conecte-se conosco


Economia

Startup apresenta táxi voador com previsão de estreia em 2025

Publicado

em

IstoÉ Dinheiro


Táxi voador
Divulgação/Lilium
Táxi voador da Lilium Jet tem lançamento programado para 2025

Diversas companhias já anunciaram projetos e investimentos na produção de carros voadores, mas nenhuma parece estar mais perto de estrear no mercado que a startup alemã Lilium. A empresa de tecnologia com sede em Munique anunciou nesta quinta-feira (16) o Lilium Jet, um protótipo voador com espaço para cinco pessoas e que já passou por testes bem-sucedidos no início deste mês.

Leia também: Avião tubarão da Embraer faz sucesso e causa fascínio em turnê ao redor do mundo 

O carro do futuro faz parte de um projeto de táxis voadores
com base em aplicativos, como Uber e Cabify, que a empresa espera que esteja em funcionamento em diversas metrópoles do mundo até 2025.

“Hoje estamos dando mais um grande passo para tornar a mobilidade aérea urbana uma realidade”, disse Daniel Wiegand, co-fundador e CEO da Lilium, em comunicado. “Sonhamos com um mundo onde qualquer um pode voar onde quiserem, quando quiserem.”

O Lilium Jet
é movido à bateria, com autonomia para percorrer 300 quilômetros em uma hora. A ideia da companhia alemã é formar uma rede de plataformas de aterrissagem semelhantes aos atuais helipontos. A Lilium não revelou quanto será o serviço, mas disse que os preços serão compatíveis com a realidade dos táxis regulares.

Leia também: Natura lança propaganda com beijo lésbico e internautas pedem boicote

A empresa, fundada em 2015 e com investimentos de US$ 100 milhões, é o novo destaque de um mercado em expansão na viabilidade dos carros voadores. A Uber já anunciou uma parceria com a Nasa para tornar a ideia praticável até 2023, enquanto Boeing e Rolls Royce também já anunciaram investimentos na área.

Leia mais:  Relator da Previdência apresenta hoje parecer na CCJ da Câmara

Fonte: IG Economia
Comentários do Facebook
publicidade

Economia

Aprovar nova CPMF está ‘próximo do impossível’, diz Rodrigo Maia

Publicado

em

source
Plenario da Camara dos deputados arrow-options
Pablo Valadares/Câmara dos Deputados – 14.8.19
Rodrigo Maia considera a aprovação de uma nova CPMF na Câmara dos Deputados “próximo do impossível”

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), vê como pouco provável a aprovação da criação deum imposto sobre movimentações financeiras  pela Casa.

Um novo tributo, aos moldes do que foi a extinta CPMF, é um dos projetos da equipe econômica para substituição da arredação sobre a folha de pagamentos .

“Eu acho que a (nova) CPMF não é um imposto que seja bem-vindo, mas vamos debater. Só que aprovar eu acho que é próximo do impossível”, disse após participar de evento do Movimento Brasil Competitivo.

Governo recua e planeja testes de seis meses a um ano para implantar ‘nova CPMF’

Sobre o projeto de privatizações apresentado na quarta-feira pela equipe econômica, Maia afirmou que não falará sobre suposições e apenas sobre os temas discutidos com ele. No entanto, acrescentou que não vê como adequado falar da privatização da Petrobras neste momento.

“Ninguém falou comigo de Petrobras. Não parece esse (venda de fatia da União) para uma empresa de capital aberto. Isso não foi informado ao mercado, à sociedade”, disse sobre os riscos desse tipo de informação causar variação no papel.

Salário de servidores públicos não pode ser reduzido para maioria do STF

Maia afirmou que ontem conversou com o governo sobre a venda da Eletrobras , que o processo de reorganização já foi informado ao mercado e está em curso desde 2016.

Segundo ele, o governo defende que essa privatização é necessária porque a empresa perdeu a capacidade de investir. É preciso aprovação dos parlamentares para a venda de empresas estatais federais.

Leia mais:  Relator da Previdência apresenta hoje parecer na CCJ da Câmara

“A Eletrobras precisa de R$ 16 bilhões de investimento ao ano e só investe R$ 3 bilhões. Sendo verdade, vamos mostrar aos deputados que a privatização vai gerar recursos no curto prazo”, afirmou Maia.

O presidente da Câmara afirmou ainda que no processo de privatização da Eletrobras, também chamará representante dos trabalhadores , que contestam a informação de falta de capacidade de investimento da empresa. 

Fonte: IG Economia
Comentários do Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Estadual26 minutos atrás

COLUNA DO PEDRO: Nossas reformas

Pedro Valls Feu Rosa (*) Dia desses li que nos últimos dez anos o Brasil perdoou nada menos que US$...

Polícia Federal28 minutos atrás

PF combate exploração sexual infantojuvenil pela internet

Belo Horizonte/MG – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (23/8) a Operação Pega Pega III, para combater a veiculação de...

Polícia Federal28 minutos atrás

PF deflaga a 2ª fase da Operação Tríplice Aliança

Maceió/AL – A Polícia Federal desencadeou nesta sexta-feira (23/8) a segunda fase da Operação Tríplice Aliança, com o objetivo de...

Mulher28 minutos atrás

Mulher de 177 kg ganha R$ 4 mil por mês fazendo vídeos sensuais enquanto come

Hazel, de 29 anos, é de Nashville, nos Estados Unidos, e sempre sofreu por estar acima do peso. A mulher...

Nacional29 minutos atrás

Bolsonaro oficializa uso das Forças Armadas para controlar incêndios na Amazônia

arrow-options Alan Santos/PR Bolsonaro diz que irá atuar fortemente para controlar incêndios na Amazônia O presidente Jair Bolsonaro (PSL), em...

Esportes29 minutos atrás

Crise! Em meio a queda de braço, diretoria do Flamengo afasta volante Cuéllar

arrow-options Reprodução Gustavo Cuéllar Em negociações avançadas com o Al Hilal, da Arábia Saudita, Gustavo Cuéllar foi até o Flamengo...

Esportes29 minutos atrás

Cidade de São Paulo quer receber final da Libertadores de 2020

arrow-options Site oficial Morumbi Após o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, ter demonstrado interesse em sediar a final...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana