conecte-se conosco


Nacional

“Sobrevivi”, diz jovem gay espancado e estuprado após Parada Gay em Goiás

Publicado

em

source
Vinícius Rafael, conhecido como Sharmila, de 30 anos arrow-options
Reprodução/ Facebook
Jovem, que se identifica como queer, foi espancado e estuprado após Parada LGBTQI+

O estudante de Economia da Universidade Federal de Goiás (UFG) Vinícius Rafael, de 30 anos, denunciou nesta terça-feira (11) que foi espancado e estuprado logo após participar da 24° Parada LGBTQI+ em Goiânia no domingo (8). 

Conhecido nas redes sociais pelo nome social Sharmila , o jovem se identifica como queer (pessoas que não seguem o modelo de heterossexualidade ou do binarismo de gênero). Ele voltava para casa quando foi abordado por um homem. Ao se negar a manter relações sexuais, foi espancado com uma barra de ferro, além de ter sido estuprado. 

Leia também: Vídeo mostra jovem gay sendo seguido e agredido em Goiás

Ensanguentado e caído no meio da rua apenas de cueca, o rapaz foi encontrado por um amigo. “Ele me levou para a casa dele e meu deu banho e roupa”, lembrou em entrevista ao iG .  Depois que contou tudo para a mãe, foi levado ao  Centro de Atendimento Integral à Saúde (Cais). 

“Eu fui alvo acessível de homofobia ou transfobia. Com roupa feminina, na rua, de noite, sozinho”, conta. Não é a primeira vez que Vinícius sofre uma agressão. “Na primeira vez eu não trouxe o caso a público. Mas com essa agressão logo depois da Parada [do Orgulho LGBTQI+], a gente precisa contar. É bom registrar para ter estatística e contribuir para que haja delegacia especializada em agressão contra minorias, criada apenas quando o Estado reconhece que existe demanda.”

Com medo de que as pessoas não denunciem, quer que seu caso sirva de exemplo. “É bom lembrar que toda essa onda de violência contra nós, gays, lésbicas, trans, vem de cima para baixo. Com essas falas do presidente [Jair Bolsonaro] ficamos mais vulneráveis à violência”, lembra Vinícius. “Sobrevivi. Com seis pontos na testa, mas sobrevivi”, diz. 

Leia mais:  Polícia prende três surdos-mudos com arma falsa em praça no Rio de Janeiro

Leia também: Após ser agredido por ser gay, jovem goiano é acusado de racismo: “outro soco”

O rapaz – que não se importa em ser tratado no gênero masculino ou femino – registrou as agressões no 1° Distrito Policial de Goiânia acompanhado do advogado Liorcino Mendes e do policial rodoviário Fabrício Rosa, dois dos principais organizadores da Parada LGBTQI+ na capital goiania. 

Para o iG , Rosa disse que embora houvesse atenção antes, durante e depois do evento para evitar as agressões, ela ocorrem. “Mas damos sempre apoio às vítimas, evitando que elas sejam invisibilizadas”, diz ele. 


Fonte: IG Nacional
Comentários do Facebook
publicidade

Nacional

Policiais são flagrados em motel no horário de expediente

Publicado

em

Três PMs, que dormiam no local, foram presos em flagrante

Três policiais militares que deveriam estar fazendo o patrulhamento nas ruas de Belém (PA) foram encontrados dormindo em um motel. Eles estavam com o carro da corporação, estacionado no local, quando foram surpreendidos pelos colegas de farda, na madrugada de quinta-feira.

Segundo a corregedoria da PM, equipes foram ao local para verificar uma denúncia anônima. Lá, encontraram um sargento, um soldado e uma policial feminina descansando em um dos quartos. Os policiais, que trabalhavam no 24º Batalhão, foram presos em flagrante por abandono de posto de trabalho, dormir em serviço e prevaricação — crime funcional praticado por funcionário público que consiste em retardar, deixar de praticar ou praticar indevidamente ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa de lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal.

Os servidores foram levados para a sede da Corregedoria da Polícia Militar, onde foram lavrados os termos de autuação. Os policiais que efetuaram o flagrante também foram citados para testemunhar o fato. Após procedimentos administrativos, eles foram levados para o Centro de Reclusão Coronel Anastácio das Neves, no complexo penitenciário do município de Santa Izabel. “O procedimento administrativo disciplinar instaurado pela Corregedoria vai investigar a conduta dos policiais e apurar se os servidores militares permanecerão ou não na instituição”, informou a Polícia Militar.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Protesto em Londres tem boneco de Trump sentado em vaso e com barulho de gases
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Economia5 horas atrás

Mega-Sena acumula e previsão de prêmio para quarta-feira é de R$ 44 milhões

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2190 da Mega-Sena, realizado neste sábado (21) em São Paulo.  Foram 94 acertadores...

Carros e Motos5 horas atrás

Cinco variações do novo Corolla que não temos no Brasil

Recém-lançada no Brasil, a 12ª geração do Toyota Corolla chegou trazendo como destaque a versão com motorização híbrida flex ....

Esportes5 horas atrás

Setor ofensivo funciona e Corinthians espanta a crise com vitória na Arena

arrow-options Reprodução/Corinthians Love anotou um dos gols do Corinthians O Corinthians precisava dar uma resposta a sua torcida e aliviar...

Esportes5 horas atrás

Kobra pinta mural em homenagem a Senna no autódromo que tirou sua vida

arrow-options Eduardo Kobra/Divulgação Mural para Ayrton Senna fica nas proximidades de sua última curva, em Imola O artista brasileiro de...

Esportes6 horas atrás

Granada surpreende, bate Barcelona e dorme na liderança do Espanhol

arrow-options Reprodução/La Liga Granada vence o embate contra o Barcelona e assume a liderança da La Liga Em noite surpreendente,...

Esportes6 horas atrás

Flamengo vence o Cruzeiro e alcança recorde de vitórias no Brasileiro

arrow-options Reprodução/Flamengo Gabigol continua liderando a artilharia do Campeonato Brasileiro Na abertura do segundo turno do Campeonato Brasileiro, o Flamengo...

Direto de Brasília6 horas atrás

Mulher é degolada na frente do filho de 2 anos no Piauí; suspeito foi preso

arrow-options Reprodução/Facebook Laysse da Silva Carvalho foi morta a facadas na madrugada de sexta-feira (20); o suspeito foi preso pela...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana