conecte-se conosco



Economia

Sete em cada 10 consumidores esperam saldão para comprar bens de maior valor

Publicado

em

source
De acordo com a pesquisa, 75% dos brasileiros com renda familiar de até um salário mínimo esperam um saldão, arrow-options
Foto: Divulgação

De acordo com a pesquisa, 75% dos brasileiros com renda familiar de até um salário mínimo esperam um saldão

O total de 71% dos consumidores brasileiros esperam promoções e saldões para adquirir bens de maior valor, como eletrodomésticos, móveis, celulares, eletrônicos e automóveis. É o que mostra a pesquisa Retratos da Sociedade Brasileira sobre práticas de consumo, publicada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Os números revelam aumento no hábito do consumidor em esperar promoções. O percentual daqueles que diziam aguardar saldões para fazer as compras era 64%, em 2013, contra os 71% de 2019.

Procon notifica Magazine Luiza após falha em cupom promocional

De acordo com a pesquisa, 75% dos brasileiros com renda familiar de até um salário mínimo esperam um saldão, enquanto o percentual entre os brasileiros com renda familiar superior a cinco salários mínimos é de 60%.

A CNI avalia que a crise econômica impacta diretamente no aumento do percentual de consumidores que esperam por promoções. “A perda de poder de compra durante a crise recente pode ter influenciado os brasileiros a esperar para adquirir bens de maior valor a preços menores durante promoções e saldões, dado que se verifica que esse comportamento é mais comum entre brasileiros com rendas familiares menores”, destaca a pesquisa.

Governo pode optar por liquidação total dos Correios, diz jornal

PECHINCHAR

Os números revelam que 93% dos consumidores costumam pesquisar os preços dos bens de maior valor antes de realizar a compra, enquanto 80% pesquisam as características técnicas desses itens.

A pesquisa mostra também que 81% dos brasileiros costumam pechinchar antes das compras, percentual próximo aos 78% observados em 2013. Entre os mais jovens (16 a 24 anos), o hábito de pechinchar é menor – chega a 73%. Outro grupo em que o hábito de pechinchar é menos comum – 70% – é o de consumidores com renda familiar superior a cinco salários mínimos.

GARANTIA E PÓS-VENDA 

Os dados da pesquisa da CNI apontam ainda que a quantidade de consumidores que se importa com a garantia e os serviços de pós-venda aumentou de 65%, em 2013, para 74%, em 2019. Os consumidores de renda mais baixa se interessam mais pela garantia e pelos serviços de pós-venda dos bens de maior valor.

Entre os brasileiros com renda familiar de até um salário mínimo, 78% costumam buscar informações sobre garantia e serviços de pós-venda. O percentual diminui à medida que a renda familiar cresce – 69% dos brasileiros de famílias que recebem mais de cinco salários mínimos têm o hábito de pesquisar por esses aspectos antes da compra do item de maior valor.

Na avaliação da CNI, uma possível explicação para o maior interesse das pessoas de renda mais baixa é que eles demoram mais para trocar bens de maior valor. Portanto, se importam mais com os serviços de pós-venda, a fim de garantir que as peças estarão disponíveis durante a vida útil do produto e que haverá mão-de-obra qualificada para fazer os reparos necessários.

O gerente-executivo de Pesquisas e Competitividade da CNI, Renato da Fonseca, destaca que o brasileiro está mais exigente em relação à qualidade e ao preço das mercadorias. “O consumidor está atento aos preços e também está mais preocupado com os serviços de pós-venda”, afirma. “Não adianta só entregar o produto, é preciso entregar o serviço do produto e esse produto tem que funcionar por mais tempo. Essa deve ser uma preocupação que precisa estar à frente das indústrias”, acrescenta.

Comentários do Facebook

Economia

Corpo de iguana é encontrado no congelador de uma pizzaria

Publicado

em


source
iguana
Divulgação

Animal foi imediatamente jogado na lixeira depois da denúncia


Inspetores estaduais da Floria, nos EUA, encontraram uma iguana de 36 quilos escondida no freezer  de uma pizzara local. O estabelecimento, chamado Pizza Mambo, foi forçado a fechar por um dia para passar por uma inspeção do Departamento de Regulação Comercial e Profissional da Flórida.


Nenhum representante do local quis se pronunciar, mas um funcionário disse ao site South Florida Sun Sentinel que o réptil foi dado de presente ao proprietário. Ele foi armazenado em um freezer separado da comida da pizzaria e imediatamente jogado na lixeira depois que eles foram informados de que se tratava de uma violação.

As iguanas não são perigosas ou agressivas para os seres humanos, mas consideradas uma iguaria por algumas pessoas. Nos EUA, há uma empresa que até fabrica salsichas e hambúrgueres reptilianos .

Comentários do Facebook
Continue lendo
Internacional41 minutos atrás

Trump:” Rev. cultural de esquerda foi feita para derrubar a revolução americana”

Twitter/Reprodução @markito 171 Trump discursa no Monte Rushmore Atrás 12 pontos percentuais do concorrente democrata Joe Biden na corrida eleitoral,...

Internacional2 horas atrás

Namorada de Donald Trump Junior  testa  positivo para coronavírus

Reprodução Twitter https://twitter.com/kimguilfoyle Namorada de Donald Trump Jr Kimberly Guilfoyle Namorada de Donald Trump Jr., Kimberly Guilfoyle deu positivo para...

Internacional2 horas atrás

Quase 55 mil novos casos de coronavírus leva EUA para novo recorde em 24 horas

Reprodução Twitter @sebastianarcher Coronavírus nos EUA EUA se apresenta cada vez mais como líder negativo dentro da pandemia. O registro...

Internacional5 horas atrás

EUA enviará dois porta-aviões ao Mar da China com ilhas disputadas por países

Reprodução Twitter @Gipper_76 Porta-aviões Ronald Reagan EUA enviará para o Mar da China Meridional , os porta-aviões USS Nimitz e...

Internacional8 horas atrás

Reino Unido cria lista de países seguros para viajar e deixa Portugal de fora

Twitter/Reprodução Ministério das Relações Exteriores de Portugal usou o Twitter para se posicionar sobre decisão: “um absurdo” O Reino Unido...

Entretenimento8 horas atrás

Antônia Fontenelle entra com novo recurso na Justiça

Reprodução Antonia Fontenelle, Luccas Neto e Felipe Neto Antônia Fontenelle entrou com um novo recurso na tentativa de reverter a...

Estadual8 horas atrás

Programa “Soluções Pré-Processuais das Demandas de Consumo” é tema de Podcast

. Consumidores e Fornecedores podem solucionar seus conflitosatravés de plataformas disponíveis na página da Coordenadoriados Juizados Especiais. O novo episódio...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!