conecte-se conosco


Nacional

Segurança que matou jovem em supermercado vai responder por homicídio doloso

Publicado

em


Segurança do supermercado imobilizou o jovem porque ele teria tentado retirar a arma do vigilante
Reprodução/redes sociais

Segurança do supermercado imobilizou o jovem porque ele teria tentado retirar a arma do vigilante

Um novo inquérito que está sendo encaminhado à Justiça afirma que o segurança Davi Ricardo Moreira Amâncio, que deu uma “gravata” em um rapaz dentro de supermercado na Barra da Tijuca, no dia 15 de fevereiro, assumiu o risco de matar e deve responder por homicídio com dolo eventual.

Em novas imagens das câmeras de segurança do supermercado, Pedro Henrique Gonzaga, de 25 anos, e a mãe aparecem entrando no estabelecimento e indo em direção ao segurança para pedir ajuda, segundo a mãe da vítima. Logo em seguida, o jovem cai duas vezes no chão antes de ser imobilizado pelo funcionário.

De acordo com a polícia, os vídeos mostram que, no momento em que o segurança começa dar um ‘mata-leão’ em Gonzaga, o vigilante Edmilson Pereira pega a arma de Amâncio, que justificou o enforcamento sob o argumento de que a vítima queria roubar a sua arma.

Leia também: “Ele assassinou meu filho”, depõe mãe de jovem morto por segurança no Rio

Assim, a investigação concluiu que, como a arma não estava mais em seu poder quando Amâncio começou a imobilização, a vítima já não oferecia perigo que pudesse justificar a agressão. Amâncio ainda teria sido alertado 11 vezes pelas pessoas que estavam no local de que o jovem estava roxo e desmaiado.

Amâncio pode receber pena de até 30 anos de prisão. Já o outro segurança que presenciou o estrangulamento, também responde por homicídio, já que não agiu a fim de impedir que Gonzaga fosse morto e ainda amarrou os pés da vítima no final da ação.

O vídeo ainda mostra que somente a mãe e um funcionário prestaram primeiros socorros à vítima após a imobilização e, segundo o inquérito, Gonzaga já estava morto quando saiu do supermercado Extra.

Leia mais:  Lula diz que levará diploma de inocência ao neto no céu

Leia também: Vídeo mostra menino de 12 anos levando ‘gravata’ de segurança no metrô do Rio de Janeiro

Na época, o Grupo Pão de Açúcar, responsável pela rede de hipermercados Extra, emitiu um posicionamento sobre o ocorrido, declarando que a “companhia se solidariza com os familiares e envolvidos”. Confira abaixo:

“Com relação ao lamentável episódio ocorrido na tarde da última quinta-feira (14 de fevereiro) no Hipermercado Extra Barra, a rede vem a público reiterar que não aceita qualquer ato de violência.  Um grave fato ocorreu na loja do Extra e a rede não vai se eximir das responsabilidades diante do ocorrido, sendo a maior interessada em esclarecer a situação o mais rapidamente possível. Desta forma, está colaborando com as autoridades e contribuindo com todas as informações disponíveis.

 Os envolvidos no caso foram definitivamente afastados. A companhia instaurou uma sindicância interna para acompanhamento junto à empresa de segurança e aos órgãos competentes do andamento das investigações.  O Extra continuará contribuindo com a apuração e assegura que tomará todas as medidas cabíveis tendo em vista o resultado da investigação.

 Acrescentamos que, independentemente do resultado da apuração dos fatos, nada justifica a perda de uma vida e a companhia se solidariza com os familiares e envolvidos.”

O vigilante já havia sido condenado a três meses de prisão em regime aberto por ter agredido uma ex-companheira com vários socos no rosto na frente dos seus filhos e não poderia estar trabalhando como segurança .

Fonte: IG Nacional
Comentários do Facebook
publicidade

Nacional

Google e WhatsApp devem remover imagens da boneca ‘Momo’

Publicado

em

Imagens da boneca têm sido utilizadas por criminosos da internet para convencer crianças e jovens a cometerem atos ilícitos e até suicídio

O Google e o WhatsApp foram notificados pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) para que removam das redes sociais conteúdos que exibam imagens da Boneca Momo.

Imagens da boneca têm sido utilizadas por criminosos da internet para convencer crianças e jovens a aplicarem golpes, como roubos de dados e extorsão,  além de tentarem incentivar que crianças e adolescentes cometam suicídio.

Momo é uma boneca com olhos esbugalhados, pele pálida e um sorriso sinistro. Ela ficou famosa em diversos países, depois de ser disseminada em um vídeo.

Na Bahia, a notificação ao Google e ao WhatsApp foi feita por meio do Núcleo de Combate a Crimes Cibernéticos (Nucciber).


(*NAM)

Comentários do Facebook
Leia mais:  Presos da Lava Jato tiveram esfirra, bolo e show sertanejo na noite de Réveillon
Continue lendo
Variedades2 horas atrás

Casados há mais de 7 décadas na BA, idoso de 104 e mulher de 94 anos

Casal mora em povoado de Vitória da Conquista, na região sudoeste da Bahia, têm 5 filhos, 18 netos e 24...

Nacional3 horas atrás

Google e WhatsApp devem remover imagens da boneca ‘Momo’

Imagens da boneca têm sido utilizadas por criminosos da internet para convencer crianças e jovens a cometerem atos ilícitos e...

Estadual4 horas atrás

Detenta foge de hospital em Vitória e deixa filho de dois meses internado

Aline Barreto Alcântara cumpria pena no Centro Prisional Feminino de Cariacica por furto qualificado. Presa fugiu por uma báscula após...

Mulher4 horas atrás

Aline Riscado posa de biquíni na praia e ganha elogios: ‘Parece uma escultura’

Beldade divulgou foto nas redes sociais RIO DE JANEIRO (RJ) – Aline Riscado aproveitou o finalzinho da tarde de domingo...

Nacional4 horas atrás

Menina se mata com a arma do pai em São Paulo

Ele estava tomando banho quando ouviu o barulho do tiro SÃO CAETANO (SP) – Uma menina de 10 anos se...

Nacional6 horas atrás

Homem pega no pênis de menino de 13 anos e diz: “quero sentir endurecer”

CUIABÁ (MT) – Um homem, identificado como E.L.R., 47 anos, foi preso em flagrante por abusar sexualmente de um garoto...

Agricultura7 horas atrás

Em Washington, ministra ressalta importância da reaproximação com os EUA

A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), que acompanha viagem do presidente Jair Bolsonaro aos Estados Unidos, comentou nesta...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana