conecte-se conosco


Nacional

Suzane von Richthofen perde direito a saídas temporárias após flagrante em festa

Publicado

em


Suzane von Richthofen perdeu o direito de aproveitar as três próximas 'saidinhas'
Reprodução

Suzane von Richthofen perdeu o direito de aproveitar as três próximas ‘saidinhas’

Condenada a 39 anos de prisão pelo assassinato dos próprios pais, a detenta Suzane von Richthofen perdeu o direito às saídas temporárias, que vinha gozando desde março de 2016, após ter sido flagrada em uma festa durante a “saidinha” de Natal de 2018.

Leia também: Suzane Von Richthofen é flagrada em festa e volta para a prisão após ‘saidinha’

Por decisão assinada nesta terça-feira (12) pela juíza do caso, Wania Regina da Cunha, o benefício foi suspenso pela Vara de Execuções Criminais (VEC) de Taubaté, cidade do interior paulista. Com isso, Suzane von Richthofen perdeu o direito de aproveitar as três próximas “saidinhas”: Páscoa, Dia das Mães e Dia dos Pais.

Em 31 de outubro de 2002, seus pais foram mortos a pauladas enquanto dormiam. Os assassinatos foram planejados pela detenta e executados pelo então namorado da jovem, Daniel Cravinhos de Paula e Silva, e pelo irmão dele, Cristian Cravinhos de Paula e Silva. Os três foram condenados pelo crime. Hoje,  Suzane cumpre pena na penitenciária de Tremembé, também em São Paulo. 

Leia também: Suzane Von Richthofen deixa a prisão mesmo após descumprir regras do semiaberto

Suzane nasceu em uma família de classe média alta de São Paulo. Ela e o irmão, Andreas, moravam com os pais, Manfred, engenheiro, e Marísia, psicanalista, em uma casa no Campo Belo. Estudante de direito na PUC, a jovem, então com 18 anos, namorava Daniel, de 21, havia três anos. De nível sócio-econômico inferior, Daniel não trabalhava, não estudava, e os dois usavam drogas.

A medida assinada nesta terça anula uma decisão anterior da juíza plantonista Sueli Zeraik, que – no fim do ano passado – entendeu que não havia irregularidade no ato de Suzane em ir para a festa natalina e manteve o benefício, deixando que a sua saída temporária de fim de ano fosse autorizada.  Para a juíza plantonista, a detenta poderia chegar ao endereço informado até as 21h.

Leia também: Suzane Von Richthofen e Anna Jatobá deixam prisão para ‘saidinha’ de fim de ano

Leia mais:  Concursos abrem inscrições para preencher 1,5 mil vagas pelo país

Na nova decisão, a juíza Wania afirmou que o caso de Suzane von Richthofen foi agravado pela fato da detenta já ter informado um endereço falso na saída de Dia das Mães, no ano de 2016. Com tais decisões, a detenta deverá sair da prisão novamente apenas no Dia das Crianças, em 12 de outubro.

Fonte: IG Nacional
Comentários do Facebook
publicidade

Nacional

Enterro de catador que foi morto pelo exército será nesta sexta-feira (19)

Publicado

em


Família de Luciano Macedo
Reginaldo Pimenta/Agência O Dia

Família de Luciano Macedo pretende processar o Exército

O enterro do catador de material reciclável Luciano Macedo, 27 anos, acontecerá nesta sexta-feira (19) à tarde, no Cemitério de São Francisco Xavier, no Caju, zona portuária do Rio. A família não divulgou o horário do sepultamento.

Leia também: Morre catador baleado pelo Exército ao ajudar família alvo de 80 tiros no Rio

Luciano levou três tiros no domingo (7), ao tentar ajudar a família do músico Evaldo dos Santos Rosa, o Manduca, 51 anos, que teve o carro atingido por 83 tiros disparados por militares do Exército , quando passava por Guadalupe, zona norte do Rio. O músico morreu na hora. Os militares confundiram o carro de Evaldo com um veículo também branco que havia sido roubado por ladrões.

De acordo com informação da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Luciano morreu na madrugada de ontem (18), no Hospital Estadual Carlos Chagas, em Marechal Hermes. Em nota, a secretaria informou que “todos os esforços clínicos necessários foram realizados por profissionais multidisciplinares do Hospital Estadual Carlos Chagas com o objetivo de oferecer o melhor atendimento ao paciente Luciano Macedo, vítima de perfuração por arma de fogo que deu entrada na unidade no último dia 7″.

A SES esclareceu que o paciente “apresentava estado de saúde gravíssimo desde a entrada na unidade, o que impossibilitava sua transferência”. No dia 17, Luciano Macedo foi submetido a uma cirurgia torácica, mas acabou morrendo às 4h20 da madrugada de ontem (18). O catador deixou mulher, Daiana Horrara, grávida de cinco meses.

Leia também: Bolsonaro diz que “exército não matou ninguém” sobre tiros em músico

Leia mais:  Adolescente é estuprada e recebe R$ 100 de suspeito após o crime

A organização não governamental (ONG) Rio de Paz conseguiu, por meio de doações, enxoval para o bebê e dinheiro para alugar casa para a viúva. De acordo com o advogado da família do catador, João Tancredo, nove tiros disparados pelos militares do Exército atingiram outro veículo estacionado do outro lado da rua. 

Fonte: IG Nacional
Comentários do Facebook
Continue lendo
Regional40 minutos atrás

Bandidos baleados em assalto a posto de Gasolina

 BARRA S. FRANCISCO (ES) – Policias do 11º BPM, foram acionados na noite desta quinta-feira (18), por volta das 20h30min,...

Estadual47 minutos atrás

Morador de rua é morto a socos e chutes no ES

Um morador em situação de rua, que foi identificado apenas pelo nome de Helder, foi morto na madrugada desta sexta-feira...

Esportes58 minutos atrás

Luan no Palmeiras? Verdão pode ceder Lucas Limas para contratar ídolo do Grêmio

Divulgação Ídolo do Grêmio, Luan pode ser o novo reforço do Palmeiras O elenco estrelado do Palmeiras pode ganhar mais...

Economia1 hora atrás

AGU tenta recuperar mais de R$ 2 bilhões em fraudes no INSS

Agência Brasil AGU tenta recuperar mais de R$ 2 bilhões em fraudes no INSS A Advocacia-Geral da União (AGU) está...

Nacional2 horas atrás

Enterro de catador que foi morto pelo exército será nesta sexta-feira (19)

Reginaldo Pimenta/Agência O Dia Família de Luciano Macedo pretende processar o Exército O enterro do catador de material reciclável Luciano...

Mulher2 horas atrás

7 receitas veganas para colocar em prática no almoço de Páscoa

É tradição em muitos lares brasileiros reunir a família para desfrutar de um almoço nos feriados, e um deles é...

Nacional3 horas atrás

Rússia diz que Relatório Mueller não prova interferência nas eleições americanas

Divulgação/White House Donald Trump não conspirou com a Rússia para vencer eleições, diz investigação O Kremlin disse na sexta-feira que...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana