Connect with us

Política

STJ mantém suspensa ação contra ex-mulher do advogado de Bolsonaro

Published

on

Wassef e Maria Cristina
Reprodução – 02/08/2022

Wassef e Maria Cristina

O ministro Reynaldo Soares da Fonseca, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), decidiu manter, nesta segunda-feira, suspensa uma ação contra a empresária Maria Cristina Boner Leo, ex-mulher de Frederick Wassef, advogado da família Bolsonaro , na qual o Ministério Público do Distrito Federal imputa à empresária 168 acusações por corrupção passiva e 21 por lavagem de dinheiro.

Na decisão, o ministro devolveu a ação ao Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) para que o mérito seja decidido.

“Concedo a ordem de ofício, para confirmar a liminar, mantendo o sobrestamento da Ação Penal n. 0012400- 86.2014.8.07.0001, em curso na 7ª Vara Criminal de Brasília, com relação à paciente, até que o Tribunal de origem analise, em definitivo, o mérito do writ lá manejado”, escreveu Fonseca.

A ação penal é derivada da operação Caixa de Pandora da Polícia Federal, que em 2009 identificou um esquema de pagamentos de propinas por empresários interessados em contratos com o governo do DF. Boner foi denunciada a partir da colaboração premiada do delegado Durval Barbosa, ex-secretário de Relações Institucionais do DF.

Conhecida como “mensalão do DEM”, a investigação também mirou o ex-governador José Roberto Arruda, marido da ex-ministra Flávia Arruda, da Secretaria de Governo de Bolsonaro, além de outros sete réus, entre eles o próprio Durval Barbosa e o ex-vice-governador do DF, Paulo Octávio.

Em dezembro, durante o recesso do Judiciário, o presidente do STJ, ministro Humberto Martins, havia acolhido, em decisão liminar, um pedido da defesa de Boner, que alegou que a empresária já havia sido absolvida das acusações de improbidade administrativa derivadas da mesma operação da PF, e que, por isso, deveria também se livrar das imputações criminais. Os advogados também alegaram que as acusações contra a empresária se baseavam apenas na delação de Durval Barbosa, o que consideravam insuficiente para processá-la.

Conforme O GLOBO revelou em junho de 2020, o governo federal suspendeu uma multa de R$ 27 milhões aplicada a um consórcio de empresas — entre as quais a Globalweb Outsourcing, fundada por Boner — que não entregou os serviços previstos em um contrato de 2014 com a Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência (Dataprev), órgão subordinado ao Ministério da Economia.

Outra empresa ligada à empresária, a Computsoftware Informática, que teve Boner como sócia, vendeu uma caminhonete Land Rover para o presidente Jair Bolsonaro em 2015, quando ainda era deputado federal.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

Comente Abaixo
Política2 minutos ago

Câmara do Rio cassa mandato de vereador de Gabriel Monteiro

Reginaldo Pimenta / Agência O Dia Denúncia de MP afirma que Gabriel Monteiro “de forma livre e consciente” filmou cena...

Saúde7 minutos ago

Covid-19: Brasil registra 22.167 casos e 206 mortes em 24 horas

O Brasil registrou, em 24 horas, 22.167 casos de covid-19 e 206 mortes pela doença. Desde o início da pandemia,...

Estadual1 hora ago

5ª Vara Cível de Vila Velha abre vaga para estágio de pós-graduação

Estudantes podem se inscrever até o dia 26 de agosto. A 5ª Vara Cível do Juízo de Vila Velha está...

Estadual1 hora ago

Justiça condena Estado e médica a indenizarem pais de bebê que morreu ao ser extubado por engano

A fatalidade teria acontecido devido a conduta negligente de técnica de raio-X. Um casal ingressou com uma ação pleiteando indenização...

Estadual1 hora ago

Mulher constrangida ao ter seu número publicado em jornal e site de classificados deve ser indenizada

A autora teria recebido mensagens de homens em seu whatsapp questionando sobre seus supostos serviços sexuais. Uma mulher ingressou com...

Estadual1 hora ago

Desembargador Ronaldo Gonçalves recebe homenagem ao se aposentar após 42 anos de magistratura

O homenageado recebeu a comenda Grã-Cruz do Mérito Judiciário, a mais alta honraria da Justiça estadual. Ao se despedir do...

Política2 horas ago

Roberto Jefferson pode ter registro de candidatura negada pelo TSE

Reprodução/PTB Ex-deputado Roberto Jefferson O Ministério Público Eleitoral pediu nesta quinta-feira que o  Tribunal Superior Eleitoral (TSE) indefira o registro...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana