conecte-se conosco



Nacional

Síria avança na ofensiva contra último reduto rebelde

Publicado

em

Explosão na Síria arrow-options
Reprodução/Twitter
Síria retoma controle de cidades do Noroeste


Tropas sírias retomaram nesta sexta-feira um grupo de cidades cujo controle foi perdido logo no início da guerra, há oito anos, no mais recente avanço na ofensiva contra o último grande reduto rebelde no Noroeste do país. O Exército expulsou os últimos combatentes rebeldes da região rural de Hama e agora avança em direção de um posto avançado militar da Turquia na área.

Leia também: Macron se reúne com chanceler iraniano para tentar salvar acordo nuclear

 As forças do governo têm bombardeado o Sul da província de Idlib e a vizinha Hama do ar e da terra ao longo desta semana, deflagrando um novo êxodo de civis da região. Centenas de pessoas foram mortas desde que a ofensiva começou no fim de abril, informaram as Nações Unidas . Comandantes rebeldes não responderam a pedidos de comentários.

O presidente sírio Bashar al-Assad se voltou contra Idlib depois de assegurar seu controle sobre grande parte do resto da Síria com a ajuda de aliados russos e iranianos. Ainda assim, as perspectivas de mais avanços em outras partes do país que continuam foram de seu controle está obstruído: no Noroeste, por interesses turcos próximos à fronteira, e, no Nordeste, pela presença de forças dos EUA lado a lado com combatentes curdos.

Leia também: Em meio a ofensiva, Síria anuncia corredor humanitário no noroeste do país

O governo turco apoia forças rebeldes que controlam trechos do território ao Norte de Idlib sob sua esfera de influência, alguns dos quais também têm presença em Idlib. O presidente turco Tayyip Erdogan, alertou nesta sexta-feira seu contraparte russo, Vladimir Putin, que os ataques do Exército sírio estão provocando uma crise humanitária na região e ameaçando a segurança nacional da Turquia.

Em um telefonema, Erdogan disse que os ataques violam um cessar-fogo em Idlib e prejudicam os esforços por uma solução para o conflito na Síria, informou o escritório da Presidência da Turquia. A mais recente ofensiva pôs as tropas turcas em Idlib na linha de fogo e põe em risco as esperanças de Ancara de evitar que uma nova onda de refugiados chegue às suas fronteiras.

Mais de 500 mil pessoas deslocadas pela atual ofensiva no Noroeste da Síria já fugiram em direção da fronteira turca. Sob os auspícios de acordo com a Rússia e o Irã, a Turquia mantém forças em cerca de uma dúzia de postos militares avançados na região de Idlib, incluindo um na cidade de Morek, um dos alvos da ofensiva do Exército sírio nesta sexta-feira. O ministro das Relações Exteriores turco, Mevlut Cavusoglu, disse, no entanto, que as tropas do país não estão sitiadas no local.

Leia também: Em encontro antes do G7, Macron e Putin divergem sobre Síria

— Estamos discutindo a questão com a Rússia e o Irã — informou Cavusoglu em conferência com a imprensa em Beirute, Líbano. — Não estamos lá ainda porque não conseguimos sair, mas porque não queremos sair.

Uma série de negociações entre russos e turcos, incluindo acordo fechado no ano passado para “desmilitarizar” a área, fracassou na intenção de acabar com o conflito em Idlib.

O Exército sírio informou nesta sexta-feira ter tomado o controle de um grupo de cidades e seu entorno no Sul de Idlib e no Norte de Hama, incluindo Khan Sheikhoun, Kfar Zita e Morek.

“Depois de pesados ataques nos últimos dias e um sítio completo, nossos bravos soldados conseguiram limpar as cidades e vilas”, relatou em comunicado. “O avanço continua a passo rápido”.

A última ofensiva estende o controle do Estado a uma estrada que vai da capital Damasco à cidade de Aleppo, destacou a TV estatal síria . Uma transmissão ao vivo da cidade de Kfar Zita, que os rebeldes controlavam desde 2012, mostrou ruas desertas ladeadas por prédios marcados pelos bombardeios.

Moscou e Damasco dizem estar respondendo a ataques de militantes da antiga Frente Nusra, aliança jihadista agora conhecida como Hayat Tahrir al-Sham que é a força rebelde dominante em Idlib.

Comentários do Facebook

Nacional

Polícia Rodoviária Federal inicia Operação Carnaval nesta sexta-feira

Publicado

em

source

Agência Brasil

policial com radar móvel arrow-options
Divulgação

PRF vai intensificar fiscalização

A Operação Carnaval deste ano, que começou nas primeiras horas desta sexta-feira (21), fiscalizará 66 mil quilômetros de rodovias federais em todo o país. Segundo a Policia Rodoviária Federal (PRF), a fiscalização vai até a meia-noite da Quarta-feira de Cinzas (26), com reforço no número de viaturas e de agentes em ação, além de equipamentos eletrônicos, para reduzir o número de acidentes de trânsito.

Nos trechos em que, estatisticamente, é maior a frequência de acidentes graves, e em que o fluxo de veículos aumenta em feriados prolongados como o carnaval, a PRF atua em esquema especial, com equipes reforçadas na fiscalização, orientação e atendimento de ocorrências.

Leia também: Armas, 15 mil munições e 6kg de pólvora: van com arsenal é apreendida em rodovia

De acordo com a Polícia Rodoviária, a garantia de uma viagem segura requer, necessariamente, o compromisso do condutor e dos passageiros dos veículos com sua própria segurança. É necessário que todos mantenham atenção durante a viagem e tenham responsabilidade com seus atos, avaliando se a conduta é segura ou se traz algum risco de envolvimento em acidente.

Dicas de viagem

A PRF tem algumas dicas que motoristas e passageiros devem seguir para uma viagem tranquila. A primeira delas é atenção redobrada durante todo o percurso, de modo que se possa perceber qualquer risco viário com antecedência. É preciso também respeitar a sinalização, obedecendo aos limites de velocidade e às condições de ultrapassagem indicados nas placas ao longo das rodovias. As plantas não foram colocadas naquele ponto da estrada sem motivo, alerta a PRF. Nos trechos em obras, o motorista deve reduzir a velocidade e obedecer a sinalização local.

Leia também: Beber no ônibus, fazer xixi na rua… saiba o que é crime no carnaval

O planejamento da viagem também é importante: o motorista deve se informar sobre as distâncias que vai percorrer, condições do tempo, pontos de parada, existência de postos de combustíveis e de restaurantes à beira da estrada. Para o motorista, é fundamental não esquecer documentação pessoal e do veículo.

Antes de pegar a estrada, a Polícia Rodoviária Federal recomenda a Revisão preventiva do veículo, cujas condições devem ser checadas mesmo para pequenas viagens. Na rodovia, deve-se circular com faróis acesos, para ver e ser visto; os pneus precisam estar calibrados e em bom estado; o motor revisado, e o óleo e o nível da água do radiador, em dia. É necessário ainda verificar a presença e estado dos equipamentos de porte obrigatório, principalmente pneu estepe, macaco, triângulo e chave de roda, além dos limpadores de para-brisa e luzes do veículo.

Leia também: Witzel envia mensagem de whatsApp convidando Bolsonaro para camarote do carnaval

Além disso, o condutor deve programar pausas para descanso, com paradas a cada três horas. Quem se expõe a muitas horas dirigindo fica sujeito ao fenômeno da “hipnose rodoviária”, na qual os olhos se mantêm abertos, mas sem percepção da realidade à sua volta, lembra a PRF. Esse estado vem acompanhado de sonolência, perda de reflexos e de força motora.

Procurar se informar sobre as condições do tempo no dia da viagem nos lugares por onde se vai passar também é importante, assim como dormir bem antes de assumir o volante. O sono e o cansaço são grandes inimigos de uma viagem segura. A PRF lembra que o uso do cinto de segurança é obrigatório para todos os ocupantes do veículo.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Polícia Federal1 minuto atrás

PF coíbe o transporte ilegal de ouro retirado de garimpos ilícitos

Redenção/PA – A Polícia Federal deflagrou na quinta-feira (20/2) a Operação Milhas de Ouro, que teve por objetivo coibir o transporte...

Polícia Federal1 minuto atrás

PF prende homem transportando maconha em sua bagagem

Guarulhos/SP – A Polícia Federal prendeu na quinta-feira (20/2) um brasileiro, identificado pela Receita Federal, transportando maconha compactada dentro de...

Entretenimento1 minuto atrás

Desavença de Gracyanne Barbosa e Viviane Araújo continua: “Outra questão”

Gracyanne Barbosa está focadíssima no carnaval e promete arrasar na avenida, mas ela garante que não quer aparecer mais do...

Economia1 minuto atrás

De olho em 2022, Bolsonaro cobra a Guedes crescimento mínimo de 2% neste ano

arrow-options Antonio Cruz/Agência Brasil Bolsonaro cobrou Paulo Guedes a entregar crescimento econômico mínimo de 2% neste ano O presidente Jair...

Polícia Federal14 minutos atrás

PF coibi o transporte ilegal de ouro retirado de garimpos ilícitos

Redenção/PA – A Polícia Federal deflagrou na quinta-feira (20/2) a Operação Milhas de Ouro, que teve por objetivo coibir o transporte...

Nacional35 minutos atrás

Polícia Rodoviária Federal inicia Operação Carnaval nesta sexta-feira

arrow-options Divulgação PRF vai intensificar fiscalização A Operação Carnaval deste ano, que começou nas primeiras horas desta sexta-feira (21), fiscalizará...

Economia35 minutos atrás

Governo enviará projeto que zera meta fiscal de estados e municípios

arrow-options iStock Governo vai revisar lei orçamentária e zerar meta fiscal de estados e municípios neste ano O governo enviará...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana