conecte-se conosco


Economia

Sete em cada 10 consumidores esperam saldão para comprar bens de maior valor

Publicado

em

source
De acordo com a pesquisa, 75% dos brasileiros com renda familiar de até um salário mínimo esperam um saldão, arrow-options
Foto: Divulgação

De acordo com a pesquisa, 75% dos brasileiros com renda familiar de até um salário mínimo esperam um saldão

O total de 71% dos consumidores brasileiros esperam promoções e saldões para adquirir bens de maior valor, como eletrodomésticos, móveis, celulares, eletrônicos e automóveis. É o que mostra a pesquisa Retratos da Sociedade Brasileira sobre práticas de consumo, publicada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Os números revelam aumento no hábito do consumidor em esperar promoções. O percentual daqueles que diziam aguardar saldões para fazer as compras era 64%, em 2013, contra os 71% de 2019.

Procon notifica Magazine Luiza após falha em cupom promocional

De acordo com a pesquisa, 75% dos brasileiros com renda familiar de até um salário mínimo esperam um saldão, enquanto o percentual entre os brasileiros com renda familiar superior a cinco salários mínimos é de 60%.

A CNI avalia que a crise econômica impacta diretamente no aumento do percentual de consumidores que esperam por promoções. “A perda de poder de compra durante a crise recente pode ter influenciado os brasileiros a esperar para adquirir bens de maior valor a preços menores durante promoções e saldões, dado que se verifica que esse comportamento é mais comum entre brasileiros com rendas familiares menores”, destaca a pesquisa.

Governo pode optar por liquidação total dos Correios, diz jornal

PECHINCHAR

Os números revelam que 93% dos consumidores costumam pesquisar os preços dos bens de maior valor antes de realizar a compra, enquanto 80% pesquisam as características técnicas desses itens.

A pesquisa mostra também que 81% dos brasileiros costumam pechinchar antes das compras, percentual próximo aos 78% observados em 2013. Entre os mais jovens (16 a 24 anos), o hábito de pechinchar é menor – chega a 73%. Outro grupo em que o hábito de pechinchar é menos comum – 70% – é o de consumidores com renda familiar superior a cinco salários mínimos.

Leia mais:  Polícia fecha fábrica clandestina de Ferrari e Lamborghini em Santa Catarina

GARANTIA E PÓS-VENDA 

Os dados da pesquisa da CNI apontam ainda que a quantidade de consumidores que se importa com a garantia e os serviços de pós-venda aumentou de 65%, em 2013, para 74%, em 2019. Os consumidores de renda mais baixa se interessam mais pela garantia e pelos serviços de pós-venda dos bens de maior valor.

Entre os brasileiros com renda familiar de até um salário mínimo, 78% costumam buscar informações sobre garantia e serviços de pós-venda. O percentual diminui à medida que a renda familiar cresce – 69% dos brasileiros de famílias que recebem mais de cinco salários mínimos têm o hábito de pesquisar por esses aspectos antes da compra do item de maior valor.

Na avaliação da CNI, uma possível explicação para o maior interesse das pessoas de renda mais baixa é que eles demoram mais para trocar bens de maior valor. Portanto, se importam mais com os serviços de pós-venda, a fim de garantir que as peças estarão disponíveis durante a vida útil do produto e que haverá mão-de-obra qualificada para fazer os reparos necessários.

O gerente-executivo de Pesquisas e Competitividade da CNI, Renato da Fonseca, destaca que o brasileiro está mais exigente em relação à qualidade e ao preço das mercadorias. “O consumidor está atento aos preços e também está mais preocupado com os serviços de pós-venda”, afirma. “Não adianta só entregar o produto, é preciso entregar o serviço do produto e esse produto tem que funcionar por mais tempo. Essa deve ser uma preocupação que precisa estar à frente das indústrias”, acrescenta.

Comentários do Facebook
publicidade

Economia

Concurso 2.225 da Mega-Sena: confira as dezenas sorteadas nesta terça-feira

Publicado

em

source
volante da mega-sena arrow-options
Paulo Pinto/Fotos Públicas

Prêmio desta quinta-feira deve chegar a R$ 35 milhões segundo estimativa da Caixa Econômica

O concurso da Mega-Sena desta terça-feira (21), em São Paulo, não viu nenhum apostador acertas as seis dezenas que foram 02, 04, 07, 16, 30, 38. Com isso a Mega-Sena continua acumulada há seis concursos, desde a Mega da Virada, que foi sorteada no último dia de 2019.

Segundo a Caixa Econômica, 43 apostas acertaram cinco números e foram ganhadoras da quina. Cada uma levou o prêmio de R$ 46.161,97. O prêmio para as 3.798 apostas  que acertaram quatro números, a quadra, foi de R$ 746,62. 

O sorteio desta terça foi o primeiro da Mega-Semana de Verão , que oferece uma chance extra ao apostador ao realizar três concursos semanais, ao invés de dois. Os próximos sorteios da Mega-Sena serão na quinta-feira (23) e no sábado (25), concluindo os três concursos da semana especial.

Mega-sena acumula e prêmio sobre para R$ 32 milhões

A Caixa ainda não informou se houve ganhadores no concurso 2.225. Aplicado na Poupança da Caixa, os R$ 32 milhões da Mega-Sena podem render R$ 82 mil mensais ao sortudo que acertar os seis números.

Outros sorteios

Ainda nesta terça-feira, o  Dia de Sorte  pode pagar R$ 350 mil, a Dupla-Sena R$ 800 mil, a Lotomania R$ 1,3 milhão e a Timemania R$ 28,5 milhões.

Com o valor de R$ 28,5 milhões da Timemania, segundo maior prêmio entre as sete modalidades, é possível adquirir duas mansões em Jurerê (SC), com mais de mil metros quadrados de área privativa.

Bolão vale a pena? Matemático dá dicas para ter mais chances na Mega-Sena

Os sorteios são realizados no Espaço Loterias Caixa , localizado no Terminal Rodoviário Tietê, em São Paulo. O público pode acompanhar os sorteios presencialmente ou pela TV e redes sociais.

Leia mais:  Polícia fecha fábrica clandestina de Ferrari e Lamborghini em Santa Catarina

Como apostar

As apostas podem ser feitas até às 19h em qualquer lotérica do país e também pela internet no site da Caixa.(www.loteriasonline.caixa.gov.br). Clientes com acesso ao Internet Banking podem fazer suas apostas, na Mega-Sena, pelo seu computador pessoal, tablet ou smartphone.

O serviço funciona das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteios, quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Entretenimento25 minutos atrás

Inimigos da HP agitarão pré-Carnaval de SP com bloco “Toca Um Samba Aí”

Os foliões que estão ansiosos para o Carnaval 2020 já podem comemorar e começar a se preparar para os dias...

Estadual26 minutos atrás

Marca de produtos esportivos é condenada por enviar mais itens que o encomendado por loja

Em decisão, o juiz entendeu que a cobrança dos produtos não solicitados era indevida. Uma marca de produtos esportivos foi...

Estadual26 minutos atrás

2ª Câmara Cível nega recurso de candidato de concurso que não passou em teste físico

O autor alegou falta de previsão legal sobre a necessidade de realização do teste de aptidão física e psicológica para...

Estadual26 minutos atrás

Município de Vitória é condenado a indenizar vítima de queda em bueiro no Centro

Em decisão, o juiz entendeu que a empresa de água e esgoto não contribuiu para o acidente O município de...

Estadual26 minutos atrás

Mais um participante da campanha Esperando Por Você é adotado

Kauan, de Nova Venécia, já está vivendo com a nova família em Minas Gerais. A campanha foi criada pelo TJES...

Entretenimento38 minutos atrás

Karol Conka, Skank e mais; veja a programação do aniversário de São Paulo 2020

Para comemorar o aniversário de 466 anos da cidade de São Paulo , a Prefeitura oferecerá uma grande programação cultural...

Entretenimento38 minutos atrás

Ozzy Osbourne é diagnosticado com Doença de Parkinson

Ozzy Osbourne foi diagnosticado com uma forma da Doença de Parkinson. O cantor britânico, de 71 anos, revelou que foi...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana