conecte-se conosco



Policial

Suspeito de ser um dos principais fornecedores de armas da Grande Vitória é preso

Publicado

em


.

A equipe da Delegacia Especializada de Armas, Munições e Explosivos (Desarme) prendeu, nessa quinta-feira (30), um homem de 41 anos, apontado como um dos maiores fornecedores de armas de grosso calibre para a Grande Vitória. A operação foi integrada com a Superintendência de Inteligência e Ações Estratégicas (Siae), Serviço de inteligência do 7º Batalhão da Polícia Militar (PMES) e do Ministério Público (MPES) que cumpriu três mandados de prisão e oito mandados de busca e apreensão. A prisão aconteceu em uma residência de luxo em Santa Mônica, Vila Velha.

Segundo o titular da Desarme, delegado Christhian Waichert, os policiais cumpriram o mandado de busca e apreensão na casa do detido onde foi apreendido uma pistola calibre 380 e R$ 20 mil, em espécie. “Ele foi preso pela equipe da Desarme há, aproximadamente, três meses, com uma arma de fogo. Novamente cumprimos um mandado de busca e apreensão e encontramos mais armas com ele. Isso demonstra que ele tem facilidade em conseguir essas armas”, disse.

Além do cumprimento de mandado de prisão preventiva, ele foi autuado em flagrante delito por posse ilegal de arma de fogo. “As investigações mostraram que ele trazia esse armamento de outros Estados para o Espírito Santo. Ele é apontado como um dos maiores fornecedores de armas do Estado e tinha como público alvo traficantes da Grande Vitória”, afirmou Christhian Waichert.

O detido também tem envolvimento no trafico de drogas na Serra e em Cariacica. “ Por ser  considerado um dos maiores fornecedores de arma do Estado acreditamos que, a partir da prisão dele, acabamos com uma linha de venda de arma. As investigações continuam para saber se ele tem mais arma e o caminho que ele usa para trazer  essas armas para o Estado”, destacou o responsável  pelo caso.

No decorrer das buscas, os policiais receberam informações anônimas de que um veículo teria abandonado uma sacola com armas de fogo na  Rodovia do Contorno, em Cariacica. “Fomos ao local e encontramos um fuzil calibre 556 e um kit Roni com uma pistola calibre .40 adaptada para efetuar disparos em rajadas como uma submetralhadora”, disse o delegado. 

Um homem de 31 anos também foi preso em flagrante, no bairro Guaranhuns em Vila Velha. “Com ele foram encontrados um revólver calibre 38 especial e 750 pontos de LSD, o que nos leva a crer que ele também teria envolvimento com o tráfico de drogas. Os dois suspeitos pertenciam a uma mesma organização criminosa. Durante a operação, dois simulacros também foram apreendidos”, relatou o titular da Desarme.

Também nessa operação, os policiais cumpriram um mandado de busca e apreensão na casa de um jovem de 19 anos onde foi encontrada pequena quantidade de munições. “No momento da abordagem, ele conseguiu desligar o computador e se negou a dar mais detalhes, o que leva a crer que ele tem envolvimento com a organização criminosa. Por enquanto, ele foi autuado em flagrante,  por portar as munições, pagou fiança e por enquanto, responderá o processo em liberdade”, disse o delegado.

O trabalho de investigações continuará para apurar a origem desse armamento. “São armas caras, de difícil acesso e que eram utilizadas pelos detidos para ostentar nas redes sociais e demonstrar poder. O Inquérito está em andamento e, em breve, será concluído”, relatou o responsável pelo caso.

Os suspeitos de foram encaminhados ao Centro de Triagem de Viana (CTV) e permanecem à disposição da Justiça.

 

Texto: Fernanda Pontes

 

Assessoria de Comunicação Polícia Civil

Comunicação Interna – (27) 3137-9024

Agente de Polícia Fernanda Pontes

[email protected]

 

Atendimento à Imprensa:

Olga Samara/ Camila Ferreira
(27) 3636-1536/ (27) 99846-1111/ (27) 3636-9928 / (27) 99297-8693

[email protected]

 

Comentários do Facebook

Policial

Policiais civis de Cachoeiro de Itapemirim concluem inquéritos sobre homicídio e tentativa de latrocínio

Publicado

em


.

A equipe da Delegacia Especializada em Investigações Criminais (Deic) de Cachoeiro de Itapemirim, em operação integrada com a Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) do município, concluiu inquéritos policiais que apuraram um homicídio e uma tentativa de latrocínio. Um jovem de 19 anos é apontado como autor dos dois crimes e outro, de 18 anos, é suspeito de participação no latrocínio tentado. As informações foram divulgadas nesta quinta-feira (24). 

O crime de latrocínio tentado ocorreu em 17 de março deste ano, em Cachoeiro de Itapemirim. O titular da Deic, delegado Rafael Amaral, explicou que na ocasião três alunas foram abordadas por dois suspeitos armados e um jovem interveio para ajudar as estudantes.

“O jovem estava indo trabalhar e, quando viu a tentativa de roubo, tentou ajudar as estudantes. Nesse momento, um dos suspeitos estava portando uma arma de fogo e efetuou um disparo, que acertou o abdômen dele. Após isso, os investigados acabaram roubando apenas o aparelho celular de uma das vítimas e correram em direção ao bairro Recanto, em Cachoeiro de Itapemirim”, afirmou o delegado.

Ainda segundo o responsável pelo caso, a equipe da Deic foi ao local assim que teve conhecimento do roubo. “Os policiais conseguiram imagens das câmeras de videomonitoramento da região e realizaram diligências no bairro Recanto. Os dois autores do latrocínio tentado foram identificados e, no mesmo dia do crime, o suspeito de 18 anos foi preso em flagrante. Ele tentou resistir à prisão trancando-se na residência e, por isso, foi necessário que os policiais arrombassem três portas da casa. Em ato contínuo, a equipe foi ao bairro Santo Antônio para efetuar a prisão do segundo envolvido, mas ele não foi encontrado”, disse. 

Rafael Amaral informou também que o suspeito foi conduzido à Delegacia e confessou a autoria do roubo. “Em depoimento, ele disse que estava em uma praça e aceitou o convite do amigo para praticar o roubo. Ele foi autuado, em flagrante, pelo crime de latrocínio na forma tentada. Após os procedimentos de praxe, o detido foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória de Cachoeiro de Itapemirim (CDPCI) e sua prisão foi ratificada pelo juiz de Custódia”, informou o delegado.

As investigações apontaram que o suspeito de 19 anos fugiu para o bairro Irajá, no Rio de Janeiro. “Diligências foram realizadas pelas equipes da Deic e da DHPP. Foi descoberto que o investigado havia voltado para Cachoeiro de Itapemirim. Ele foi encontrado e preso no último dia oito. O trabalho de investigações também mostrou que ele era apontado como o principal autor de um homicídio praticado em cinco de agosto deste ano”, relatou o delegado.

Os inquéritos foram finalizados e encaminhados ao Ministério Público do Espírito Santo (MPES).

Sobre o homicídio

O crime aconteceu em cinco de agosto deste ano, próximo ao Museu Ferroviário, região central de Cachoeiro de Itapemirim. Segundo o titular da DHPP, delegado Felipe Vivas Aoni, o suspeito de 19 anos é apontado como o principal autor.

“Na ocasião, a vítima foi assassinada com cinco tiros. Três disparos acertaram a cabeça, um no peito e outro nas costas. A vítima foi socorrida por populares, levada ao hospital, mas não resistiu e veio a óbito. O detido confessou com riquezas de detalhes a autoria do crime”, disse o titular da DHPP.

O delegado acrescentou ainda que a motivação estaria relacionada a uma vingança. “O detido relatou que, após cometer o crime de latrocínio tentado em Cachoeiro, fugiu para o Rio de Janeiro no final de julho, voltou para o município e encontrou a vítima na avenida Linha Vermelha, próxima ao Museu. De posse de um revólver de calibre 32, ele praticou o crime, pois, segundo relata, a vítima teria roubado a sua mãe há cerca de um ano e levado uma bolsa contendo joias e semijoias”, destacou.

O detido, de acordo com Felipe Vivas, já tem outras passagens pela Polícia. “Ele já responde por crimes de posse ilegal de arma de fogo e, quando adolescente, por tentativa de homicídio e tráfico de entorpecentes. Agora, foi indiciado pelo crime de homicídio qualificado e conduzido ao Centro de Detenção Provisória de Cachoeiro de Itapemirim (CDPCI), onde permanece à disposição da Justiça.”

 

Assessoria de Comunicação Polícia Civil

Comunicação Interna – (27) 3137-9024

Agente de Polícia Fernanda Pontes

[email protected]

 

Atendimento à Imprensa:

Olga Samara/ Camila Ferreira
(27) 3636-1536/ (27) 99846-1111/ (27) 3636-9928 / (27) 99297-8693

[email protected]

Comentários do Facebook
Continue lendo
Esportes2 horas atrás

Copa do Brasil: Atlético-GO marca nos acréscimos e elimina Fluminense

. Com amplo domínio da partida, o Atlético-GO sufocou o Fluminense do início ao fim e saiu de campo com...

Estadual2 horas atrás

Cliente que teve nome negativado mesmo após pagar acordo deve ser indenizado

. A indenização por danos morais foi fixada em R$ 3 mil. Um cliente, que teve o nome mantido no...

Estadual2 horas atrás

Construtora é condenada a pagar multa a morador por atraso na entrega de apartamento

. A decisão da 2ª Vara Cível de Vitória considerou que o prazo de tolerância de 180 dias foi extrapolado...

Estadual2 horas atrás

Corregedoria Geral da Justiça fiscaliza prática de atos gratuitos em favor de hipossuficientes

. Por determinação do corregedor Ney Batista Coutinho, foi realizada uma reunião de trabalho com integrantes do Sinoreg, Colégio de...

Estadual2 horas atrás

Presidente do TJES abre evento destacando a importância da priorização das políticas públicas voltadas à primeira infância

. Webinário: Criança cidadã desde a primeira infância reúne de forma remota autoridades nacionais, estaduais e municipais nesta quinta e...

Saúde3 horas atrás

Brasil adere a aliança para aceleração da vacina contra a covid-19

. O governo federal anunciou nesta quinta-feira (24) a adesão ao Instrumento de Acesso Global de Vacinas Covid-19 (Covax Facility),...

Internacional3 horas atrás

Policial passa por cima de pescoço de manifestante com bicicleta; veja vídeo

Reprodução/Twitter Policial usou bicicleta para passar por cima de manifestante Um policial do Departamento de Polícia de Seattle, nos Estados...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!