conecte-se conosco


Mulher

Tenho muita lubrificação e não sinto prazer; o que fazer? Delas responde

Publicado

em

source

A lubrificação vaginal é essencial para que a mulher sinta prazer durante o sexo, mas, assim como muitas questões relacionadas ao corpo feminino, isso não funciona da mesma forma para todas. No caso de uma leitora do Delas , por exemplo, o problema é ficar lubrificada em excesso – o que, segundo ela, acaba diminuindo a sensibilidade na hora da penetração.

Leia também: É normal “ficar seca” na hora de fazer sexo? Delas responde

fruta cortada ao meio dando alusão à vagina lubrificada arrow-options
shutterstock
Lubrificação vaginal é uma questão importante para o prazer da mulher, mas ficar ‘molhada’ demais nem sempre é bom

No relato enviado à nossa equipe, a leitora (cuja identidade não foi divulgada) diz: “Tenho muita lubrificação a ponto de me atrapalhar na hora do sexo. Eu não sinto prazer nenhum, o que eu posso fazer para diminuir a lubrificação ?”, questiona. 

Respondendo a pergunta,  Débora Pádua , sexóloga e fisioterapeuta pélvica, afirma que, antes de mais nada, isso não deve ser vista como um problema para as mulheres. “Quanto mais lubrificada a mulher está, menos dificuldade ela vai ter na penetração. Então, é muito bom que ela esteja excitada, lubrificada e sem sentir dor por causa desse ‘excesso’”, comenta.

A ginecologista e obstetra Patrícia Varella concorda: “Isso é um sinal de que o organismo está respondendo do ponto de vista químico e hormonal, quer dizer que o parceiro está dando prazer e eles adoram saber disso.”

Então, por que incomoda? “Algumas mulheres acham ruim ficar ‘molhada’ demais, porque desliza muito e ela perde um pouco do contato com o pênis. Outras ficam com vergonha por causa desse excesso, mas ela apenas tem facilidade com as glândulas que a deixam lubrificada e a excitação acaba sendo um pouco mais fácil, consequentemente”, completa a sexóloga.

Leia mais:  Indiana de 74 anos é a mulher mais velha a dar à luz gêmeas

É possível diminuir a lubrificação natural?

Existem algumas dicas para aquelas que não se sentem confortáveis com a sensação “molhada” no dia a dia. Evitar calças muito apertadas, por exemplo, é uma delas, já que às vezes pode estimular o clitóris. Outra sugestão é usar mais de uma calcinha durante o dia, sempre trocando quando sentir incômodo.

“É sempre melhor usar calcinhas de algodão e até dormir sem calcinha. Se for preciso, tome dois banhos por dia. Caso a umidade traga desconfortos, como coceira, vermelhidão, odor forte e diferente do habitual, a dica é procurar um ginecologista”, indica Patrícia. 

Consultar um especialista também pode ajudar a saber se há alguma desregulação hormonal, já que medicações, como o anticoncepcional, podem alterar a produção de lubrificação.

Leia também: 11 coisas que você precisa saber sobre lubrificação feminina

E na hora do sexo?

“Se a mulher não tiver sentindo o atrito do pênis na vagina , ela pode fazer um pouquinho mais de contração e não deslizar demais o pênis, isso já ajuda. Curta a relação sem ficar preocupada com o que o parceiro está pensando sobre a sua lubrificação, apenas deixe seu corpo responder pelo prazer que você está recebendo”, recomenda Débora.

“Se de fato estiver atrapalhando, use uma toalhinha limpa e seque a região externa na entrada da vagina”, diz a ginecologista. Porém, ela afirma que a melhor coisa é usar isso à seu favor, já que os homens gostam de saber que estão agradando as parceiras. “Você pode até pedir um oral se estiver muito molhada, para que ele saiba disso.” 

Ambas reforçam que é essencial conhecer o próprio corpo para saber o que pode te deixar mais “molhada” e a sexóloga dá um último lembrete para perder a “nóia” sobre o tema: “Lembre-se que não existe uma regra do quanto lubrificada você tem que ficar durante o sexo, o importante é se sentir bem”, finaliza. 

Leia mais:  Fotógrafa rouba acena ao cair no lago durante um pedido de casamento

Leia também: Como usar lubrificante? Veja diferentes tipos e dicas de especialista

Tem alguma dúvida que envolva sexo, sexualidade ou até mesmo posições sexuais? Faça como a leitora que nos mandou a questão sobre   lubrificação e entre em contato conosco pelo email [email protected] . Nós traremos uma especialista para respondê-la com sigilo total!

Fonte: IG Delas
Comentários do Facebook
publicidade

Mulher

Jovem emagrece 36 kg em dois anos sem cortar hambúrguer e sorvete da dieta

Publicado

em

source

Estar em um relacionamento abusivo, em geral, proporciona danos à saúde mental e pode ocasionar ansiedade e depressão, por exemplo. No de Regan Patterson, que vive em Orlando, na Flórida, o antigo namoro refletiu também nos seus hábitos alimentares e, para superar a frustração, ela recorria ao fast-food. 

Leia também: Tchau, dietas! 10 dicas para emagrecer sem sufoco e restrições no cardápio

jovem consegue emagrecer arrow-options
Reprodução/Instagram/@regan_patterson
Regan Patterson decidiu emagrecer depois de colocar um fim ao relacionamento abusivo e diz se sentir “incrível” agora

Em entrevista ao jornal The Sun , a jovem explicou que sempre praticou atividades físicas e cuidava do seu corpo, mas percebeu os efeitos negativos do relacionamento abusivo em 2011, quando ainda estava na faculdade.

