conecte-se conosco



Estadual

Startups e a integração de serviços digitais foram destaques do último dia da VII Semana Estadual de TIC

Publicado

em


Duas mesas-redondas com conteúdos ricos e contextos inovadores marcaram o encerramento da VII Semana Estadual de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), na última sexta-feira (25). Com um formato totalmente on-line, a atividade, organizada pelo Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest), promoveu debates sobre várias tendências tecnológicas da atualidade.

O presidente do Prodest, Tasso Lugon, disse que a realização do evento foi resultado de um grande empenho da equipe da autarquia. “Não é fácil construir um evento totalmente digital e com temas relevantes (LGPD, inovação com foco no cidadão, impacto da pandemia nos serviços digitais, perspectivas do governo digital, entre outros). O futuro pós-pandemia deve ser levado em consideração. Por isso, vamos finalizar a Semana destacando o papel das startups nesse cenário inovador”, afirmou.

O governador do Estado, Renato Casagrande, disse que é muito positivo debater as mudanças tecnológicas buscando referências no mundo digital, como o Raphael Fassoni, fundador do Estônia Hub.  Além disso, destacou que a pandemia provocou uma série de mudanças na administração pública estadual.

“Hoje, fazemos muitas reuniões e eventos no formato on-line. Implantamos uma nova cultura que é resultado não apenas das circunstâncias geradas pelo novo Coronavírus, mas também pelo investimento em tecnologia. Estamos ampliando a nossa rede de fibra óptica, adquirindo equipamentos de segurança digital e apostando em sistemas de inteligência analítica. Isso beneficia órgãos como o Detran-ES, a Sefaz e as Secretarias de Estado da Segurança Pública e da Justiça”, enfatizou o governador.

Casagrande ainda disse que o Prodest tem coordenado a transformação digital no Governo do Estado de forma estratégica. “Temos o e-Docs, responsável por viabilizar o fluxo digital de processos e documentos na administração pública. Também destaco o projeto CiberCidadão que vai nos proporcionar bons resultados no futuro. Com certeza, vamos avançar bastante nos próximos anos”, acrescentou.

Startups e inovação

Um dos destaques foi a mesa-redonda “A importância da gestão de inovação com as startups”, composta apenas por mulheres e moderada pela a subsecretária de Estado de Projetos de Desenvolvimento Econômico, Fabrine Schwan, que considera a VII Semana Estadual de TIC um evento marcante para o Estado. “No Espírito Santo, estamos fazendo um movimento de transformação digital muito impactante. Para isso atingir bons resultados, a inovação e o planejamento devem trabalhar juntos”, acrescentou.

A gerente de Inovação da Secretaria de Gestão e Recursos Humanos, Nara Falqueto Caliman, detalhou o projeto Pitch Gov.ES, cujo foco é envolver startups em projetos relacionados em áreas importantes para o setor público, como Educação, Agricultura, Mobilidade Urbana, Justiça, Trabalho, Economia Criativa, entre outras. “Foram selecionadas 15 startups, sendo duas capixabas. Tivemos uma adesão muito boa ao programa e conseguimos fazer ótimas escolhas”, frisou.

Segundo Nara Falqueto Caliman, a fase de testes das startups selecionadas começou no último dia 15. Todas as soluções escolhidas pelo Pitch Gov.ES serão avaliadas para verificar se podem ser contratadas e utilizadas pelo Governo do Estado. “Com as soluções sendo validadas e customizadas, as startups podem ser contratadas com mais facilidade não só pela administração pública estadual, mas também por outros estados e municípios”, explicou.

A analista comercial da Associação Brasileira de Startups (ABStartups) Juliana Santelli disse que a entidade tem cerca de 13 mil empresas associadas. “Trabalhamos com mentoria e suporte para as startups terem mais condições de desenvolverem projetos que podem ser aproveitados pela iniciativa privada e pelo setor público. Buscamos também viabilizar a execução dessas ações por meio de apoio para a aquisição de crédito”, explicou.

Para Ingrid Barth, cofundadora do Linker Bank (fintech para empresas de pequeno porte), é importante facilitar o acesso das pessoas aos serviços financeiros, o que pode ser viabilizado por meio do avanço tecnológico. “A inovação é promovida de fato quando fortalecemos a diversidade do ecossistema de startups, envolvendo pessoas de diferentes regiões e históricos de vida. Não podemos esquecer que o Poder Público é fundamental para novos atores sociais terem mais espaço, o que é imprescindível para inovar”, pontuou.

Integração

Diretamente da Estônia, o fundador do Estônia Hub, Raphael Fassoni, moderou a mesa redonda-redonda “Plataformas Digitais, Integração e Interoperabilidade para Transformação Digital”. Ele disse que vontade política, educação e foco em inovação são essenciais para tornar a administração pública mais digitalizada e voltada para as necessidades do cidadão.

A diretora técnica do Prodest, Marcianne Ribeiro Antunes Lima, afirmou que a ampliação dos serviços digitais é importante, sendo que isso deve estar aliado com um alto nível de segurança da informação. “Recentemente, desenvolvemos o e-Docs Chain que eleva a proteção aos documentos e processos que estão no sistema”, acrescentou.

Para o coordenador do Núcleo de Integração e Interoperabilidade para a Transformação Digital, do Grupo de Transformação Digital da Abep-TIC (entidade que reúne órgãos estaduais de TI), Marcus Vinicius da Costa, a integração é a capacidade de gerar serviços que permitem vencer as dificuldades de comunicação entre os sistemas. “É necessário levar em consideração as dimensões semântica e organizacional, para que as soluções digitais sejam devidamente implementadas”, apontou.

O diretor de TI e Transformação Digital da Agência Estadual de Tecnologia da Informação de Pernambuco (ATI-PE), Romero Wanderley Guimarães, ressaltou ser necessário buscar alternativas para unir a infraestrutura tecnológica e o conhecimento, para a transformação digital estar mais próxima do Poder Público. “A arquitetura corporativa ajuda a verificar o que pode ser modificado sem prejudicar os serviços que estão sendo disponibilizados para o cidadão. Por isso, é um mecanismo tão importante atualmente”, ressaltou.

Fonte: Governo ES

Comente Abaixo
Nacional1 hora atrás

Tempo frio e nublado nesta terça-feira  em São Paulo

Governo do Estado de São Paulo Previsão do tempo São Paulo O clima chuvoso e nublado continua nesta terça-feira (26).O...

Variedades3 horas atrás

Homem fica furioso após ter entrevista de emprego sabotada pela própria esposa

Por conta do comportamento de sua esposa ele perdeu uma oportunidade de conquistar seu trabalho dos sonhos. Um homem ficou...

Policial3 horas atrás

Caminhonete roubada em São Mateus é recuperada em Linhares pela PRF

Um homem, que não teve o nome divulgado, foi encaminhado à 16ª Delegacia de Linhares, no Norte do Espírito Santo, após fugir...

São Mateus3 horas atrás

Vereadores de São Mateus analisam orçamento de R$ 348,5 milhões para 2022

Proposta orçamentária enviada pelo prefeito em exercício foi lida em plenário e enviada para análise das comissões permanentes São Mateus...

Política6 horas atrás

Eduardo Cunha quer ser candidato a deputado federal por São Paulo

  Wilson Dias/ Agência Brasil – Cunha teve o mandato cassado em 2016 Com seus direitos políticos suspensos até 2027, ...

Política7 horas atrás

Mais 10 nomes são incluídos em relatório da CPI da Pandemia; veja quais

Pedro França/ Agência Senado CPI da Covid no Senado Na véspera da votação do relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito...

Mulher7 horas atrás

10 dicas para relaxar e aliviar o estresse do dia a dia

  Redação João Bidu 10 dicas para relaxar e aliviar o estresse do dia a dia Se depois de um...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!