conecte-se conosco


Direto de Brasília

Sobe para sete o número de vítimas fatais da chuva no Rio de Janeiro

Publicado

em


Sétima vítima fatal da chuva que atingiu o Rio de Janeiro na última quarta-feira foi confirmada
Reprodução / @OperacoesRio

Sétima vítima fatal da chuva que atingiu o Rio de Janeiro na última quarta-feira foi confirmada

Morreu, na manhã deste sábado (9), Áureo Paz, de 64 anos. Ele é a sétima vítima fatal da forte chuva que castigou o Rio de Janeiro na última quarta-feira (6). A casa do homem desabou e a esposa dele, Isabel e um dos filhos, Mauro, já haviam morrido no dia da tragédia. Auro e o outro filho, Arthur, foram resgatados, mas o homem não resistiu. O jovem segue internado.

Leia também: Crivella decreta luto e pede a população em área de risco que procure abrigos

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, outras quatro mortes foram registradas por conta da chuva na capital fluminense: uma na Rocinha, duas na Avenida Niemeyer e uma no Vidigal. De acordo com o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, a morte na Rocinha foi causada por um deslizamento de terra. As pessoas que morreram na Niemeyer estavam dentro de um ônibus.

O município havia entrado em estágio de atenção às 20h30, já às 22h15 foi registrado estágio de crise – último nível dos três utilizados pela prefeitura para medir a intensidade das chuvas. Neste sábado, o Rio de Janeiro recuou novamente para estágio de atenção.

Foram registradas 170 quedas de árvores, houve deslizamentos em Pedra de Guaratiba, Rocinha, Inhaúma e Charitas, além de 17 bolsões d’água em decorrência do temporal. A prefeitura do Rio de Janeiro acionou 600 trabalhadores, entre agentes de trânsito, garis e pessoas cortando árvores.

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella , decretou um luto oficial de três dias após o  temporal. “A prefeitura está decretando luto oficial de três dias pela tragédia que se abateu sobre a cidade e pelas pessoas que perderam [suas vidas]”, afirmou o político.

Leia mais:  FHC desmente apoio a Haddad e critica os dois presidenciáveis no segundo turno

Leia também: Vídeo mostram cenas de destruição e desespero durante temporal no Rio; assista

Segundo o prefeito carioca, fortes chuvas eram previstas para ontem pela prefeitura. No entanto, ainda de acordo com ele, um temporal seguido de outro surpreenderam as autoridades, o que levou à decretação do estágio de risco.

“A previsão era de que nós teríamos chuva de moderada a forte, o que realmente ocorreu. Agora, surpreendentemente, atrás dessa tempestade se formou uma outra ainda maior e que ficou presa, não ultrapassando a Floresta da Tijuca. E aí ela se precipitou toda sobre a zona sul do Rio, sobretudo na Rocinha, no Vidigal e no Jardim Botânico”, afirmou.

Fonte: IG Política
Comentários do Facebook
publicidade

Direto de Brasília

Salles nomeia militares para acabar com “arcabouço ideológico” no Ministério

Publicado

em


Ricardo Salles pensativo
Jorge William/Agência O Globo

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, não comentou nomeação de militares

Seguindo orientação do presidente Jair Bolsonaro, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, decidiu colocar militares em cargos importantes do Ministério e de órgãos subordinados. Até o momento, 12 militares já foram nomeados com o objetivo de acabar com o “arcabouço ideológico” no setor.

Leia também: Governo vai dificultar destruição de equipamentos em operações do Ibama

Os postos ocupados pelos militares vão do alto escalão da pasta até as diretorias do Ibama e do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio). Na última quinta-feira (18), o então diretor de planejamento do Ibama, Luiz Eduardo Nunes, que era servidor de carreira do órgão,  foi exonerado e deve ser substituído por Luís Gustavo Biagioni, aposentado da Polícia Militar Ambiental de São Paulo.

Na mesma semana, Ricardo Salles indicou o coronel Homero de Giorge Cerqueira, também da Polícia Militar Ambiental de São Paulo, para a presidência do ICMBio . Ele também nomeou Davi de Souza Silva, outro militar paulista, para o comando regional do Ibama em São Paulo.

Em meio ao troca-troca, Bolsonaro voltou a critiar o Ibama. “É um órgão muito mais aparelhado do que o Ministério da Educação”, disse. Sobre as substituições, o presidente disse que “com Salles, nosso ministro do Meio Ambiente, tomamos providências para substituir esse tipo de gente”.

Leia também: Ministro do Meio Ambiente cita o nazismo para rebater crítica de jornal alemão

Segundo levantamento do jornal O Estado de S. Paulo , oito militares ocupam cargos comissionados no Ministério do Meio Ambiente , trabalhando ao lado do ministro. Na sede do Ibama, os militares já comandam duas diretorias. O Estado de S. Paulo procurou Ricardo Salles, mas ele não quis comentar a militarização do Ministério.

Leia mais:  Bolsonaro explica demissão de Bebianno e diz que ainda acreditano ex-ministro

Fonte: IG Política
Comentários do Facebook
Continue lendo
Nacional10 minutos atrás

Batida entre van e caminhão mata 4 deixa quatro feridos; lateral de veículo foi arrancada

Acidente ocorreu no início da madrugada desta sexta-feira (19), na BR-242, trecho da cidade de Barreiras. Quatro pessoas morreram e...

Entretenimento16 minutos atrás

“Preconceito velado”, diz atriz trans sobre falta de papéis na TV

Maria Clara Spinelli aproveitou a sexta-feira para desabafar em seu perfil no Instagram. A atriz trans publicou uma imagem onde...

Entretenimento16 minutos atrás

Donald Trump leva bronca da HBO após usar imagem de “Game of Thrones”

A rede HBO repreendeu o presidente americano, Donald Trump, depois que o mandatário voltou a recorrer à popular série “Game...

Entretenimento16 minutos atrás

Presidente da Ancine suspende repasse de verbas para o audiovisual

 O diretor-presidente da Ancine, Christian de Castro, mandou suspender o repasse de verbas para a produção de filmes em série....

Nacional23 minutos atrás

Grávida de 7 meses morre ao tentar salvar filho de 5 anos afogado em represa

Mãe e filho que se afogaram na Represa de Jurumirim, em Itaí (SP), na tarde desta quinta-feira (18), morreram depois de...

Direto de Brasília33 minutos atrás

Salles nomeia militares para acabar com “arcabouço ideológico” no Ministério

Jorge William/Agência O Globo O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, não comentou nomeação de militares Seguindo orientação do presidente...

Direto de Brasília33 minutos atrás

Alan García deixou carta de despedida onde nega subornos e diz que cumpriu dever

Alexandre Moreira/Brazil Photo Press/Agencia O Globo Alan García deixou carta de despedida onde nega subornos e diz que cumpriu sua...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana