conecte-se conosco



Política

STF determina fim de prisão após segunda instância

Publicado

em

STF
Nelson Jr. / SCO / STF

Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF)

O Supremo Tribunal Federal (STF) julgou procedentes nesta quinta-feira (7) por 6 votos a 5 três Ações Declaratórias de Constitucionalidade (ADCs) que pediam que réus possam permanecer em liberdade até que se esgotem todas as possibilidades de recursos em graus superiores de jurisprudência. O resultado se deu após o voto do presidente da Corte, Dias Toffoli, desempatar o placar.

Entre os casos que serão afetados está o do ex-presidente Lula. O petista está preso desde abril de 2018 na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, e vai poder ficar em liberdade até que se esgotem as possibilidades de recursos no caso do tríplex do Guarujá.

Leia também: Toffoli vota contra prisão após condenação em segunda instância

A questão foi discutida recentemente pelo Supremo ao menos quatro vezes. Em 2016, quando houve decisões temporárias nas ações que estão sendo julgadas, por 6 votos a 5, a prisão em segunda instância foi autorizada. De 2009 a 2016, prevaleceu o entendimento contrário, de modo que a sentença só poderia ser executada após o Supremo julgar os últimos recursos.

Leia também: Celso de Mello vota pelo fim da prisão após segunda instância

Segundo o Conselho Nacional de Justiça ( CNJ ), o julgamento terá impacto na situação de 4,8 mil presos com base na decisão do STF que autorizou a prisão em segunda instância. Os principais condenados na Operação Lava Jato podem ser beneficiados, entre eles, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde 7 de abril do ano passado, na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, após ter sua condenação por corrupção e lavagem de dinheiro confirmada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), no caso do tríplex do Guarujá (SP), além do ex-ministro José Dirceu e ex-executivos de empreiteiras.


Fonte: IG

Comentários do Facebook

Política

Grupo Anonymous revela dados de Bolsonaro, familiares e ministros

Publicado

em


source
dois frames, homem sério em um deles e homem de máscara em outro
Agência Brasiil e reprodução de vídeo

Grupo divulgou dados de Bolsonaro e familiares

O grupo Anonymous Brasil revelou, na noite da segunda-feira (1), dados pessoais do presidente Jair Bolsonaro, de seus filhos, da sua ex-esposa e dos ministros Abraham Weintraub e Damares Alves.

A informação sobre o vazamento foi confirmada pelo deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP), que também teve dados divulgados e afirmou pelas redes sociais que vai registrar um boletim de ocorrência sobre o assunto. “Anonymous Brasil, de forma criminosa, acaba de divulgar todos os meus dados nas redes sociais. Para que colocar os meus familiares em risco?”, questionou o deputado.

Leia também: Interferência na PF: PGR quer mais um mês para investigar Bolsonaro

Os filhos do presidente que tiveram dados vazados foram o vereador Carlos Bolsonaro e o deputado federal Eduardo Bolsonaro. Todas as divulgações ocorreram pelo twitter do Anonymous Brasil, conta que foi derrubada pouco após a publicação.

“Não nos importamos, pois somos como uma hydra, corte uma cabeça e nascerá outras duas no lugar”, afirmou um novo perfil que se disse ligado ao grupo do vazamento pouco após o primeiro perfil ser excluído.

Leia também: Bolsonaro liga para Trump e agradece envio de mil respiradores

Segundo a coluna Sonar, do jornal O Globo, alguns dos dados divulgados já eram de conhecimento público, como a declaração de bens imobiliários. Nenhum dos filhos de Jair Bolsonaro, dos ministros ou o próprio presidente se posicionou até o momento. 

Comentários do Facebook
Continue lendo
Economia3 minutos atrás

Governo institui medida de acesso a crédito para pequenas e médias empresas

Marcos Santos/USP Imagens Governo editou MP que dá acesso a crédito para pequenas e médias empresas A Medida Provisória (MP)...

Saúde3 minutos atrás

Witzel prorroga medidas restritivas no Rio até sexta-feira

. O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, prorrogou até sexta-feira (5) as medidas de prevenção e enfrentamento à...

Internacional3 minutos atrás

Britânica larga o emprego para produzir 10 mil máscaras para surdos

Redes Sociais /Reprodução Britânia produziu mais de 10 mil máscaras para deficientes auditivos Sonia Carleu, britânica de 44 anos, decidiu...

Regional7 minutos atrás

Caminhão tomba em ponte e interdita BR-101 em Pedro Canário

A pista ficou interditada por motivo de segurança, mas o trecho já foi liberado Um caminhão tombou em uma ponte...

Estadual8 minutos atrás

Vice-governadora participa de live organizada pela ASCAMVES

. A vice-governadora Jaqueline Moraes participa, nesta terça-feira (02), de uma live organizada pela Associação das Câmaras Municipais e de...

Internacional8 minutos atrás

Com hélice de 1,2 m, chapéu “chega para lá” gera polêmica em escola de Portugal

Reprodução Imagens das crianças usando o chapéu viralizaram nas redes sociais Nesta segunda-feira (1º), data em que Portugal comemorou o...

Saúde13 minutos atrás

Rio de Janeiro começa reabertura gradual das atividades

. Começa hoje (2) no Rio de Janeiro a reabertura das atividades econômicas, conforme anunciado ontem pelo prefeito Marcelo Crivella após as restrições impostas para...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!