“Comecei a comer fast-food todos os dias e deixei de fazer exercícios. Depois de ir para a faculdade, parei de me exercitar e negligenciei minha nutrição e ganhei muito peso”, confessa Regan.

Leia também: 9 exercícios de musculação bem tradicionais, mas que são pura perda de tempo

Era hora de mudar

jovem consegue emagrecer com dieta flexível arrow-options
Reprodução/Instagram/@regan_patterson
A norte-americana decidiu mudar seus hábitos em 2015 e, atualmente, se dedica a manter os resultados obtidos

A guinada começou quando Regan colocou um fim ao namoro abusivo. Logo depois, insatisfeita com o peso e com a autoestima muito baixa, percebeu que era o momento de investir no seu bem-estar e decidiu emagrecer e reverter a obesidade, que estava no início.

Para começar, Regan reviu sua dieta e se reeducou. Retirou do cardápio comidas gordurosas e junk food e passou a praticar caminhada regularmente. Depois, investiu em treinos na academia, em especial musculação.

Ela reforça a importância de ter equilíbrio na jornada para perder peso e não ignorar as próprias vontades. “Minha dieta é muito flexível. Eu me concentro em alimentos integrais e em nutrientes 80% do tempo, e guloseimas e alimentos que amo em 20% do tempo”, explica. “Muitas carnes magras, legumes, grãos integrais. Mas se eu realmente quero um hambúrguer, sorvete ou rosquinha, eu como com moderação”, acrescenta a jovem.

Leia mais:  Horóscopo do dia: previsões para 23 de maio de 2019

Outro fator destacado por Regan é que ela não estipulou prazos ou metas para emagrecer. “Eu estava determinada a não me importar quanto tempo levaria, só sabia que não iria desistir. Flexibilidade e paciência são importantes”, enfatiza ela.

processo de emagrecimento arrow-options
Reprodução/Instagram/@regan_patterson
A jovem mostrou em fotos como ocorreu seu emagrecimento

“Muitas pessoas são muito rígidas no que diz respeito a perder peso , e sentem que não conseguem aguentar isso e acabam desistindo. A perda de peso é um processo de longo prazo, por isso é importante encontrar equilíbrio e paciência. É uma maratona, não uma corrida”, pontua.

Nos dois primeiros anos de novos hábitos, a norte-americana eliminou 36 kg e agora se dedica a manter o corpo definido e a qualidade de vida, além de ajudar outras pessoas que querem eliminar alguns quilos ao trabalhar como personal trainer.

“Eu me propus a ficar mais saudável e consegui”, destaca ela, que ressalta a importância da caminhada rumo ao peso ideal: “Me fez sentir que posso fazer qualquer coisa”.

Leia também: “Achamos que falar ‘gordinha’ reduz o problema”, diz mulher após emagrecer 60 kg

Acreditar em si mesmo é fundamental

emagrecer arrow-options
Reprodução/Instagram/@regan_patterson
Para ela, além do apoio de amigos e familiares, é essencial acreditar em si mesmo para ter êxito na jornada

Regan Patterson afirma ter tido muito apoio de amigos e familiares, mas ressalta que isso não adiantaria nada se ela não acreditasse em si mesma. Além disso, a jovem conta ser “incrível” se sentir bem com o próprio corpo.

“Eu costumava perder as coisas por ser tão insegura. Muitas viagens e passeios perdidos na praia por causa do meu corpo. Agora não tenho mais esse problema”, celebra.

Leia mais:  Dicas para receber em casa: noite de pizza

Para finalizar, a moça aconselha quem quer emagrecer a ser “paciente e gentil” consigo mesmo. “Vai levar mais tempo do que você deseja, mas seja paciente e os resultados chegarão”, garante ela.

Fonte: IG Delas
Comentários do Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Economia5 horas atrás

Saldo de empregos formais no Brasil foi de 157 mil novas vagas em setembro

arrow-options Jana Pêssoa/Setas Setembro de 2019 teve o melhor resultado em abertura de vagas com carteira assinada para o mês...

Economia5 horas atrás

De 10 empresas que abriram em 2012, pelo menos 6 já fecharam as portas

arrow-options Reprodução Saldo de empresas abertas e fechadas continua negativo em 2017, diz IBGE Cerca de 40% das 597,2 mil...

Estadual6 horas atrás

Pleno declara inconstitucional lei que obriga a anexar foto de medidor em conta de luz

“Houve violação direta na competência privativa da união para legislar sobre energia elétrica”, concluiu o magistrado relator. O Pleno do...

Tecnologia6 horas atrás

Qualquer um pode ser um YouTuber: como começar a produzir vídeos hoje

O crescimento das redes sociais fez com que diversas pessoas se arriscassem a apostar na carreira de blogueiros em vídeo...

Entretenimento8 horas atrás

Record cancela ‘Dancing’ especial dos campeões após polêmica com Maytê Piragibe

A Record TV, que até então estava com uma edição do ‘Dancing Brasil’ especial com campeões do reality engatilhada para...

Entretenimento8 horas atrás

Bailarinas do Faustão curtem dia de sol e colocam o bronzeado em dia. Fotos!

Neste fim de semana, algumas integrantes do balé do Domingão do Faustão e a ex-bailarina do programa Tainá Grando tiraram...

Entretenimento8 horas atrás

Record usa baixa audiência do “Se Joga” para alfinetar Globo

A Record TV resolveu alfinetar a Globo . A emissora criou uma campanha publicitária em que brinca com a baixa...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana