Um grupo de 12 trabalhadores foi resgatado em uma carvoaria em Abadia dos Dourados ( MG ), no Triângulo Mineiro. Os mineradores relatam condições de trabalho análogos à escravidão quando foram resgatados pelo o Grupo Especial de Fiscalização Móvel (GEFM), do ministério da Economia.

No início de abril, o grupo foi recrutado pelo dono da mina que prometia R$ 3,50 reais por produção.O empregador também se comprometia a dar alojamento e alimentação

Leia também

Quando chegaram lá, o valor negociado caiu para R$ 3,00, conta uma das vítimas que prefere não se identificar por medo de represálias. Segundo ela, o alojamento não tinha cama para todos e muitos dormiam no chão.

Ela também conta que o patrão só fornecia uma única refeição por dia, o almoço, e os 12 tinham que dividir um único banheiro – que só tinha água gelada. “A situação começou a ficar estranha e a gente não tinha o que fazer, o contato com a família era difícil e a gente se sentia preso ali”, diz um dos trabalhadores ao Uol.

Você viu?

O crime

De acordo com o GEFM, os mineradores foram recrutados informalmente em pequenas cidades do interior de Minas Gerais, o que caracteriza o aliciamento. 

“A contratação formal exige a emissão de Certidão Declaratória de Transporte de Trabalhadores, documento que resguarda os direitos relativos à locomoção para prestação de serviços em outras localidades e isso não existiu”, explica o auditor fiscal Márcio Leitão.

O espaço onde os 12 trabalhadores dormiam
Divulgação / Ministério Público do Trabalho

O espaço onde os 12 trabalhadores dormiam


“Eles estavam com salários retidos e submetidos a condições degradantes. Utilizavam o mato para fazer suas necessidades, não existia local para refeições, faziam a comida em um fogão à lenha e ainda dormiam no chão”, conta a procuradora do Trabalho, Tathiane Nascimento.

O empregador foi obrigado a assinar um TAC (termo de ajustamento de conduta) em que se comprometeu a pagar uma indenização a título de dano moral individual a cada trabalhador, no valor de R$ 1.100,00.

O TAC também reúne obrigações que o empregador deverá cumprir para assegurar condições de trabalho aos futuros empregados que vier a contratar. Dentre estes requisitos, estão adequações em alojamentos e frentes de trabalho, fornecimento de água potável e equipamentos de proteção individual, dentre outros, relata a procuradora.

Comente Abaixo
Nacional4 minutos atrás

Mãe e filha são estupradas e torturadas por seis homens

Grupo jogou tijolo contra vítimas antes de estupro coletivo. Elas foram socorridas após gritar por socorro, mas suspeitos fugiram Seis...

Nacional7 minutos atrás

Com corpo pegando fogo após ataque da mulher, homem vai até hospital

Mulher alega que foi agredida pelo esposo na noite anterior. Ele segue internado com 40% do corpo queimado Um homem...

Policial22 minutos atrás

Polícia Ambiental constata desmate em zona rural de Castelo

Nesta segunda-feira (14), durante o atendimento de denúncia, uma equipe da 4ª Companhia do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), localizou...

Política22 minutos atrás

Bolsonaro diz que vetará ‘passaporte da imunidade’ caso projeto seja aprovado

Agência Brasil Presidente Jair Bolsonaro diz que vetará ‘passaporte da imunidade’ caso projeto seja aprovado O  presidente Jair Bolsonaro criticou...

Política22 minutos atrás

Prefeitura de SP apoia programa de abstinência sexual como método contraceptivo

Afonso Braga/Câmara Municipal de São Paulo Ricardo Nunes (MDB), prefeito de São Paulo, afirma que parecer favorável é apenas ‘técnico’...

Política22 minutos atrás

CPI da Covid: Humberto Costa apresentará requerimento para a Azul Linhas Aéreas

Agência Brasil Senador Humberto Costa (PT-PE) A sessão da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid desta terça-feira, 15, começou com o...

Política22 minutos atrás

Aziz afirma que depoentes que não comparecerem, serão conduzidos à CPI

Divulgação/Agência Senado/Edilson Rodrigues Senador Omar Aziz (PSD-AM) presidente da CPI da Covid-19 O presidente da Comissão de Inquérito Parlamentar (CPI)...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!