conecte-se conosco



Internacional

Senado chileno aprova paridade de gênero no processo constituinte

Publicado

em

O Senado chileno aprovou por unanimidade, na tarde de ontem (21), o projeto de que garante a paridade de gênero nas candidaturas para os integrantes do órgão constituinte que será composto para a criação da nova Constituição. O projeto já havia passado pela Câmara em dezembro, onde foi aprovado por 144 votos a favor e 1 contra. O Chile fará um plebiscito no dia 26 de abril deste ano para decidir se elabora uma nova Constituição.

A proposta do plebiscito foi aprovada em novembro, após o país enfrentar um mês de protestos contra a desigualdade, os baixos valores das aposentadorias e o alto custo da saúde. Os manifestantes pediram também uma reforma na Constituição.

Além da paridade de gênero, aprovada em ambas as Câmaras, foram aprovadas a criação de pactos eleitorais de independentes (pessoas não vinculadas a partidos políticos) e a reserva de lugares para representantes dos povos originários na composição do órgão constituinte, que será responsável pela redação da nova Carta Magna, caso seja aprovado o plebiscito.

Até as 15h de hoje (22), senadores poderão apresentar sugestões. Depois, o projeto ele segue para a chamada discussão em particular, que é a análise detalhada do texto em cada item.

Durante a sessão de ontem, os senadores concordaram sobre a importância de se ter instrumentos que facilitem a participação de independentes e o equilíbrio na representação de mulheres e homens na constituinte. Mas não houve consenso sobre qual será a fórmula, o mecanismo para se alcançar os objetivos.

Alguns parlamentares argumentaram que, ao criar um mecanismo para igualar o número de homens e mulheres, estariam alterando a vontade popular nas urnas. A discussão em particular deliberará sobre essa e outras questões específicas.

Outros parlamentares defenderam que, pela primeira vez na história do país, abre-se espaço para que os cidadãos realmente possam se expressar e para que, se as mulheres são mais de 50% da população chilena, que tenham representação igualitária nas tomadas de decisão, assim como devem ser ouvidos os povos originários e independentes.

Edição: Valéria Aguiar

Comentários do Facebook

Internacional

Cartas-bombas exigindo Bitcoins explodem em escritórios na Holanda

Publicado

em

source

Duas cartas-bomba explodiram na Holanda na última quarta-feira, dia 12 de fevereiro. A primeira no escritório de triagem de correspondência do ABN Amro no bairro Sloterdijk, em Amsterdã. A segunda carta-bomba explodiu em uma sala de correspondência do grupo de eletrônicos japonês Ricoh em Kerkrade, a 225 quilômetros de distância. O intervalo entre as explosões foi inferior a uma hora.

Leia mais: Quer receber seu salário em bitcoin? Veja em qual país é possível

bitcoins arrow-options
Divulgação

Cartas-bombas pediam valor não revelado em bitcoins

De acordo com a polícia local, o remetente das cartas exigiu uma quantidade não revelada em Bitcoin . Embora tenha se recusado a dar mais detalhes sobre o caso, a polícia confirmou que tratava-se de uma tentativa de extorsão.

“A polícia leva em consideração que a carta encontrada na manhã de quarta-feira [em Amsterdã] se encaixa na série de bombas-cartas enviadas anteriormente e encontradas em vários locais do país. (…) A carta em Kerkrade nesta manhã também faz parte da investigação”, concluiu a polícia em um comunicado, referindo-se a seis cartas-bombas descobertas no início deste ano em locais em Amsterdã, Roterdã e Utrecht.

Sobre as explosões

De acordo com a agência de notícias Reuters, a explosão em Amsterdã ocorreu depois que um funcionário, antes de abrir a carta ouviu um sibilo. Logo em seguida houve a explosão, mas ninguém ficou ferido.

O executivo-chefe do ABN Amro, Kees Van Dijkhuizen, disse ter conversado com o homem e declarou:

“A boa notícia é que ele não está ferido, más notícias, é claro, é que essas coisas acontecem e que nosso pessoal precisa lidar com isso”, disse Dijkhuizen a jornalistas.

Na segunda explosão, que ocorreu em Kerkrade, na fronteira com a Alemanha, tampouco houve feridos, apenas as instalações do escritório da Ricoh foram danificadas. Em um comunicado à mídia holandesa, a empresa Ricoh declarou:

“Felizmente não houve feridos, mas é claro que os envolvidos estão muito chocados”.

Fonte: IG Mundo

Comentários do Facebook
Continue lendo
Nacional9 minutos atrás

Cachorro que ficou ao lado de corpo é acolhido pela família de rapaz morto

Após o rapaz ser morto o cão sentou ao lado do amigo durante o trabalho da polícia Um cachorro ficou...

Política35 minutos atrás

Em conversa com Lula, Papa se diz “contente de poder vê-lo”; veja vídeo

arrow-options Ricardo Stuckert/ Instituto Lula Lula se encontrou com Papa Francisco O ex-presidente Lula utilizou as redes sociais na manhã...

Política35 minutos atrás

Covas discursa para 700 militantes do PSDB antes de novo tratamento de câncer

arrow-options Roberto Casimiro/Fotoarena/Agência O Globo Bruno Covas é pré-candidato à reeleição na capital paulista Bruno Covas , prefeito de São...

Internacional2 horas atrás

Cartas-bombas exigindo Bitcoins explodem em escritórios na Holanda

Duas cartas-bomba explodiram na Holanda na última quarta-feira, dia 12 de fevereiro. A primeira no escritório de triagem de correspondência...

Mulher2 horas atrás

Aventura ou insegurança? pesquisa aponta motivos para traição no carnaval

Rio – Todo início de ano o carnaval levanta as seguintes questões nos relacionamentos: Por que trair no carnaval ,...

Esportes2 horas atrás

Flamengo e Athletico-PR lutam por Supercopa do Brasil

Flamengo e Athletico-PR disputam no próximo domingo (16), a partir das 11h (horário de Brasília) no estádio Mané Garrincha (Brasília),...

Carros e Motos2 horas atrás

Fiat Argo 1.0 tem desconto de R$ 6,3 mil com central multimídia

arrow-options Divulgação Fiat Argo 1.0 Drive, a versão de entrada do compacto da marca italiana, com motor de três cilindros...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana