conecte-se conosco


Saúde

Seis meses após saída de médicos cubanos, governo não sabe como suprir demanda

Publicado

em

médicos cubanos
Luciano Lanes / PMPA
Médicos cubanos deixaram o programa Mais Médicos por decisão do país caribenho após eleição de Bolsonaro

O governo Bolsonaro parece ainda não ter encontrado uma solução para preencher as vagas deixadas por médicos cubanos no Brasil. Seis meses após o governo de Cuba anunciar o fim de sua participação no programa Mais Médicos, em decorrência de falas ameaçadoras de Bolsonaro à presença dos profissionais no país, 28 milhões de brasileiros estão sem assistência médica.

Leia também: Ministério da Saúde admite legitimidade do uso do termo “violência obstétrica”

Os dados sobre o desmonte da saúde no país foram expostos pelo The New York Times. Em recente reportagem, o jornal norte-amricano mostra que quase três mil municípios continuam desassistidos após a saída dos médicos cubanos , principalmente as comunidades indígenas e ribeirinhas e as populações das regiões periféricas. Uma situação que ocorre por conta do descaso com que o governo Bolsonaro trata a saúde pública, segundo avaliação do ex-ministro Arthur Chioro , em entrevista à Rádio Brasil Atual .

“São dirigentes inescrupulosos que fundamentam suas ações por um viés meramente ideológico, sendo incapazes de enfrentar a realidade e admitirem que o programa Mais Médicos poderia inclusive ser aperfeiçoado”, afirma o ex-ministro.

Em fevereiro, o Ministério da Saúde chegou a anunciar que as vagas deixadas tinham sido preenchidas por médicos brasileiros. No entanto, já em abril, milhares desses profissionais desistiram, muitos sequer compareceram ao trabalho. O governo afirmou que mais de mil municípios, além de dez Distritos Sanitários Especiais Indígenas, começariam a receber 1.975 médicos , a partir desta segunda-feira (24). Um número ainda abaixo da demanda.

Leia também: Brasil fecha acordo para Reino Unido ajudar com R$ 75 milhões na saúde pública

Leia mais:  Grávidas correm maior risco de infecção urinária, saiba como prevenir!

Estudo realizado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) mostra ainda que o Brasil poderá registrar, até 2030, 100 mil mortes consideradas evitáveis devido à paralisação do programa Mais Médicos e saída dos médicos cubanos  e do congelamento dos gastos federais na saúde do país com a Emenda Constitucional 95, conhecida como PEC do Teto de Gastos. “Lamentavelmente nós estamos lidando com um governo, um presidente da República e ministro da Saúde que não têm nenhum compromisso com a vida”, critica Chioro.

Fonte: IG Saúde
Comentários do Facebook
publicidade

Saúde

Comer insetos pode te ajudar a evitar o câncer, diz estudo

Publicado

em

Women's Health

A alimentação sempre foi apontada como uma das formas de prevenir câncer. Agora, contudo, cientistas descobriram uma forma um tanto diferente de evitar a doença: comer insetos.

Leia também: Após ser picada por um carrapato, menina de cinco anos fica 12 horas paralisada

Salada com larvas de insetos arrow-options
shutterstock
Começar a comer insetos pode ser uma boa ideia caso você queira se prevenir contra o câncer

Ok, nós sabemos que não se trata de um ingrediente clássico, que costumamos ver em saladas ou smoothies , mas acredite, isso pode realmente ser benéfico para a saúde.

De acordo com uma pesquisa publicada na revista Frontiers in Nutrition, estudiosos da University of Rome (Itália) concluíram que alguns tipos de insetos , como formigas, larvas e gafanhotos, têm mais antioxidantes do que o suco de laranja. Sendo assim, reduzem o desenvolvimento de radicais livres potencialmente perigosos no corpo, protegendo contra danos no DNA.

Leia também: Proteja-se da dengue: saiba como e quantas vezes aplicar repelente de inseto

Como insetos podem prevenir câncer?

Os cientistas estudaram vários insetos mortos, incluindo formigas, gafanhotos e grilos. Eles, então, testaram o pó para descobrir quantos antioxidantes – compostos como as vitaminas A, C e E e beta-caroteno – estavam neles. Apenas as partes solúveis dos insetos foram usadas – suas asas e ferrões foram retirados primeiro.

Os testes revelaram as larvas, lagartas africanas e cigarras gigantes tinham o dobro de antioxidantes que o azeite de oliva. Já o grilo e gafanhoto tinham cinco vezes mais antioxidantes que o suco de laranja.

“Os insetos comestíveis são uma excelente fonte de proteína, ácidos graxos poliinsaturados, minerais, vitaminas e fibras”, disse o cientista Mauro Serafini, de acordo com o Daily Mail. “No futuro, poderemos também adaptar os regimes alimentares para a criação de insetos, a fim de aumentar seu conteúdo antioxidante para consumo animal ou humano.”

Leia mais:  Grávidas correm maior risco de infecção urinária, saiba como prevenir!

Leia também: Barata é retirada de ouvido de americana após ficar dez dias presa no local

De acordo com Serafini, quase um quarto das pessoas no mundo já comem insetos . “O resto de nós precisará de um pouco mais de incentivo”, brincou.

Fonte: IG Saúde
Comentários do Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Nacional23 minutos atrás

Homem mata mulher após briga por causa de barulho de sanfona

O caso ocorreu em Lavras, no sul de Minas Gerais. A vítima foi morta a facadas e golpes de madeira...

Nacional30 minutos atrás

Influencer morre ao cair do 9° andar um dia após se casar sozinha

Reprodução A influenciadora digital e youtuber Alinne Araújo, 24 anos, morreu nesta segunda-feira (15) ao cair do nono andar do...

Variedades40 minutos atrás

Propaganda de açougue com foto de mulher causa polêmica em Portugal

Uma propaganda viralizou e causou indignação nos portugueses Nesta segunda-feira (15), uma foto de uma propaganda em um açougue de...

Polícia Federal43 minutos atrás

Operação Especialista combate grupo criminoso agia contra agências bancárias e estabelecimentos

Natal/RN – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (16/7) a Operação Especialista, para desarticular grupo criminoso que praticou crimes de...

Polícia Federal44 minutos atrás

PF combate o tráfico internacional de opioide

Florianópolis/SC – A Polícia Federal, em cooperação com a agência norte americana de combate a drogas (DEA), deflagrou nesta terça-feira...

São Mateus47 minutos atrás

Carro é flagrado a 187 km/h na BR-101 em São Mateus

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o excesso de velocidade é a 2ª maior causa de morte nas...

Economia2 horas atrás

Vale assina acordo para indenizar famílias de funcionários mortos em Brumadinho

arrow-options Agência O Globo Acordo garantirá R$ 700 mil para cada família que perdeu um ente na tragédia em Brumadinho...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana