conecte-se conosco



Regional

Tio e sobrinho morrem em acidente na BR-259 em Colatina; veja vídeo

Publicado

em

O motorista do outro carro foi socorrido consciente para o mesmo hospital e não corre o risco de morrer.
Duas pessoas morreram em um acidente entre dois carros, na manhã deste domingo (15), na BR-259, na localidade de Baunilha, em Colatina, Noroeste do Espírito Santo. Segundo policiais que atenderam a ocorrência, as vítimas são tio e sobrinho.

O acidente aconteceu por volta de 6h, quando os dois veículos bateram de frente. O sobrinho morreu no local e o tio, o empresário Ademir Monteiro de Assis, de 66 anos, foi socorrido com vida para o Hospital Sílvio Avidos, em Colatina, mas morreu no local.O motorista do outro carro foi socorrido consciente para o mesmo hospital, reclamando de dores internas.A pista precisou ficar completamente interditada para o socorro das vítimas, mas ainda de manhã foi liberada.

Acidente entre dois carros deixou dois mortos na BR-259 em Colatina — Foto: VC no ES1Acidente entre dois carros deixou dois mortos na BR-259 em Colatina — Foto: VC no ES1

Profissionais que atenderam a ocorrência não souberam dizer a direção dos carros porque bateram de frente e eles podem ter rodado na pista por causa do impacto.

O corpo do empresário foi liberado do Serviço Médico Legal (SML) de Colatina. Já o corpo do rapaz foi levado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória.

Acidente Grave em Colatina na BR 259. Próximo ao Hotel Casablanca. Ocorrência com a PRF. 1 óbito no local e duas vítimas graves no hospital.

Posted by Bananal Online Imprensa on Sunday, December 15, 2019


(*G1/ Vídeo Bananal on line)

Comentários do Facebook

Regional

Negada indenização a mulher que recebeu cobrança indevida por serviço de transporte por aplicativo

Publicado

em

 

.

Segundo os autos, a requerente foi notificada da mesma cobrança, duas vezes, pela parte requerida e não recebeu reembolso na forma solicitada.

A juíza de Direito do 1º Juizado Especial Cível, Criminal e da Fazenda Pública de Aracruz negou um pedido de indenização ajuizado por uma passageira que utilizou serviço de transporte por aplicativo e recebeu, duas vezes, cobrança de uma mesma viagem realizada.

Nos autos, a autora narra que no dia em que usou o transporte, o sistema do aplicativo estava inconsistente e ela acabou pagando o valor da viagem com dinheiro ao motorista. Alguns dias depois, ela sustenta que recebeu nova cobrança no mesmo valor, via cartão de crédito.

Ela informou que entrou em contato com a empresa ré noticiando que a cobrança havia sido realizada em duplicidade, sendo reconhecido pela parte suplicada o dever de promover o reembolso do valor cobrado. No entanto, o reembolso só ocorreu 5 meses depois, na modalidade de crédito no aplicativo e não na modalidade escolhida pelo autora, que era na forma de restituição em seu cartão.

Em contestação, a requerida arguiu preliminar de falta de interesse de agir. No mérito, aduziu inexistência de ato ilícito, ao argumento de que o valor já fora estornado à consumidora, tendo inclusive recebido, além do estorno por meio do cartão de crédito, um bônus no aplicativo para utilizar. Alegou, por fim, inexistência de danos morais a serem indenizados.

Quanto à preliminar suscitada pela empresa, a magistrada acolheu o pedido, com relação à restituição de quantia paga, mediante comprovação do extrato de estorno, acostado pela ré nos autos.

Na análise do pedido de danos morais proposto pela passageira, ora requerente na ação, a juíza enfatizou que, segundo jurisprudência consolidada do Superior Tribunal de Justiça (STJ), o descumprimento contratual não gera, por si só, o dever de indenizar por dano ocorrido na esfera extrapatrimonial. “Para que haja o dever de indenizar na modalidade em comento, não basta uma conduta indevida pela ré, deve haver, em concomitância, o nexo causal e um dano de ordem extrapatrimonial”, ressaltou.

Após exame dos autos, a magistrada entendeu que, apesar do aborrecimento gerado pela empresa requerida, não houve comprovação de fato extraordinário capaz de causar abalo moral e psíquico profundo à passageira. “Não tendo a suplicante alegado qualquer fato extraordinário, entendo que os fatos não tiveram o condão de causar-lhe abalo moral e psíquico tão profundo a ponto de tornar indenizável, devendo o pleito de indenização por danos morais seguir o caminho da improcedência”, concluiu a julgadora. Processo n° 5001211-08.2019.8.08.0006

Comentários do Facebook
Continue lendo
Economia6 horas atrás

Espírito Santo registra aumento de 30% em renegociação de dívidas

Ofertas de flexibilização para o pagamento, além de facilidades para entrada e prestação a prazo, são alguns dos motivos pelo...

Variedades6 horas atrás

Sem lugar? Confira 6 posições para um sexo gostoso no carro

Sexóloga indica formas de fazer sexo no carro, já que se trata de um local com certa limitação de espaço...

Estadual7 horas atrás

Enivaldo denuncia nova licitação de R$ 35 milhões para guinchos no Detran

O deputado estadual Enivaldo dos Anjos, presidente da CPI da Sonegação de Tributos da Assembleia e responsável por desestruturar a...

Saúde7 horas atrás

Casos de covid-19 em SP devem se expandir até 2021, diz Butantan

. Apesar de o número de pessoas contaminadas pela covid-19 e as mortes em decorrência da doença terem praticamente se...

Nacional8 horas atrás

Com mais de 8 mil mortes, Brasil registra semana mais letal da pandemia

Amazônia Real Brasil registra marca inédita de mortes em uma semana Na última semana, o Brasil registrou mais um marco...

Estadual8 horas atrás

Homem é condenado a indenizar atual companheiro da ex-esposa em R$ 5 mil após calúnia

  . O autor da ação foi acusado de abusar sexualmente da filha do requerido, com a qual convivia em...

Regional8 horas atrás

Negada indenização a mulher que recebeu cobrança indevida por serviço de transporte por aplicativo

  . Segundo os autos, a requerente foi notificada da mesma cobrança, duas vezes, pela parte requerida e não recebeu...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!