conecte-se conosco


Saúde

Segunda maior epidemia de ebola da história já matou mais de 500 no Congo

Publicado

em


Epidemia de ebola que assola o Congo já é a segunda maior já registrada na história
WHO/S. Hawkey

Epidemia de ebola que assola o Congo já é a segunda maior já registrada na história

Após vencer uma epidemia de ebola no primeiro semestre de 2018, a República Democrática do Congo enfrente um novo surto do vírus desde agosto do ano passado. De acordo com o ministério da Saúde do país, 502 pessoas já morreram, sendo que 441 foram diagnosticadas com a doença e as outras 61 ainda são tratadas como casos suspeitos. 

Leia também: Epidemia de Ebola chega ao fim na República Democrática do Congo 

Ainda de acordo com as autoridades, 271 pessoas conseguiram sobreviver ao vírus da  ebola  desde agosto. Mais 29 casos estão sendo estudados e podem entrar na lista de prováveis infecções pela doença. 

Na média, a ebola mata cerca de metade dos infectados. No surto atual da doença na  República Democrática do Congo , 60% das pessoas não resistiram ao vírus

A epidemia de ebola que atinge o Congo neste momento é a segunda maior e a segunda mais mortal já registrada na história, ficando atrás apenas de um surto que atingiu o oeste do continente africano em 2014, matando cerca de  11,000 pessoas, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Ebola atacou o Congo no primeiro semestre de 2018


O período de incubação do ebola é de 21 dias
Thinkstock

O período de incubação do ebola é de 21 dias

Detectada no noroeste do Congo em abril, a epidemia anterior foi tratada em uma ação conjunta da OMS e das autoridades locais. A mobilização resultou na  implantação de uma vacina experimental  contra a doença, que foi ministrada para mais de 3,3 mil pessoas nas áreas de risco.

A ação ajudou a conter o Ebola no Congo, mesmo quando ele atingiu a área de Mbandaka, região de alto risco de contaminação, onde 1,5 milhão de pessoas vivem com a ligações de corrente de ar e de rios com a capital Kinshasa.

Leia mais:  Os cinco principais motivos de sensibilidade nos dentes

De 1º de abril a 3 julho, 54 casos de Ébola no Congo foram confirmados, incluindo 33 mortes. O total inclui 39 casos confirmados laboratorialmente e 15 casos prováveis (pacientes considerados suspeitos para a doença, mas que morreram antes que a coleta de sangue fosse feita). Cinco casos envolveram profissionais de saúde, dos quais quatro foram confirmados e dois morreram.

Leia também: Ebola voltou: entenda como a doença se espalha e por que o vírus é tão temido 

Comumente conhecida como febre hemorrágica do Ebola, essa é uma enfermidade severa e geralmente mortal – com taxa de óbito de até 90%. A doença é causada pelo vírus, que faz parte da família filovírus.

A condição só ficou conhecida em 1976, quando dois surtos simultâneos aconteceram, sendo um em Yambuku, vilarejo próximo ao Rio Ebola, na República Democrática do Congo, e outro numa área remota do Sudão.

Ainda não se sabe exatamente qual a origem do vírus da  ebola  . No entanto, há evidências atuais que sugerem que morcegos comedores de frutas podem ter sido os hospedeiros originais.

Fonte: IG Saúde
Comentários do Facebook
publicidade

Saúde

Estudo aponta que em 2030 casais não farão mais sexo

Publicado

em

As principais razões para a perda de interesse no sexo são o uso excessivo do celular e as horas gastas nos serviços de streaming

Você já ouviu falar de casais assexuados? Na prática são casais que nunca tiveram, ou ainda aqueles que decidiram não ter mais relações sexuais. Embora nunca houve tanta liberdade no quesito vida sexual, os estudos mostram que atualmente as pessoas fazem menos sexo do que nos anos 90, por exemplo.
Um dos estudos sobre o tema foi feito pelo estatístico e professor da Universidade de Cambridge, David Spiegelhalter. A pesquisa mostrou que os encontros sexuais diminuíram drasticamente desde 1990. A média de relações sexuais naquele ano era de cinco ao mês. Em 2000, caiu para quatro e em 2010 para três. A pesquisa virou um livro, chamado Sex by Numbers.
Segundo Spiegelhalter, em 2030 os casais não farão mais sexo. Para o professor, as principais razões para a perda de interesse no sexo são o uso excessivo do celular e as horas gastas nos serviços de streaming, como o Netflix, por exemplo. Em resumo, a tecnologia é a principal culpada pela queda do desejo sexual, pois trocamos os parceiros por um episódio inédito da nossa série favorita ou ainda para conversar com amigos pelo whatsApp.
Opinião das especialistas
Para a psicóloga Marina Simas de Lima, terapeuta de casal e família, a falta de sexo não é mais a protagonista dos conflitos conjugais. — Realizamos, recentemente, uma pesquisa para descobrir os principais motivos de brigas entre os casais brasileiros. Esperávamos que as questões sexuais ocupassem um lugar de destaque, porém não foi o que aconteceu. Pelo contrário, a pouca frequência sexual apareceu em sexto lugar, enquanto que o uso excessivo do celular apareceu em segundo. Ou seja, nossa pesquisa mostrou que a hiperconectividade realmente pode levar a conflitos na vida dois, o que corrobora a opinião de Spiegelhalter quanto às motivações que podem levar à perda do interesse no sexo —, comenta Marina.
Para a psicóloga Denise Miranda de Figueiredo, terapeuta de casal e família, as questões para a perda do desejo no sexo são multifatoriais. — Certamente, a tecnologia tem um papel importante, porém há questões físicas, com as disfunções sexuais, doenças crônicas, tratamentos de saúde e falta de conexão entre o casal que também influenciam na vida sexual.
Mas, à parte de estudos, a pergunta é: um casamento pode se manter sem uma vida sexual ativa? Para Marina e Denise tudo depende do perfil de cada membro do casal e dos combinados feitos entre os parceiros. — Hoje, as configurações familiares estão muito diversificadas e uma delas são os casais que desde o início da relação fazem esse combinado, de não ter relações. Por outro lado, alguns casais que estão em relacionamentos de longo prazo, também podem decidir não manter mais uma vida sexual ativa, por diversos motivos. O que precisamos compreender é que cada pessoa tem uma necessidade diferente quanto o assunto é sexo —, diz Marina.
— Isso quer dizer que existem aqueles casais que não sentem falta ou necessidade e são felizes assim. Mas, se um dos parceiros sente falta e quer ter uma vida sexual mais ativa e outro não, podem surgir conflitos sim e colocar o casamento em risco —, cita Denise.
Outra situação que pode acontecer é uma falsa ideia de que está tudo bem assim. — O sexo é um dos pilares da qualidade de vida e em um relacionamento afetivo é uma parte que atua na conexão e na intimidade do casal. Portanto, problemas na vida sexual podem indicar que esse casal não está tão bem quanto imagina, principalmente quando não há combinados ou as opiniões sobre sexo e o desejo são diferentes —, ressalta Marina.
 Terapia de Casal pode ajudar
— O sexo ainda é rodeado de tabus e muitas pessoas sentem vergonha de falar sobre o assunto. Porém, a comunicação é fundamental. Assim, casais que enfrentam dilemas sobre a vida sexual podem se beneficiar da terapia de casal para ajudar a melhorar o diálogo sobre o tema —, comenta Denise.

(*Site de Linhares)

Leia mais:  Surto de toxoplasmose no Rio Grande do Sul ainda não foi esclarecido

Comentários do Facebook
Continue lendo
Direto de Brasília1 minuto atrás

Salles nomeia militares para acabar com “arcabouço ideológico” no Ministério

Jorge William/Agência O Globo O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, não comentou nomeação de militares Seguindo orientação do presidente...

Direto de Brasília1 minuto atrás

Alan García deixou carta de despedida onde nega subornos e diz que cumpriu dever

Alexandre Moreira/Brazil Photo Press/Agencia O Globo Alan García deixou carta de despedida onde nega subornos e diz que cumpriu sua...

Direto de Brasília1 minuto atrás

Explosão em casas deixa dois mortos e três feridos em Pernambuco

Reprodução/TV Globo A explosão atingiu três casas em Camaragibe e duas delas foram completamente destruídas Um vazamento de gás provocou...

Direto de Brasília1 minuto atrás

Acidente com ônibus que ia para enterro de ex-presidente do Peru deixa 8 mortos

Reprodução Acidente com ônibus que ia para enterro do ex-presidente do Peru deixou vários mortos e feridos Pelo menos oito...

Mulher2 horas atrás

‘Tinja o cabelo’: aluna de medicina faz lista com vezes que sofreu com machismo

Se você é mulher, certamente já ouviu frases como “Isso não é coisa de menina” ou “Você precisa se comportar...

Entretenimento2 horas atrás

Túlio Gadelha faz trocadilho e se derrete por Fátima Bernardes

Curtindo uma folga do “Encontro”, Fátima Bernardes está aproveitando s sexta-feira (19) ao lado de seu namorado, Túlio Gadêlha. Em...

Entretenimento2 horas atrás

Mulher que inspirou “Invocação do Mal” morre ao 92 anos

Na noite de quinta (18) para sexta-feira (19) Lorraine Warren, investigadora paranormal que inspirou a franquia de filmes “Invocação do...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana