conecte-se conosco


Esportes

Títulos e ativismo: Por que a melhor jogadora do mundo não estará na Copa?

Publicado

em


Ada Hegerberg
Reprodução/ Instagram
Ada Hegerberg tem 23 anos e já marcou seu nome na história do futebol feminino com títulos e ativismo

Ada Hegerberg já tem seu nome escrito na história do futebol feminino. Aos 23 anos a norueguesa acumula troféus e prêmios individuais pelo Lyon, da França, mas o que mais tem chamado à atenção do mundo é sua luta pela igualdade de gênero.

Leia também:  Confira as curiosidades históricas da Copa do Mundo de futebol feminino

Natural de Molde, cidade no noroeste da Noruega, Ada Hegerberg
iniciou sua carreira no futebol feminino quando ainda tinha 15 anos. Seu primeiro clube foi o Kolbotn IL onde ficou de 2010 a 2011. Nesse período foi eleita a melhor jogadora do ano da Liga Toppserien e a primeira atleta a marcar um hat-trick na competição.

Em 2012 ela e sua irmã mais velha, Andrine, assinaram com o Stabaek. Lá, Ada participou de 18 jogos e marcou 25 gols, terminando a temporada como artilheira do torneio. Todo o sucesso da dupla Hegerberg rendeu um contrato para as irmãs no Campeonato feminino da Alemanha.

Ada e Andrine se transferiram para o Turbina Potsdam em 2013 e após dois vices (um na Bundesliga e um na DFB Pokal), Ada foi contratada pelo Olympique Lyonnais
, enquanto sua irmã assinou com o Paris Saint-Germain.

Na França a norueguesa chegou ao auge de sua carreira. Em 15 troféus disputados com o Lyon ela venceu 13, sendo quatro vezes a Liga dos Campeões Feminina, quatro vezes a Copa da França e cinco vezes o Campeonato Francês Feminino.

Leia também:  Brasil entra na briga para sediar a Copa do Mundo de futebol feminino em 2023

Nos prêmios individuais, Ada venceu o 2015 Norwegian Gold Ball de melhor jogador de futebol da Noruega – desde 1995 uma mulher não era vencedora dessa premiação; conquistou o BBC Women’s Footballer of the Year de 2017 e 2019; foi eleita a melhor jogadora de futebol feminino na Europa em 2016 e venceu o Ballon D’Or 2018, a primeira bola de ouro entregue a uma mulher na história.

Leia mais:  Após polêmica, Bielsa admite: “Espionei todos rivais contra os quais jogamos”

ada na seleção norueguesa
Reprodução
Ada enquanto ainda defendia a seleção da Noruega

Todos os seus sucessos dentro de campo não a impediram de renunciar à seleção norueguesa por acreditar que as mulheres não recebiam o mesmo tratamento que os homens. Em 2017 ela anunciou a NFF que não iria mais vestir a camisa da seleção. Como resposta a federação assinou um termo com melhorias para a classe como aumento na remuneração.

Porém, Ada ainda não se sente satisfeita e recusou novamente a convocação para a seleção norueguesa. Por esse motivo ela ficará de fora da Copa do Mundo de futebol feminino
que será disputada entre junho e julho, na França.

“O futebol é a minha maior paixão na vida e trabalhei muito duro para chegar até aqui. É tão importante para mim que não posso sentar e ver as coisas não irem na direção certa”, disse ela ao BBC Sports após receber o prêmio BBC Women’s Footballer of the Year.

“Ganhar todos esses troféus e ter todo esse sucesso te dá uma voz. Não é sobre mim. Nunca foi sobre mim. É sobre conseguir a mudança para o nosso esporte. Deve motivar muitos outros também. Estamos todos juntos nessa”, acrescentou.

Apesar de sua batalha pela igualdade de gênero
, ela ainda sente na pele o sexismo no esporte. Durante a entrega da Bola de Ouro, em dezembro de 2018, o DJ Martin Solveig perguntou se Ada sabia dançar Twerk para comemorar o prêmio, constrangida ela respondeu “não”.

Leia também:  Confira a convocação da seleção brasileira feminina para o Mundial de 2019

Em sua fala na premiação, Ada Hegerberg
deixou o constrangimento de lado e deu um discurso poderoso. “Criar um prêmio feminino é um grande passo para o futebol feminino. Juntas, nós faremos a diferença. EU termino esse discurso direcionando a palavra às meninas de todo o mundo: por favor, acreditem em vocês”.

Leia mais:  Lakers confirmam Lebron James fora do restante da temporada da NBA

Fonte: IG Esportes
Comentários do Facebook
publicidade

Esportes

Mais problema! Neymar tem 36 imóveis bloqueados na Justiça por dívida milionária

Publicado

em

Neymar vive dias conturbados
AS.com / Reprodução
Neymar vive dias conturbados

Agressão a torcedor, suposto estupro em Paris, lesão na seleção brasileira, corte da Copa América, com a moral abalada no PSG … os últimos dias de Neymar têm sido bastante conturbados. Mas, acredite, ainda existe espaço para piorar.

Leia também: Neymar já não é mais prioridade no PSG, que admite negociar o jogador

De acordo com o jornal “Folha de S.Paulo”, a Justiça bloqueou 36 imóveis registrados no nome de Neymar , de sua família e suas empresas por conta de uma dívida milionária com a Receita Federal.

O órgão público cobra R$ 69 milhões do atleta desde o julgamento realizado em 2017.

Entre os imóveis bloqueados estão duas casas em condomínio de luxo no Guarujá, no litoral de São Paulo que, somadas, têm 3.000 m². O valor pago pelos dois imóveis juntos foi de R$ 7 milhões. Hoje, valem R$ 14 milhões a preços de mercado.

As mansões foram adquiridas em 2011, mesmo ano que o Barcelona pagou um adiantamento de 10 milhões de euros na negociação com o atleta, que seria concretizada dois anos depois.

Leia também: Assessor diz que publicou vídeo íntimo após pedido de Neymar

Um outro imóvel bloqueado é o apartamento no bairro Vila Mariana, de 760 m², comprado em 2015 por cerca de R$ 6,1 milhões. Hoje é calculado em R$ 15 milhões. Outros três apartamentos de Neymar em Itapema, cidade de Santa Catarina, também constam na lista de bloqueio.

Um deles possui 470 m² e é avaliado em R$ 1,4 milhão. Os outros dois  foram adquiridos por R$ 2,4 milhões cada.

Vale ressaltar que esses bloqueios feitos pela Justiça impedem que os imóveis sejam negociados, mas não que sejam utilizados. A intenção é fazer com que Neymar pague a dívida que possui com a Receita Federal – ele é investigado por sonegação quando saiu do Santos rumo ao Barcelona, em 2013.

Leia mais:  Assembléia para votação de impeachment faz futebol ficar em 2º plano no Santos

O clube catalão pagou 40 milhões de euros a uma empresa de Neymar da Silva Santos, pai do jogador, de forma parcelada, durante 2011, 2013 e 2014. Porém, segundo a Receita, o valor deveria ter sido registrado no nome do próprio atleta, e não de empresa no nome do pai.

O imposto que reincidiria sobre o valor ganho com a transferência em caso de pessoa física é de 27,5%. Já em pessoa jurídica, é de 17%.

Encontro com políticos

Pai de Neymar se reuniu com Bolsonaro e Paulo Guedes
Reprodução
Pai de Neymar se reuniu com Bolsonaro e Paulo Guedes

O pai de Neymar se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro e com o ministro da Economia, Paulo Guedes , em abril deste ano. O Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais) faz parte do ministério de Paulo Guedes.

Leia também: Em depoimento, Neymar diz que usou camisinha e que deu tapas a pedido de Najila

A reunião, registrada, inclusive, em fotos, não estava prevista na agenda oficial do Planalto. Segundo a pasta, a intenção do pai de Neymar era dar explicações sobre processo fiscal que enfrenta na Receita e, possivelmente, conseguir algum benefício nesta questão.

Fonte: IG Esportes
Comentários do Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Nacional4 minutos atrás

PMs são alvos de operação contra quadrilha de sequestradores no Rio

Reprodução/TV Globo Para a polícia, PMs envolvidos se organizam como uma verdadeira “empresa do crime de sequestro” Um PM foi...

Nacional4 minutos atrás

Fugitivo sofre roubo, procura polícia e acaba preso com ladrão no interior de SP

Divulgação/Polícia Civil Ao consultar os antecedentes criminais da vítima de roubo, policiais constataram que se tratava de um fugitivo Ladrão...

Nacional5 minutos atrás

Universidades vão ajudar na recuperação da bacia do Rio Doce

Fred Loureiro/Secom/ES – Arquivo Imagem aérea mostra a lama no Rio Doce, na cidade de Resplendor, Minas Gerais Universidades de...

Nacional5 minutos atrás

Uso de simulador para obtenção de CNH passa a ser facultativo

Divulgação/Ministério das Cidades Aulas em simuladores deixarão de ser obrigatórias para a obtenção da carteira de motorista Resolução do Conselho...

Nacional5 minutos atrás

Motorista de aplicativo morre atingido por bloco de concreto arremessado no Rio

Reprodução Delegacia de Homicídios apura o caso; bloco de concreto atingiu motorista em cheio no peito Era madrugada de sexta...

Nacional5 minutos atrás

Vaticano propõe que homens casados possam ser padres na Amazônia

Agência Ansa Papa Francisco O Vaticano divulgou nesta segunda-feira (17) o documento preparatório para o Sínodo dos Bispos sobre a...

Economia1 hora atrás

Após demissão de Levy e embates entre Maia e Guedes, dólar opera instável

O dólar comercial voltou a operar de forma instável nesta segunda-feira (17). A moeda americana abriu os negócios em alta,...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana