conecte-se conosco



Mulher

Sexo casual no carnaval: dicas para curtir a pegação sem se decepcionar

Publicado

em

source

Carnaval é tempo de brilho, curtição e, para muita gente, sexo sem compromisso. A festa mais animada do ano é vista para a maioria dos solteiros como a oportunidade ideal para investir na paquera e curtir o sexo casual.

Leia também: Veja dicas para arrasar na paquera de carnaval

casal fantasiado se beijando
shutterstock

Para muita gente, carnaval é tempo de beijo na boca e sexo sem compromisso; mas dá para fazer isso sem se apegar?

Ao Delas, a terapeuta de relacionamento Rosangela Matos explica que o comportamento é histórico. No passado, o carnaval era um rito de passagem da escuridão para a luz, do inverno para o verão, celebrando a fertilidade. “Tradicionalmente era também uma época para satisfazer desejos sexuais e isso é mantido até hoje”, fala.

Ela exemplifica lembrando dos famosos clichês carnavalescos: “Ninguém é de ninguém”, “No carnaval pode tudo” e por aí vai. “As pessoas vão para o carnaval com essa ideia de viver o novo e de conhecer pessoas diferentes. É um período de extravasar e de se permitir”, diz.

“É uma festa muito aguardada por sua energia, por sua alegria, mas também pela liberdade sexual”, completa.

Pega, mas não se apega

pernas de casal com roupas íntimas no chão
shutterstock

Alinhar as expectativas é a principal dica para curtir o sexo casual sem se decepcionar

Não há frase melhor para descrever o sexo casual de carnaval do que o clássico “pega, mas não se apega”. Mas, como não se apegar? Afinal, podemos nos apaixonar a qualquer momento, não é mesmo?

Rosangela explica que o segredo para não se decepcionar e aproveitar a “pegação” de carnaval está na expectativa que você coloca naquele momento. “O ideal é ter muita clareza de que esse é um momento de curtição”, aconselha.

“Não é porque beijou e foi incrível ou porque o sexo foi maravilhoso que vai ter um depois. Pense sempre no aqui e no agora, sem grandes expectativas”, completa.

Muitas vezes, as mulheres se inspiram em histórias de casais que se conheceram no carnaval há anos e estão juntos até hoje, mas é um erro ir para a folia imaginando viver algo parecido. “Quando a pessoa vai com esse pensamento para o carnaval, corre um grande risco de se decepcionar e voltar para casa com o coração partido”, fala a terapeuta.

Além de baixar a expectativa, é importante lembrar que você está no comando da situação. Não quer se apegar? Então talvez não seja uma boa terminar todas as noites de carnaval com a mesma pessoa. “Se você decide ficar uma segunda noite, uma terceira noite, precisa ter consciência de que você está escolhendo se apegar. Não é algo do destino. É algo que você está deixando acontecer”, diz.

Rosangela também fala que é importante lembrar que a rotina volta depois da quarta-feira de cinzas, o que nem sempre inclui levar um “amor de carnaval” para o dia a dia.

É possível curtir  sexo sem compromisso  de forma saudável para os dois. Por isso, alinhar as expectativas é fundamental. Você pode estar bem determinada na ideia do sexo casual, mas, se o outro se apegar, pode ser um problema.

A terapeuta de relacionamentos orienta conversar com respeito e sinceridade, assim como você gostaria que fizessem com você. “Deixe claro quais são as suas reais intenções, o que você quer e o que não quer”. Se você não está sentindo o mesmo que o outro, é justo saber que ela saiba disso, não é?

Me apeguei, e agora?

mulher olhando para o celular
shutterstock

Você pode até mandar uma mensagem no dia seguinte, mas não pressione o outro se ele não demonstrar interesse

Você passou a quarta-feira de cinzas pensando no que viveu durante os dias de folia e quer repetir? Se vocês trocaram WhatsApp, Rosangela aconselha esperar a pessoa te chamar. “Passou um dia, dois dias e a pessoa não fez nenhum movimento de entrar em contato com você? Perceba que talvez ela seguiu a vida e aquele momento foi muito bacana e legal, mas foi uma paixão de carnaval”, comenta.

Se ainda assim você quer falar com a pessoa, a profissional orienta mandar uma mensagem, mas sem insistência. “Respeite o espaço e o momento do outro. Lembre que a pessoa não prometeu nada a você”, diz.

A dica é seguir a vida, focar nos planos e projetos pessoais. A terapeuta de relacionamentos ainda fala para cuidar do coração para que “logo, logo ganhe uma pessoa nova que também está disposto a se envolver em uma relação”.

“Quando nós nos envolvemos com pessoas que estão dispostas a viver a mesma coisa, é mais fácil que a paixão evolua para uma relação séria e para o amor”, conclui.


Fonte: IG

Comentários do Facebook

Mulher

Tenho dificuldade para me concentrar no sexo; o que fazer? Delas responde

Publicado

em

source

Para que o sexo seja bom, é importante que o casal esteja, realmente, envolvido. Isso que dizer que o prazer dos dois sempre vai ser melhor se ambos estiverem focados na experiência? Na verdade, sim. Porém, existe uma questão que pode atrapalhar o momento a dois: a falta de concentração.

Leia também: Por que só consigo sentir prazer na masturbação? Delas responde

mulher preocupada pós sexo arrow-options
shutterstock

Segundo especialista, é normal perder a concentração, mas é importante recuperá-la para ter prazer no sexo

Uma leitora do Delas (que não terá a identidade divulgada) nos mandou um email contando que, muitas vezes,  não consegue se concentrar na hora do sexo e que isso acaba atrapalhando a experiência com o parceiro. Mas, afinal, como evitar esse problema?

Antes de qualquer coisa, é importante ressaltar que perder a concentração durante a transa não é tão incomum assim. “É mais comum a mulher ter essa dificuldade, porque muitas vezes elas precisam de alguns estímulos a mais e um preparo maior para que o corpo responda aos desejos”, diz a fisioterapeuta pélvica, sexóloga e educadora sexual Débora Pádua. 

“Isso pode acontecer justamente pela forma que a mulher ‘funciona’, ou seja, sua fisiologia: ela demora um pouco mais para responder aos estímulos. Às vezes ela precisa primeiro receber alguns toques e estímulos físicos para esse desejo acontecer”, completa.

Leia também: Fui traída e não consigo sentir prazer, o que fazer? Delas Responde

Como não estar concentrado afeta o sexo?

O psicólogo e especialista em sexualidade Oswaldo M. Rodrigues Jr. explica que dispersar a atenção no sexo causa uma reação instantânea ao corpo, o que influencia o prazer. “Isso pode diminuir a ereção em homens e a lubrificação vaginal nas mulheres, assim como diminuí o prazer e a percepção de sensações eróticas.”, comenta. 

Porém, não estar tão envolvido assim na “hora H” não afeta apenas a experiência na cama. De acordo com a educadora sexual, é comum que os parceiros comecem a achar que não são desejados pelo outro e isso também tem influência direta no relacionamento. 

“É algo que pode afastar o casal, mas desde que não exista uma conversa sobre o assunto. A partir do momento que o homem entende que para ele é tudo mais rápido, mas que a mulher precisa de muito mais fala, toque, carinho para o corpo dela responder, fica mais fácil”, afirma. 

O ideal, portanto, é que ambos estejam “ali” tendo uma experiência prazerosa em conjunto. 

Como não perder a concentração na “hora H”?

Se perder a concentração, tente recuperá-la. A dica principal para isso é: dedicação. Oswaldo afirma que a melhor forma para manter o foco no sexo é dar prioridade para o que está acontecendo naquele momento, mostrando para si que não há nada mais importante do que aquela experiência. 

Outro tipo de dedicação, dessa vez indicada por Débora, é ir além da penetração. “O momento do sexo não é só a penetração, então se você consegue se concentrar no cheiro, no toque, na pegada, pode ficar concentrada. Uma das coisas que ativa bastante as mulheres é um beijo mais demorado, de pelo menos um minuto, por exemplo”, diz. 

A especialista também reforça a importância de saber o que o parceiro gosta e, ainda mais, o que você gosta. Assim, se você perceber que ele ou ela está distraído, consegue tomar a iniciativa para dar (e receber) mais prazer. Da mesma forma se você se viu nessa situação de perder o foco, consegue saber quais são os estímulos que funcionam para o seu prazer. 

“Mudar posição, masturbação, sexo oral, estimular os seios. Se a concentração acabou indo embora tente voltar pelo beijo, e se você conhece bem o seu corpo vai saber o que te excita bastante e qual estimulo você gosta”, finaliza ela. 

Leia também: Tenho muita lubrificação e não sinto prazer; o que fazer? Delas responde

Tem dúvidas sobre sexo, sexualidade ou prazer? Faça como nossa leitora que enviou seu relato e entre em contato pelo  [email protected] e nós traremos um especialista para respondê-la com sigilo!

Fonte: IG Mulher

Comentários do Facebook
Continue lendo
Entretenimento11 minutos atrás

‘Peladona de Congonhas’ revela motivo de não participar do Carnaval

arrow-options Reprodução/Instagram Jessica Lopes é conhecida como “Peladona de Congonhas” Jessica Lopes, conhecida como Peladona de Congonhas, não desfilará no...

Entretenimento11 minutos atrás

Com megahair, Paolla Oliveira é musa do ‘Bloco da Favorita’, em São Paulo

Musa do ‘Bloco da Favorita’, Paolla Oliveira caprichou em seu look para marcar presença no Carnaval de rua, em São...

Entretenimento11 minutos atrás

Em podcast, Kate Middleton fala sobre gravidez: ‘não fui das mais felizes’

Empenhada em projetos de maternidade e primeira infância, Kate Middleton abriu o coração sobre as dificuldades de ser mãe no...

Nacional18 minutos atrás

Travesti é achado morto preso a correntes em cachoeira

O corpo de uma travesti foi encontrado na manhã desta sexta-feira (14) em uma cachoeira do município de Missão Velha,...

Mulher24 minutos atrás

Tenho dificuldade para me concentrar no sexo; o que fazer? Delas responde

Para que o sexo seja bom, é importante que o casal esteja, realmente, envolvido. Isso que dizer que o prazer...

São Mateus27 minutos atrás

PetroCity: deputado mobiliza lideranças em defesa de porto

Uma articulação de lideranças políticas e empresariais do Norte e Noroeste do Espírito Santo em defesa da construção não apenas...

São Mateus34 minutos atrás

Prefeitura firma convênio de repasse de recursos para animais abandonados

Para garantir melhores cuidados a cães e gatos abandonados em São Mateus, o prefeito Daniel Santana assinou convênio de cooperação...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana