conecte-se conosco



Política

Toffoli nega liminar contra indicação e sabatina de Jorge Oliveira para o TCU

Publicado

em


source
Ministro do STF Dias Toffoli
Nelson Jr./SCO/STF

Ministro do STF Dias Toffoli

O ministro Dias Toffoli , do Supremo Tribunal Federal (STF), negou liminar solicitada pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) contra a indicação de Jorge Oliveira, ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, para o cargo de ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) e a realização da sabatina pelo Senado.

A vaga no TCU deve ser aberta no dia 31 de dezembro com a aposentadoria do ministro José Múcio Monteiro Filho, atual presidente da Corte, anunciada por ele em 7 de outubro.

Um dia após o anúncio, no dia 8, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) enviou ao Senado a indicação de Oliveira , e, em seguida, a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) da Casa designou a sabatina para a próxima terça-feira (20).

No mandado de segurança, o senador do Cidadania argumentava que somente com a abertura da vaga de ministro, em dezembro, o presidente poderia indicar o substituto.

Segundo ele, a Constituição Federal não autoriza a apreciação da indicação de um nome para o TCU com base em mera expectativa de direito, como ocorre no caso. Ele lembra que, embora tenha anunciado a intenção de se aposentar, José Múcio tem 72 anos e pode permanecer no cargo por mais três anos, até completar a idade para a aposentadoria compulsória.

No exame do pedido, o ministro Dias Toffoli não verificou ilegalidade ou abuso de poder praticado Bolsonaro ou evidência de violação a direito que mereça intervenção do Supremo. Segundo o relator, não existe prazo específico que condicione o momento da indicação pelo presidente da República.

Para Toffoli, não cabe ao Poder Judiciário exercer juízo sobre a oportunidade e a conveniência da realização desse procedimento, sobretudo se não ocorre, como avaliou no caso, flagrante violação às normas constitucionais pertinentes.

Comentários do Facebook

Política

Afastamento de Chico Rodrigues vai ser julgado pelo plenário do STF na quarta

Publicado

em


source
Senador Chico Rodrigues (DEM-RR)
Edilson Rodrigues/Agência Senado

Senador Chico Rodrigues (DEM-RR)

O afastamento senador Chico Rodrigues (DEM-RR), que foi flagrado com cerca de R$ 30 mil na cueca durante operação de busca e apreensão da Polícia Federal em sua casa, vai julgado pelo plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) na próxima quarta-feira (21).

pedido de julgamento pelo plenário foi feito nesta sexta (16) pelo ministro Luís Roberto Barroso , que havia decidido de forma monocrática afastar Rodrigues por 90 dias.

Barroso decidiu fazer o pedido à presidência do STF ainda que esse tipo de decisão não exija a confirmação do plenário para evitar que os senadores fiquem mais desconfortáveis com a decisão do Judiciário.

Após a decisão de Barroso, senadores disseram que quem deveria afastar o senador seria o próprio Senado. Os parlamentares, no entanto, estão evitando elevar o tom para evitar desgaste entre os poderes.

Nesse momento, Senado ainda precisa decidir se mantém ou não a determinação de Barroso.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Entretenimento1 minuto atrás

Andressa Suita entra na justiça contra Gusttavo Lima

Redação Andressa Suita entra na justiça contra Gusttavo Lima Andressa Suita entrou com um pedido de divórcio de Gusttavo Lima...

Política1 minuto atrás

Toffoli nega liminar contra indicação e sabatina de Jorge Oliveira para o TCU

Nelson Jr./SCO/STF Ministro do STF Dias Toffoli O ministro Dias Toffoli , do Supremo Tribunal Federal (STF), negou liminar solicitada...

Saúde1 minuto atrás

Covid-19: Brasil tem 153 mil mortes e 5,2 milhões de casos acumulados

O Brasil chegou a 153.214 mortes em função da pandemia do novo coronavírus. Em 24 horas, foram registrados 754 óbitos. Os dados...

Sem categoria2 minutos atrás

Rafa Kalimann ostenta boa forma ao posar de biquíni: “Momento perfeito”

A ex-BBB atraiu olhares nas redes sociais Rafa Kalimann aproveitou a sexta-feira (16) para curtir um dia relaxante em casa...

Economia16 minutos atrás

“O que aconteceu? Política”, diz Guedes sobre atraso nas 4 grandes privatizações

Reprodução YouTube/XP Macro Sales Em videoconferência, ministro da Economia voltou a falar que prioridades políticas afetaram agenda de sua equipe...

Nacional16 minutos atrás

Filho mata a mãe para roubar R$ 700 da aposentadoria dela e comprar drogas

    Elza Fiuza/Agência Brasil – Filho mata mãe em Minas para roubar R$ 700 da aposentadoria dela e comprar...

Saúde16 minutos atrás

Famílias estão mais dispostas a doar órgãos, diz Unicamp

A disposição das famílias em fazer doação de órgãos de parentes aumentou no Hospital de Clínicas (HC) da Universidade Estadual...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!